Artigos

Oportunidades na crise coronavírus: como reagir?

Luana Menegat

Todo mundo fala que em cada crise existe uma oportunidade. Esse jargão é bastante conhecido e às vezes pode até dar um pouco de raiva, porque você está dando o seu melhor e não sabe mais o que fazer para que a empresa vá bem. Aí vem aquele seu amigo otimista até demais e fala: “Encontre as oportunidades que a crise do Coronavírus está proporcionando para a sua empresa!”

Hoje eu estou aqui para fazer o papel desse amigo mesmo! Não me odeie por isso!

Nova call to action

Esse ditado não vem do nada, existem muitos fatos na história que mostram como há oportunidades na crise que estamos. Na verdade, as crises antecipam processos que já estavam iniciando, mas que são acelerados por causa da urgência econômica.

É momento de reinventar, acelerando processos criativos e melhorando a tecnologia ao nosso redor.

Hoje, sem sombra de dúvidas, vivemos uma crise causada pela pandemia do Covid-19 e é hora de nos perguntarmos: em que essa crise pode contribuir para a humanidade?

Bom, a primeira grande intervenção será aceleração dos processos digitais. Afinal, a pandemia nos força a permanecer em casa, em isolamento social, então como podemos manter girando roda da economia? Como podemos assinar contratos, prestar serviços, realizar compras, sem que haja contato humano?

Todas essas tarefas já podiam ser realizadas de forma digital, porém, havia certa relutância da população em migrar cem por cento para esse novo método. Agora não há como evitar e, por isso, esse processo foi acelerado.

Muitas empresas tiveram que se reinventar: – Vamos criar um app para que o cliente possa fazer seus pedidos. – Vamos fazer videoconferências para mostrar meu trabalho de consultora financeira. – Vamos acessar plataformas online onde eu possa oferecer meu serviço de forma remota. – Vamos aderir ao delivery. – Vamos fazer lives no YouTube para poder me manter próximo do meu cliente…

Pois é, tudo isso já existia, mas neste momento são alternativas utilizadas como nunca antes.

Há flexibilização nas relações comerciais em razão do isolamento social. Bancos estão aceitando assinaturas de certificados digitais como válidas, sem a necessidade de autenticar nada em cartório e por falar nisso, os cartórios também estão se adaptando, muitos já disponibilizam a autenticação à distância por meio de sites e aplicativos.

Grandes e médias empresas descobriram no home office uma forma eficiente de diminuir o tamanho de suas instalações. – E os autônomos informais? Com o isolamento social e as ruas vazias, eles procuram novas formas de prestar os seus serviços e sempre com o uso da tecnologia.

Essa onda tecnológica já estava acontecendo, porém, com uma velocidade mais lenta. O processo como um todo foi drasticamente acelerado em razão da crise do Coronavírus e os avanços permanecem, não vão embora depois que a crise passa.

E você? O que está fazendo para sair dessa melhor?

Falo porque a Razonet se reinventou. Somos uma contabilidade digital, que evoluiu de uma contabilidade tradicional. Nós buscamos nos diferenciar no mercado oferecendo um excelente trabalho operacional e um atendimento pessoal, próximo ao cliente (ainda que por meios eletrônicos).  Fácil? Claro que não! Mas nos esforçamos para evoluir nesses dois aspectos todos os dias.

Nós nos reinventamos, pense nisso e reinvente-se você também.

Luana Menegat é fundadora e CEO da Razonet, startup de contabilidade digital.

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments