Artigos

Postura profissional de um Líder

Será que todos aqueles que se dispoem a serem líderes sabem de fato o que é ser um líder? Será que todas essas pessoas estão preparadas para assumirem esses postos? Para mim a resposta é não.
Os postos de líderança seja lá em qual for a área exigem desse profissional muito mais do que conhecimento adquirido em sua formação nos seus anos de dedicação a busca do conhecimento. Um líder deve trazer consigo habilidades e caracteristicas pessoais que o destaca da maioria.
Não é segredo que a postura profissional é algo que faz um diferencial grande quando se trata de ascensão dentro das organizações em qualquer nível hierarquico, porém nos postos de liderança essa postura profissional é ainda mais exigida e observada, ela deve ser tida como exemplo haja vista o líder ser alguem que como já diz o seu título lidera a outros.
A postura profissional de um líder é algo a estar sempre sendo avaliada, é necessário uma avaliação não somente por aqueles que os cercam, mas também uma auto-avaliação do mesmo. Essa postura deve ser quase que intacta, digo quase porque somos seres imperfeitos e umas das qualidades do lider deve ser assumir falhas, e corrigi-las.
Nos dias atuais onde a felxibilidade é uma palavra muito apreciada no mundo organizacional, a postura profissional de um lider não deve estar apta a caber numa forma de estilo de liderança como o lider autocrático, democratico ou o laissez faire. Mas sim uma postura profisional que seja um pouco de cada uma delas de acordo com a necessidade de cada situação enocontrada no ambiente no qual ele atua. A postura profissional de um líder precisa ainda estar adequada a cultura e a politica da organização, não deixando assim de assumir seu real perfil de personalidade mas encontrando um equilibrio entre seus traços de personalidade e o perfil esperado pela organização. Equilibrio essa é uma das palavras chaves da liderança.
A postura de um líder exige desse profissional uma postura que inspire, confiança, credibilidade, assertividade, compreensão, resiliência, empatia, simpatia e senssibilidade, dentre tantas outras qualidades e habilidades que constituem uma lista extensa, terminando por compor uma espécie de modelo a ser seguido, através do qual o líder tem ou não a razão para exigir de seus liderados a mesma postura que ele.
A postura profissional de um líder vai além de exigências nessas qualidades e habilidades mencionadas, ela inclui ainda uma postura no que diz respeito a aparência. O líder precisa ser convincente não somente com suas atitudes mas com a forma como ele se apresenta.
Já se fala em um outro capital a ser observado no que diz respeito ao perfil de profissionais e em especial aos líderes que se trata do capital erótico, o que a primeira vista parece ser um termo inadequado no mundo corporativo mais segundo Catherine Hakim, da London School of Economics. Pessoa responsável por um estudo publicado na European Sociological Review, o capital erótico além de considerar uma aparência física considera também a disposição e a simpatia, o carisma de conquistar pessoas de elevar o astral do ambiente. E mesmo sendo para muitos ainda um termo difícil de ser utilizado, se olharmos com a ótica de que um líder necessita conquistar e promover uma maior interação entre seus liderados passamos a enxergar uma grande contribuição desse capital se encontrado na postura de um líder.
É vital para um líder ele manter-se antecipado,”antecipação é outra palavra chave na liderança” ou seja estar a frente. Ter uma postura que permita não ser julgado “passado para trás” não ser ultrapassado, estar sempre buscando novas alternativas de aprendizado seja com dedicação a sua carreira seja com a observação na sua vivência dia a dia na organização, ou ainda em seus momentos de auto avaliação e auto conhecimento, assumindo a necessidade de mudança dentro de algum aspecto.
Enfim ser líder é uma tarefa árdua, mas apesar disso para muitos prazerosa. Para alguns a liderança é algo nato, outros acham que a liderança pode ser desenvolvida, mas o certo é que a postura profissional de um líder deve ser um misto das duas coisas e além disso, ainda deve ser algo a ser sempre polido,melhorado. Embora saiba-se que a perfeição jamais será alcançada ela deve ser sempre almejada. O 100% é considerado impossível ainda mais num mundo onde as mudanças são constantes e novas exigências surgem a cada momento mas o 100% na postura de um líder deve ser sempre tida com alvo. Alvo esse que garantirá ao mesmo sua posição, sua realização e reconhecimento dentro das organizações.

Leila Couto
Estudante do Curso de Gestão em Recursos Humanos no IBES Instituto Baiano de Ensino Superior.

Por: Leila Couto

Graduada em Gestão de Recursos Humanos. Estudante de Psicologia.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of