Artigos

Profissionais De Rh Apontam Inovação Como Barreira

Inovação é crucial para conseguir crescimento, rentabilidade e estar na vanguarda, dizem os profissionais de RH, mas com a falta de experiência dentro dos departamentos de Gestão de talentos não é fácil ter tudo isso

Globalmente 74% dos profissionais de RH admitem que suas empresas precisariam fazer mais para demonstrar inovação em recrutamento e gestão de talentos. Entretanto, um estudo global revelou que no Brasil a falta de experiência dentro de departamentos de gestão de talentos e de recrutamento é a principal barreira que atrapalha na adoção de práticas mais inovadoras.
Neste estudo global, realizado pela Futurestep – uma empresa Korn/Ferry -, profissionais de recrutamento e de gestão de talentos, dos oito países pesquisados, admitiram que o uso de métodos inovadores em recrutamento é essencial para ganhar a guerra por talentos. Quando perguntados por que se deveriam adotar métodos inovadores de recrutamento, 42% consideraram cruciais para se garantir os melhores talentos e mais um terço revelou que este é o segredo para contratar empregados de segmentos específicos de mercado ou com talento difícil de encontrar (33%). Mesmo assim, apenas 44% dos profissionais de recrutamento e de gestão de talentos brasileiros têm acesso a orçamento de pesquisa e desenvolvimento/ inovação para melhorarem o desempenho de RH.
Este sentimento foi corroborado por funcionários do mundo todo, que revelaram ter maior probabilidade de aceitar um cargo caso sentissem que a empresa está usando métodos particularmente inovadores para a interação com eles na fase de recrutamento.
O estudo também revela que profissionais de recrutamento e de gestão de talentos acreditam que comunidades profissionais online e comunidades de talentos online serão os métodos de recrutamento mais influentes no futuro – seguidas por campanhas para celular.
Os pesquisados também revelaram como seria, globalmente, o ciclo de vida do funcionário num mundo ideal. As práticas que gostariam de usar, mas que ainda não estão em aplicação, são:
Recrutamento: Campanhas para celular; publicidade criativa e comunidades de talentos feitas sob medida
Engajamento: Escritórios e locais de trabalho com ambiente criativo; compartilhamento de estratégias e processos de trabalho flexíveis e inovadores
Desenvolvimento: Programas de transferências internacionais dentro da empresa; treinamento e mentorado externos

“Enquanto há muito potencial para as empresas adotarem inovação dentro dos seus processos de gestão de talentos e recrutamento, muitas empresas brasileiras ainda se encontram nas fases iniciais de integração de tais métodos”, disse Roberto Spuri, diretor geral, Futurestep América Latina. “Vivenciar um crescimento tão grande em um espaço de tempo tão pequeno nos levou à uma redução da base de profissionais qualificados que deem suporte a este período de mudanças. Entretanto, à medida que as empresas se organizam e estabilizam, os departamentos de RH estão começando a endereçar a filosofia da inovação que, com o tempo, permearão toda a empresa – educando os empregados no que tange o entendimento das necessidades de inovação em todas as áreas do negócio.”

Fonte: PR Newswire
Autor: Comunicação Catho

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of