Artigos

“perfume de mulher”

"Times New Roman","serif"”> 

"Times New Roman","serif"”>Este trabalho, por meio de uma resenha crítica do
filme “Perfume de mulher”, tem por finalidade enfatizar os principais momentos
de negociação e de conflitos nessas negociações e como a comunicação é
importante neste contexto.

"Times New Roman","serif"”>“Perfume de mulher” recebeu quatro indicações ao
Oscar: melhor filme, diretor, roteiro adaptado e ator – vencido por Al Pacino,
no papel de Frank Slade, um tenente-coronel reformado do exercício
norte-americano, amargurado com a vida por ter ficado cego após manejar
granadas imprudentemente. Chris O’Donell, aparece no drama, como um jovem
estudante bolsista de uma tradicional escola da alta sociedade. Ao aceitar
fazer um bico como acompanhante do tenente-coronel, jamais imaginaria que esse
fosse o final de semana mais marcante da sua vida.

"Times New Roman","serif"”>Frank Slade (Al Palcino) acaba convencendo Charlie
Simms (O’Donell) a acompanhá-lo até Nova York no feriado de Ação de Graças.
Durante a viagem, Frank revela ao jovem Charlie seu intento de passear, visitar
a família, hospedar-se em hotel de luxo, comer e beber muito bem, dormir com
uma maravilhosa prostituta e finalmente, cometer suicídio. Claro que, esse último
detalhe, é omitido quase até o final da película.

Muitas
coisas acontecem, nesse final de semana, inclusive uma das mais belas cenas do
cinema de todos os tempos. Slade resolve ir a um “dancing” e lá, sentindo o
oloroso perfume de uma mulher que julgava linda, e realmente era, pede ao rapaz
que o conduza a mesa da mesma. Chegando lá, se apresenta e a convida para
dançar um belíssimo tango.

"Times New Roman","serif"”>Tudo está indo razoavelmente bem, até que Slade
resolve dispensar os serviços do jovem Charlie, pois pela manhã dará cabo da
própria vida. Simms, não acredita no que houve e desesperado, resolve
contrariar as ordens de Slade, e pela manhã impede a horrível cena que estava
prestes a acontecer. Não sem antes lutarem pela posse da arma.

Slade
é um homem que principia a envelhecer, extremamente orgulhoso, não quer mais
viver num mundo de trevas e onde a sua vontade não possa prevalecer.

O
tiro de Slade sai pela culatra e o rabugento tenente-coronel, acaba se
interessando pelos problemas de Charlie e situações incríveis acabam por
ensinar sobre o significado da vida e dos relacionamentos.

Os
problemas de Slade perdem significação perante Charlie e a possibilidade de
ajudá-lo e voltar a sentir-se participando da engrenagem da vida.

"Times New Roman","serif"”>No encerramento do filme, podemos observar uma
grande reflexão sobre ao valores e o caráter, o sistema educacional e a visão
do futuro. Aliado a tudo isso, o trabalho magistral de Al Pacino, que buscou
guarida numa escola para cegos para compor seu papel conferindo grande
realidade a sua interpretação.

Diante
do exposto, o objetivo desta resenha critica sobre o filme “Perfume de mulher”
é identificar os processos de decisão e negociação, observar os conflitos
envoltos em uma negociação, como também a importância da comunicação nos negócios.

 A prática de um conjunto de competências
mostra-se visível naquela que pode ser considerada uma das cenas mais antropológicas
da historia da teledramaturgia. Uma cena do filme “Perfume de mulher”, onde
Frank Slade (Al Pacino), um coronel cego, convida Donna, uma bela moça, para
dançar um tango e em cerca de oito minutos, é possível observar atitudes como
iniciativa, comprometimento, ousadia, persistência, criatividade, planejamento,
persuasão, independência e autoconfiança- competências admiradas no mundo
corporativo, presentes numa vivencia cotidiana e pessoal.

É
muito importante observar cada atitude de Frank, desde o momento em que ele se
senta até o momento em que a dança termina. Em todos os instantes ele se mostra
confiante e proativo, com certeza um exemplo a ser seguido. Para o nosso
sucesso é muito importante termos confiança. Capacitarmo-nos, acreditar em nossas
competências e tomarmos as rédeas de nosso futuro faz toda a diferença no
resultado.

"Times New Roman","serif"”>Sob este há três grandes lições que podemos extrair
e aplicar em nossas empresas: amizade, competências e caráter. O exercício da
amizade está presente na relação entre os dois protagonistas, que se inicia
árida, tensa e superficial, mas que ganha novos contornos no desenrolar da
trama. Charlie ensina a Frank a vida de quanto desdenha; Frank orienta Charlie
a enfrentar seus problemas.  O poder do
discurso, somada a uma defesa brilhante.

            É importante observar como a
comunicação se posiciona dentro de certas negociações e momentos conflitantes
durante algumas passagens do filme “Perfume de mulher”, as atitudes e
conhecimentos de boa comunicação são vitais para os processos negociais.

"Times New Roman","serif"”>O trabalho realizado faz-nos raciocinar muito mais
longe e com mais propriedade em nossa área de trabalho ou até mesmo em nosso
cotidiano, onde o verdadeiro e por vezes o menos notado desafio enfrentado
pelas equipes durante os processos de decisão e negociação, pode ser
solucionado através da boa comunicação.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of