logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Profissional de Tecnologia: o que faz e entenda as áreas

Sumário

Home > Artigos > Recrutamento e Seleção > Profissional de tecnologia: tudo o que você precisa saber

Profissional de tecnologia: tudo o que você precisa saber

Explore o fascinante universo do profissional de tecnologia em nosso artigo informativo! Descubra os desafios, as habilidades essenciais e as oportunidades de carreira neste setor dinâmico.

O profissional de tecnologia atua em áreas como desenvolvimento de software, análise de sistemas, administração de redes e segurança cibernética. Confira todos os detalhes neste artigo.

A demanda por tecnologia cresceu, mas o número de pessoas aptas para os cargos, não. Por isso, recrutar e contratar profissionais desta área é um desafio para o RH. Mas quando finalmente você encontra pessoas interessadas na vaga, é preciso avaliar suas habilidades antes de tomar uma decisão. Então, sobram incertezas: afinal, como testar profissional de tecnologia

Será que eu preciso ter perfil técnico? Como contar com a ajuda das lideranças da área sem comprometer a produtividade do setor? E, mais ainda, como saber se a pessoa selecionada tem realmente o perfil adequado para a vaga? 

A resposta para todas essas perguntas está nos testes técnicos. Saiba como conduzir esse processo da melhor forma. 

O que é um profissional de tecnologia?

YouTube video

O profissional de tecnologia é alguém que trabalha em diversos campos relacionados à tecnologia da informação (TI) e sistemas computacionais. Esses campos incluem, mas não estão limitados a, desenvolvimento de software, administração de sistemas, redes de computadores, análise de dados, segurança cibernética, entre outros.

O que faz um profissional formado em tecnologia?

Um profissional formado em tecnologia desempenha um papel crucial no mundo moderno, onde a tecnologia está entrelaçada em quase todos os aspectos de nossas vidas.

Com um espectro amplo de especializações e responsabilidades, esses profissionais são a força motriz por trás do desenvolvimento, implementação e manutenção de sistemas e soluções tecnológicas que impulsionam empresas, governos e sociedades.

Banner artigo_Curso-Divulgação de vagas e atração de talentos

Desenvolvimento e Engenharia de Software

Os desenvolvedores e engenheiros de software estão entre os profissionais mais reconhecidos na área de tecnologia. Eles criam e mantêm softwares e aplicativos que atendem a uma variedade de necessidades, desde aplicativos móveis até sistemas operacionais complexos. 

Esses profissionais trabalham em um ciclo de vida de desenvolvimento de software, que inclui a concepção, design, soluções, testes, implementação e manutenção de software.

Análise e Projeto de Sistemas

Os analistas de sistemas desempenham um papel chave na ponte entre as necessidades de negócios e as soluções tecnológicas. Eles trabalham para entender os requisitos de negócios e traduzi-los em especificações técnicas. 

Esse processo envolve a análise dos requisitos dos usuários, a concepção de sistemas para atender a esses requisitos e a elaboração de planos para implementar essas soluções.

Administração de Sistemas e Redes

Os administradores de sistemas e redes são responsáveis ​​por garantir o funcionamento eficiente e seguro dos sistemas de computadores e redes de uma organização. Eles instalam, configuram, gerenciam e mantêm hardware e software, garantindo a segurança dos dados e o funcionamento ininterrupto dos sistemas.

Também são responsáveis ​​pela implementação de medidas de segurança para proteção contra ameaças cibernéticas.

Segurança Cibernética

Profissionais de segurança cibernética são essenciais para proteger sistemas de informação contra ataques cibernéticos. 

Eles desenvolvem estratégias para proteger redes, computadores, programas e dados de acesso não autorizado ou danos. Isso envolve uma análise de riscos de segurança, o desenvolvimento de políticas de segurança, e uma resposta a incidentes de segurança.

Análise de Dados e Ciência de Dados

Cientistas e analistas de dados lidam com a coleta, processamento e análise de grandes conjuntos de dados para extrair insights valiosos. 

Eles usam uma variedade de técnicas estatísticas, algoritmos de aprendizado de máquina e ferramentas de visualização para ajudar as organizações a tomarem decisões mais informadas baseadas em dados.

Desenvolvimento de Inteligência Artificial e Machine Learning

Profissionais especializados em inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina estão na vanguarda do desenvolvimento de sistemas que podem aprender, adaptar-se e realizar tarefas que, até recentemente, só podiam ser realizadas por humanos.

Eles criam algoritmos que permitem que as máquinas aprendam a partir de dados e melhorem automaticamente através da experiência.

Consultoria e Gestão de TI

Consultores e gerentes de TI trabalham com organizações para melhorar a eficácia e eficiência de seus sistemas de TI. Eles podem aconselhar sobre a implementação de novas tecnologias, gerenciamento de projetos de TI, ou liderar equipes de TI. 

Sua função é garantir que os investimentos em TI se alinhem com as estratégias de negócios e objetivos organizacionais.

Inovação e Pesquisa

O profissional de tecnologia também está envolvido na pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias. Ele trabalha em laboratórios, universidades e empresas, expandindo as fronteiras do que é possível em áreas como computação quântica, redes neurais, robótica, e muito mais.

Educação e Treinamento

Alguns profissionais de tecnologia optam por compartilhar seu conhecimento através do ensino. Eles podem trabalhar como professores, instrutores ou mentores, educando a próxima geração de profissionais de tecnologia.

Cada um desses papéis contribui de maneira única para o vasto e em constante evolução do campo da tecnologia. 

À medida que a tecnologia continua a se desenvolver, esses profissionais se adaptam e aprendem continuamente, garantindo que estejam sempre na vanguarda das últimas tendências e inovações.

Qual é o nome do profissional de tecnologia?

mulher profissional de tecnologia no mercado

O nome do profissional de TI pode variar dependendo de sua área específica de atuação. Eles podem ser chamados de desenvolvedores, engenheiros de software, administradores de sistemas, analistas de TI, entre outros cargos. 

Não existe um termo único que abranja todos os profissionais de TI, pois é um campo com muitas especializações.

Por que é tão difícil contratar profissional de tecnologia? 

A área tech vive o seu melhor momento. Desde antes da pandemia de Covid-19, a transformação digital tinha mudado os hábitos e exigido a presença das pessoas desenvolvedoras e outros profissionais de tecnologia nas empresas para trabalhar na criação de softwares e aplicativos. Contudo, a pandemia acelerou esse processo. 

Segundo a Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais), serão criados quase 800 mil novos postos para profissionais de tecnologia no Brasil no período de cinco anos (o estudo foi divulgado em 2021).

Entretanto, apenas 53 mil pessoas, em média, se formam por ano nesta área. Como resultado, o setor deve enfrentar um apagão de mão de obra de 532 mil pessoas neste período. 

Com um cenário de falta de pessoas qualificadas, ainda soma-se o fato das empresas estrangeiras estarem de olho nos profissionais brasileiros.

Além disso, o emprego home office com salários em dólar ou euro são “concorrentes desleais” do tech recruiter brasileiro, que nem sempre tem atrativos à altura para oferecer. 

Nesse contexto, é importante lembrar que os recrutadores estão se especializando para atrair o profissional de tecnologia.

Assim, fazendo surgir a figura do tech recruiter, que não tem perfil técnico, mas deve ter conhecimentos segmentados em tecnologia para conduzir o processo seletivo de modo assertivo. 

Aliás, a profissão de tech recruiter está entre os 10 primeiros empregos em alta em 2022, segundo a pesquisa do LinkedIn Economic Graphic, tamanha é a força desta nova profissão dentro do RH. 

Dado esse cenário, é bom frisar que o tech recruiter deve ter as ferramentas certas em mãos para fazer uma contratação bem sucedida. Não é porque há carência de profissionais que não seja preciso ser criterioso no momento da contratação. 

Como testar profissional de tecnologia e suas hard skills? 

Hard skills são habilidades técnicas comprovadas por diplomas e certificados de cursos. Contudo, quando o assunto é tecnologia é importante “colocar a mão na massa” para comprovar o conhecimento. É como um cozinheiro que mostra seus diplomas, mas você só se convence quando prova o alimento que ele prepara. 

Então, como testar hard skills de profissionais de TI (Tecnologia da Informação)? Os testes práticos são a solução. Eles podem ser desenvolvidos pela equipe técnica da sua empresa. Nem sempre há tempo suficiente dentro da jornada de trabalho nem disponibilidade de pessoal para produzir as avaliações. 

Por esse motivo, existem no mercado plataformas de assessments para testar profissionais de tecnologia. Elas contêm avaliações prontas e segmentadas conforme as linguagens e frameworks a serem utilizados pelas empresas.

Se, por exemplo, você precisa contratar um desenvolvedor Ruby on Rails para atuar no Back-end, o teste é direcionado para estas tecnologias. Assim, as suas chances de encontrar um profissional compatível com as exigências da vaga são maiores. 

Enquanto isso, você como tech recruiter pode se concentrar na entrevista de fit cultural e, portanto, agilizar o preenchimento da vaga. 

Lembre-se que você não precisa ser um especialista em tecnologia para contratar um novo funcionário para a equipe de desenvolvimento de software, porém saber prestar o devido suporte às lideranças do setor. 

Hard skills mais desejadas 

Só para você ter uma ideia, em 2020, o LinkedIn publicou uma relação das 10 hard skills mais valorizadas entre os profissionais de tecnologia. Acompanhe a seguir e identifique quais delas são mais relevantes na sua empresa hoje: 

  1. Análise de negócios;
  2. Blockchain;
  3. Computação científica;
  4. Computação em nuvem;
  5. Conclusões analíticas;
  6. Inteligência Artificial;
  7. Marketing afiliado;
  8. Produção de vídeo;
  9. UX design;
  10. Vendas.

Como testar soft skills no profissional de tecnologia? 

YouTube video

Soft skills, ou habilidades comportamentais, também chamadas de power skills ou people skills, não podem ser negligenciadas na contratação de profissionais de tecnologia. 

Embora o conhecimento técnico seja a grande paixão desses trabalhadores, e assim o motivo central do recrutamento, as empresas têm valorizado cada vez mais as habilidades pessoais. 

Assim como as plataformas de assessments testam as hard skills, elas também podem avaliar as soft skills com testes comportamentais. É importante selecionar previamente os perfis mais adequados às exigências da vaga, como boa comunicação, escuta ativa, proatividade, curiosidade, autogerenciamento, entre outros. 

Mas será que somente com as hard skills não é possível embasar uma contratação? Na verdade, 80% dos recrutadores acreditam que as soft skills são cada vez mais importantes para os resultados da empresa. Além disso, 91% dos profissionais de recrutamento consideram as soft skills tão importantes quanto as hard skills. Os números são da pesquisa Global Talent Trends. 

Conclusão 

Testar profissionais de tecnologia pode ser um desafio, à primeira vista, mas no decorrer do processo seletivo você verá que essa etapa ocorre naturalmente para encontrar os profissionais certos para a vaga. 

É preciso ter planejamento desde a abertura da oportunidade. No briefing da descrição da vaga é necessário prever a etapa de triagem de currículos, teste prático, teste psicológico e entrevista de fit cultural. 

Ao testar profissionais de tecnologia, você garante mais assertividade na descoberta de candidatos que, embora não tenham uma ou outra qualificação no currículo, sabem usar as ferramentas que o setor adota no dia a dia. 

Portanto, o teste prático não pode ser visto como um entrave no processo de seleção, mas sim como um diferencial que irá se refletir nos indicadores do RH, como taxa de turnover reduzida e redução do SLA no preenchimento da vaga. 

As dicas de como testar profissionais de tecnologia foram úteis para você? Aproveite para conferir também o conteúdo sobre como e onde anunciar vagas para desenvolvedores. 

*Escrito por Coodesh 

Assine a nossa Newsletter