Artigos

PossÍveis AtuaÇÕes Do Profissional De Pedagogia.

POSSÍVEIS ATUAÇÕES DO PROFISSIONAL DE PEDAGOGIA.

Nos últimos anos, mais precisamente após a instituição da nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN 9394/96), foi estabelecido um novo cenário de educação em recintos e/ou ambientes não escolares, ratificando a existência e a percepção para inovação empresarial que reconhece e valoriza a importância do treinamento e desenvolvimento através da formação continuada.

Neste mesmo período, o avanço da tecnologia em todos os setores da economia, também contribuiu para que a importância do treinamento de capacitação e qualificação ganhasse uma importância ainda maior no mundo corporativo, desde o “chão de fábrica” até os níveis mais elevados de atuação profissional, como supervisão, gerência e diretoria. Vários exemplos servem para ilustrar este cenário, como o mecânico de automóveis, no setor de serviços, que até pouco tempo tinha um perfil predominantemente empirista e de baixa instrução. No setor industrial já não se admitem pessoas que não saibam ler e interpretar, corretamente, um manual de operação e/ou operar equipamentos de alta tecnologia. No setor agrícola, também, onde já predominaram os trabalhadores analfabetos, conhecidos como peões, mudou completamente, em função da utilização de equipamentos modernos e de altos recursos tecnológicos.

Nova call to action

Associada a tudo isso, temos ainda a globalização da economia, que impõe mudanças constantes em todos os setores produtivos, exigindo, desta forma, investimentos permanentes em recursos humanos, surgindo, assim, a gestão do conhecimento, que vem ganhando mais espaço a cada dia, merecendo atenção especial por parte dos empresários, que começaram a entender melhor a atuação do profissional de pedagogia, necessária em qualquer ambiente onde exista o processo ensino-aprendizagem.

Hoje, em função do que se encontra exposto acima e de vários outros fatores, o profissional de pedagogia ampliou seu campo de atuação, não ficando mais restrito ao ambiente escolar. As funções corporativas anteriormente ocupadas exclusivamente por psicólogos, agora são disputadas, também, por profissionais de pedagogia, especialmente após a transformação dos centros de treinamento em universidades corporativas, uma medida adotada por grandes empresas, ensejando o surgimento da figura do pedagogo empresarial ou organizacional. Toda essa mudança de percepção tem valorizado muito o profissional de pedagogia, que passou a ter seu papel reconhecido em áreas nunca antes imaginadas, destacando-se:

Ambiente corporativo
• Recrutamento e seleção de pessoal.
• Gestão em recursos humanos.
• Desenvolvimento de programas de treinamento para funcionários de uma organização.
• Pedagogia hospitalar.
• Assessoria pedagógica em serviços de difusão cultural em museus e centros culturais, e de comunicação de massa em jornais, revistas, televisão, editoras, rádios, agências de publicidade, sites etc.

Terceiro Setor (ONGs)
• Coordenação de programas e projetos de natureza educativa nas áreas da saúde, meio-ambiente, trânsito, promoção social, lazer, recreação etc.

O mercado de trabalho do pedagogo é muito concorrido, mas sempre está em expansão, quer seja no setor público ou no privado, em função da demanda da escola, gerada pelo crescimento populacional. Uma garantia disso é a vinculação de recursos públicos para a educação, prevista na Constituição de 1988.

Finalmente, os esforços de homens como Anísio Teixeira, fundador do primeiro curso superior para formação de professores em 1934 e fundador do Instituto da Educação, no Rio de Janeiro, então capital do Império, estão surtindo efeito. Paulo Freire, outro baluarte da educação, reconhecido recentemente como Patrono da Educação Brasileira, merece nosso louvor por ter feito muito em prol da educação e ter oferecido a maior contribuição brasileira à pedagogia internacional, através da criação de um sistema de alfabetização de adultos aplicado no Rio Grande do Norte, em Sergipe e em Pernambuco, em 1950.

A pedagogia como sendo, por definição, “o conjunto de doutrinas, princípios e métodos de educação e instrução que tendem a um objetivo prático” ou, simplesmente, “a profissão ou prática de ensinar”, pode auxiliar no processo de gestão do conhecimento nas organizações em todas as fases, envolvendo planejamento, desenvolvimento e acompanhamento de resultados. As múltiplas possibilidades do pedagogo no mundo corporativo, registrada atualmente, comprova isso. Como podemos pensar treinamento e desenvolvimento através da formação continuada, sem a participação do profissional de pedagogia, por exemplo?

Alexandre Costa
Pedagogo Organizacional
Personal & Professional Coach

0 0 vote
Article Rating

Por: Prof. Esp.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments