Artigos

Por que investir em desenvolvimento de pessoas agora?

O desenvolvimento de pessoas é uma estratégia que investe no ativo mais importante que a sua empresa pode ter: o humano. No entanto, a pandemia da Covid-19 pegou todo mundo de surpresa e impediu que muitas empresas funcionassem normalmente, e também algumas atividades que envolvem a aglomeração de pessoas. 

Nesse cenário, nunca foi tão importante adotar a educação a distância. Os cursos EAD permitem investir no desenvolvimento dos seus colaboradores mesmo nesse período de crise, mas sem colocar a saúde de todos em risco. 

Em momentos de crise e de grandes incertezas, a atitude mais comum dos gestores é de enxugar setores e reduzir custos. Porém, neste artigo, mostraremos a importância e os benefícios de investir no desenvolvimento de pessoas. Acompanhe. 

Nova call to action

Aumenta a produtividade

A produtividade por si só não quer dizer que seja algo positivo. Afinal, de nada adianta ter uma equipe que produz grandes volumes de trabalho, mas que tem falhas e erros graves. Quando se trata de produtividade ganha com o desenvolvimento de pessoas, ela vem alinhada à qualidade, que é o mais importante. 

A capacitação e qualificação dos seus colaboradores tem interferência direta na produtividade. Funcionários que desenvolvem capacidades técnicas e as suas soft skills (capacidades comportamentais) são mais produtivos, ágeis, organizam melhor a sua rotina de trabalho e conseguem trazer mais soluções para o negócio. 

Além disso, quando essas habilidades são constantemente trabalhadas, os funcionários erram menos. Quanto menor o índice de falhas, menor o de retrabalho e o tempo gasto desnecessariamente nas tarefas. O aumento de produtividade é uma das vantagens do desenvolvimento de pessoas, principalmente porque contribui pelo melhor alcance das metas e objetivos estipulados para a empresa e para cada um dos setores. 

Deixa os funcionários mais satisfeitos

Quando a empresa investe no desenvolvimento de pessoas, os colaboradores se sentem mais valorizados, e isso contribui para o aumento da satisfação. Além disso, funcionário satisfeito é funcionário produtivo. 

Muitas vezes, a falta de motivação e de engajamento é reflexo da insatisfação com a empresa. A satisfação dos colaboradores é assunto sério, pois interfere nos resultados de toda a empresa e pode ajudar ou prejudicar a sua marca no mercado, dificultando a retenção de profissionais qualificados. 

Quando os funcionários estão satisfeitos, também há redução de custos e índices importantes, como o turnover e a quantidade de faltas — índice de absenteísmo. Esse é um tema que pode até mesmo evitar ou contribuir com a diminuição de doenças psicológicas que podem ser desencadeadas no ambiente de trabalho, como a ansiedade, a depressão e, principalmente, a síndrome de burnout. 

Potencializa a retenção de talentos

A retenção de talentos é um trabalho feito pelo departamento de Recursos Humanos, com o objetivo de encontrar bons profissionais e de mantê-los na empresa por muito tempo. Trata-se de um conjunto de estratégias para satisfazer e valorizar os colaboradores desde o processo de recrutamento e seleção, passando pelo onboarding e em todo o seu tempo na organização. 

Um dos pilares da retenção de talentos é justamente o desenvolvimento de pessoas. Por meio do estímulo de habilidades técnicas e comportamentais e da qualificação, os colaboradores se sentem valorizados e passam a fazer carreira dentro da empresa. 

Além disso, o investimento em pessoas e na educação corporativa continuada, ou lifelong learning, melhora a sua marca empregadora no mercado de trabalho. Isso torna o processo de recrutamento e seleção mais acertado, rápido, eficiente e mais barato. Afinal, empresas que não investem em seu quadro de funcionários afastam os bons profissionais do mercado. 

Estimula o trabalho em equipe 

Várias cabeças pensam melhor do que uma, não é mesmo? O trabalho em equipe é importante tanto para a comunicação e relação entre os colaboradores quanto para os resultados no negócio. 

Como isso é possível no desenvolvimento de pessoas? Com os cursos a distância, os colaboradores terão assunto em comum para tratar, e isso pode aumentar a interação entre eles, mesmo que remotamente. Outro ponto interessante é que isso pode estreitar os laços profissionais entre os funcionários mais antigos e os mais novos, melhorando assim o processo de adaptação daqueles que são recém contratados. 

O trabalho em equipe e a melhoria da comunicação é um importante aspecto que pode gerar melhores soluções, projetos e, consequentemente, melhores resultados para toda a organização. Times muito distantes e que não têm o espírito de equipe podem, muitas vezes, desenvolver alguma competição não saudável e prejudicar tanto o convívio quanto as metas da empresa. 

Reduz custos 

Reduzir custos sem prejudicar a qualidade dos serviços é o objetivo de qualquer empresa, não é mesmo? Em momentos de crise, recessão econômica e grandes incertezas, como o cenário gerado pela pandemia da Covid-19, os negócios costumam cortar custos. 

Porém, nem sempre isso é feito de maneira estratégica, e há ações que podem ter melhores resultados até chegar à decisão extrema de enxugar departamentos e equipes. A redução de custos com o desenvolvimento de pessoas é, na verdade, uma consequência positiva de outros benefícios. 

Por exemplo, o turnover e a produtividade. Quanto menor o índice de rotatividade de colaboradores, menores serão os custos com contratações, processos de Recursos Humanos, treinamentos e onboarding. Já a produtividade reduz custos com retrabalhos e desperdício de materiais e de recursos. O trabalho em equipe também pode evitar esses problemas por meio de uma melhor comunicação entre os times, os departamentos e a liderança

Representa um diferencial competitivo 

Os benefícios do desenvolvimento de pessoas garantem também um diferencial competitivo em relação às empresas que não investem na qualificação do seu ativo humano. Profissionais satisfeitos, capacitados, alinhados com as metas da empresa e produtivos garantem melhores resultados para a empresa. Isso reflete na reputação de mercado e principalmente no desempenho da organização. 

O desenvolvimento de pessoas não é um gasto, mas sim um investimento nos colaboradores da sua empresa, que representam muito mais do que meras ferramentas de execução de trabalho. A EADSkill atua com diversos tipos de treinamentos EAD, desde a liderança até o operacional, com acesso a plataformas e ferramentas de ensino com o método e-learning. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe da EADSkill

gestão de pessoas

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments