Artigos

Por que as empresas não contratam formados em Recursos Humanos?

O objetivo que persegue a função de RH é implementar políticas e práticas em Recursos Humanos e alinhá-las à estratégia da organização – contemplando assim a Gestão Estratégica de Pessoas.

Necessariamente essas atribuições não precisam ficar associadas ou a cargo de um profissional de psicologia. Aliás, não generalizando, existem muitos profissionais de psicologia que estão à frente da área de RH e na verdade não conseguem colocar para funcionar ferramentas no que tange atender os subsistemas de RH.

Porque estão familiarizados com a aplicação de testes psicológicos e são somente aqueles que possuem validade e qualificação aprovada pelo Conselho Federal de Psicologia para aplicá-los – muitas empresas “privilegiam” tais profissionais dando a eles a condução ou a gestão da área de RH.

Nova call to action

Penso que para aplicação dos testes é sim imprescindível a presença do profissional de psicologia, mas se o mesmo não estiver apto para conduzir a área ou demais subsistemas do RH – daí as empresas, dentro desse contexto, precisam se conscientizar e deixar de contemplá-los como gestores e utilizá-los apenas para a aplicação dos testes e dar a oportunidade da gestão para outros com formação em administração, gestão em recursos humanos, gestão estratégica de pessoas, etc.

Seria descabido de minha parte generalizar meu ponto de vista, sendo que existem muitos profissionais de psicologia que são excelentes gestores de RH e dominam muito bem a área. Porém, já me deparei com muitas situações, por exemplo: uma profissional que fez psicologia apenas, segundo ela, para se conhecer melhor – disse que queria se tratar e em vez de fazer terapia optou pelo curso e posteriormente, por motivos alheios, acabou se inserindo numa empresa como psicóloga organizacional e gerindo o RH. Ela confessa que não assimilou a área e disse ainda que isso acontece com muitos profissionais de psicologia, sendo que alguns acabam tendo sucesso na área organizacional e muitos acabam se frustrando.

O uso da Psicologia Organizacional como ferramenta indispensável na área de Recursos Humanos é fundamental para aqueles que lidam com questões como liderança, motivação, formação de equipes, seleção e desenvolvimento de pessoas entre outras. No entanto, tenho observado que existe certo glamour por parte de alguns profissionais de psicologia quando atuam como gestores na área organizacional e se consideram superiores. Sendo assim, por inúmeras vezes os psicólogos que possuem uma capacidade de “escuta” melhor e uma formação mais adequada para lidar com questões do “fator humano” acabam ficando em desvantagem e perdendo espaço no mercado para profissionais com outra formação.

Valorizo muito o profissional de psicologia e considero seu trabalho fantástico, mas para aqueles que “se acha” penso que as empresas devem ficar atentas e repensar quem deve atuar na área de RH, principalmente como gestores.

O psicólogo não pode nunca perder o sentido humanizador da sua relação com o outro.

*Alcides Ferri tem formação Superior em Recursos Humanos e Pós-Graduado em Gestão Estratégica de Pessoas. Experiência de 14 anos na área de Recursos Humanos. Experiência de 09 anos na área Administrativa/Financeira. Atuou nos segmentos de Construção Civil, Rede Educacional/Religiosa e Consultoria de RH. Participante ativo no CONARH – Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas, com projetos voltados para área de RH. Atualmente atua como Palestrante Comportamental/Motivacional – realizando palestras, in company, na área de Treinamento e Desenvolvimento, objetivando inspirar e persuadir as pessoas a se engajarem na busca constante de seu autodesenvolvimento, visando à superação das lacunas e carências existentes em suas competências a fim de atingirem sustentabilidade na carreira.

Contato: alcidesferri@bol.com.br

http://www.alcidesferri.blogspot.com/

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Daniel Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Daniel
Visitante
Daniel

Achei um bom ponto, principamente quando se fala que o psicologo não pde deixar de ser humanizado. Possuo formação nas duas áreas (gestão de RH e Psico) e atuo na área a quatro anos. Acredito que as duas formações sozinhas não são garantia de sucesso em RH, mas se combinadas podem criar um poder transformador. Não sou partidário, mas acredito que muitos contadores, economistas, TIs poderiam fazer um ótimo trabalho, mas sem dúvida a psico da um subsidio gigante para a atuação do profissional de RH