Artigos

Os seis processos da gestão de pessoas

Com o passar dos anos, devido as grandes mudanças e transformações que ocorreram no mundo e influenciaram diretamente o comportamento das organizações e sua forma de administração, os gestores foram percebendo que as pessoas são um grande diferencial competitivo, e, por isso, passaram a ter uma visão diferente e estratégica, valorizando a gestão de pessoas no ambiente de trabalho e tratando seus colaboradores como parceiros no alcance dos objetivos organizacionais e não mais como meros recursos de produção.

Diante desse novo cenário, a moderna gestão de pessoas é composta por um conjunto integrado de processos dinâmicos e interativos que planejam, organizam, dirigem e controlam o trabalho e a atuação das pessoas na organização, que segundo Chiavenato (2004), podem ser resumidos em seis processos básicos: provisão, aplicação, remuneração, desenvolvimento, manutenção e monitoramento de pessoas, sendo que todos esses processos estão inter-relacionados entre si e se influenciam mutuamente. Cada processo tende a favorecer ou prejudicar os demais, quando bem ou mal utilizados.

Os processos

Processo de agregar pessoas

Também conhecido como processo de provisão ou suprimentos de pessoas, esse processo envolve práticas de recrutamento e seleção, e pode ser compreendido como qualquer atividade da empresa para encontrar e estabelecer uma relação de trabalho com pessoas capazes de atender as necessidades da organização e contribuir para o sucesso organizacional.

Nova call to action

Processo de aplicar pessoas

É o meio utilizado para desenhar as atividades que um profissional desempenhará na organização, orientar e acompanhar o seu desenvolvimento do mesmo na execução de suas tarefas. Envolve a integração do funcionário na empresa, o desenho do cargo a ser desenvolvido e a avaliação de desempenho do funcionário no cargo.

Processo de recompensar pessoas

Por ser um dos principais elementos de motivação e incentivo, esse processo constitui um papel de destaque para a gestão de pessoas, já que os funcionários trabalham em busca de certas expectativas e resultados. Compreende: remuneração, programas de incentivo ao pessoal e programas de benefícios e serviços. As empresas precisam desenvolver sistemas de remuneração eficazes para proporcionar motivação, retenção e interesse das pessoas em permanecer na organização por longo prazo.

Processo de desenvolver pessoas

Inclui treinamento e desenvolvimento de pessoas, programas de mudanças e desenvolvimento de carreira. É um meio de capacitar e aperfeiçoar o desenvolvimento pessoal e profissional.

Processo de manter pessoas

É utilizado para manter as pessoas da organização satisfeitas e motivadas, com condições ambientais e psicológicas satisfatórias, despertando o interesse do funcionário em permanecer na empresa por longo prazo. Inclui relações com empregados, higiene, segurança e qualidade de vida do trabalhador.

Processo de monitorar pessoas

Acompanhar, orientar e manter o comportamento das pessoas de acordo com o planejamento da empresa, garantindo que o mesmo seja bem executado e que os objetivos sejam alcançados. Esse processo compreende os bancos de dados e sistemas de informações gerenciais.

Empresas que compreendem a importância desses processos, estarão a frente da concorrência e terão resultados como excelência, qualidade, organização, crescimento e satisfação.

Nesse contexto, é fundamental que a área de recursos humanos assuma uma postura estratégica nas organizações e desenvolva novas habilidades conceituais e técnicas para lidar com as equipes de trabalho e contribuir para o sucesso organizacional.

Torna-se necessário que todo profissional de recursos humanos conheça os processos da gestão de pessoas e consiga diagnosticá-los dentro da organização em que atua, de forma que possa identificar se estão sendo tratados de maneira correta, corrigir as falhas e aprimorá-los constantemente, a fim de atrair, reter e desenvolver as pessoas que compõe o quadro funcional da empresa, maximizando o potencial do capital humano no ambiente de trabalho.

Aplicando corretamente os processos da gestão de pessoas, será possível capacitar e desenvolver colaboradores em novos conhecimentos e habilidades, recompensar desempenhos e comportamentos eficazes, estimular o comprometimento das pessoas, além de criar um bom e produtivo ambiente de trabalho, onde não só a organização se beneficie, mas também seus colaboradores, atingindo satisfação pessoal e contribuindo para o pleno sucesso organizacional.

Agora que você já conhece os seis processos da gestão de pessoas, verifique como estão sendo desenvolvidos na empresa em que você atua e busque continuamente estratégias para aperfeiçoá-los. Lembre-se: funcionários motivados tendem a permanecer por longo prazo na organização, além de produzir mais e melhor!


 

Por: Marcela Mello

Graduada em Administração, Pós Graduada em Recursos Humanos. Concilia a carreira de Analista de Recursos Humanos e professora de cursos técnicos administrativos. Transita nos vários subsistemas de RH: recrutamento e seleção, cargos e salários, folha de pagamento, treinamentos, saúde do trabalhador, administração de benefícios.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of