Artigos

Quais os resultados de investir em treinamento e desenvolvimento?

Autoras: Tatiana da Luz Hilbig – Psicóloga (Porto Alegre)
Marlei Zarpelon – Psicóloga (Canoas)

Este artigo relata um programa de treinamento e desenvolvimento realizado pelas psicólogas Tatiana Hilbig e Marlei Zarpelon junto a empreendedores canoenses. Procurou-se demonstrar que investir em qualificação resultará equipes bem selecionadas, treinadas, integradas e motivadas, aumentando o desempenho dentro das organizações.

RESUMO
Foi realizado o Programa Canoas Qualificar, Empreender e Inovar, da Prefeitura Municipal de Canoas, e visou auxiliar os empresários a desenvolver uma gestão eficiente e qualificada, fortalecendo seu negócio. A principal contribuição do programa foi contextualizar e motivar o gestor para enriquecer seus conhecimentos, habilidades e atitudes, potencializando o desenvolvimento econômico das empresas. Através de treinamentos, oportunizou-se o desenvolvimento de um clima organizacional de produtividade e confiança. Investir em qualificação resulta em equipes bem selecionadas, treinadas, integradas e motivadas, aumentando o desempenho dentro das organizações.

Nova call to action

INTRODUÇÃO
Para se constituir um plano de treinamento, num primeiro momento, é realizado um levantamento de necessidades, a fim de se traçar quais as tarefas e aspectos a serem abordados pelo processo (Spector, 2004). Com um levantamento de necessidades se conjuga o desenvolvimento com a empresa, qualificando e ajustando seus pontos positivos e negativos que tem a necessidade de melhorias no processo.
Chiavenato (2004) relata que a conceituação de treinamento apresenta significados diferentes. Antigamente alguns especialistas em RH consideravam o treinamento um meio para adequar cada pessoa ao seu cargo e desenvolver a força de trabalho da organização a partir dos cargos ocupados, mas recentemente passou-se a ampliar o conceito, considerando o treinamento um meio para alavancar o desempenho no cargo. Quase sempre o treinamento tem sido entendido como o processo pelo qual a pessoa é preparada para desempenhar de maneira excelente as tarefas específicas do cargo que deve ocupar.
Os psicólogos devem buscar para os treinamentos e capacitações as melhores soluções no mercado, de acordo com o perfil da empresa, com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento intelectual e emocional de seus colaboradores, mantendo o nível de satisfação e proporcionando um ambiente cada vez melhor para o desenvolvimento de seus funcionários. (Coelho, S.R.R et Al, 2013). As pessoas precisam ser vistas, como seres humanos dotados de inteligência e de sentimentos, com personalidade própria, aspirações, crenças, valores e motivações particulares. São talentos que precisam ser desenvolvidos e mantidos.
O Programa Canoas Qualificar, Empreender e Inovar, foi desenvolvido ofertando qualificação profissional gratuita para os empreendedores e colaboradores canoenses. Muitas empresas na área de serviços, comércios e indústrias, tiveram a oportunidade de conhecer o programa e de se qualificarem. De março a julho de dois mil e treze, 503 pessoas foram qualificadas através de treinamentos, capacitações e palestras, realizados pelas autoras desse artigo.
Também se realizou uma pesquisa para analisar as necessidades de treinamento com esses empreendedores. Eles responderam a dez perguntas objetivas, através de um questionário online. A grande maioria dos participantes revelou que participa de capacitações freqüentemente (93,43%), enquanto apenas 3,57% relataram que não participam.
Ainda nessa pesquisa, quando questionados sobre que resultados percebem na empresa após participarem de capacitações, 26,83% percebem um aumento nas vendas, também percebem aumento na satisfação dos funcionários e 43,34% percebem aumento na motivação de seus funcionários. Também responderam se acham importante liberar seu funcionário para se qualificarem em horário de trabalho. O resultado apontou que 79,31% liberam seu funcionário, mas 20,69% responderam que não acham importante qualificar seu colaborador em horário comercial.
Nota-se que os empreendedores valorizam bastante as capacitações e treinamentos e cada vez mais buscam qualificação profissional. A grande maioria das pessoas percebe as mudanças e benefícios que as capacitações podem oferecer. O treinamento é um processo educacional que possibilita o aprendizado contínuo e ajuda os colaboradores no desenvolvimento de suas habilidades.

Discussão
Este artigo objetiva mostrar a importância de planejar ações de qualificação de empreendedores e funcionários. Após participar de um treinamento, muitas vezes funcionário sente-se valorizado e contamina seu dia de trabalho com mais motivação, interesse e produtividade. Segundo Maslow (1962) com sua pirâmide de satisfação, quanto mais motivado o funcionário, maior sua criatividade no local de trabalho. Um local bem-sucedido necessita de funcionários qualificados para um resultado positivo. O desempenho de uma organização depende em grande parte da contribuição das pessoas que dela fazem parte, em especial de como elas são estimuladas, capacitadas e organizadas para desenvolverem suas funções.
Segundo Chiavenato (2004), as pessoas apresentam uma notável capacidade de aprender e de se desenvolver. A educação está na base de qualquer capacidade de adquirir habilidades e conhecimentos. O termo educar, proveniente do latim educare, significa extrair, colocar para fora, em outras palavras, é a capacidade do sujeito trazer de dentro para fora as suas potencialidades. É por este motivo, que todo treinamento deve assegurar ao sujeito a oportunidade de ser aquilo que ele pode ser a partir de suas próprias potencialidades.
O autor quando relata que treinamento é uma capacidade de educar-se para a sua função, diz que o sujeito muitas vezes tem dificuldade de se adequar ao trabalho proposto, porque não é treinado, muitas vezes só é orientado e em certos casos não funciona. Moderadamente o treinamento é um meio de desenvolver, adequando a pessoa ao seu perfil, assim facilita um entendimento do que realmente permite que o sujeito contribua efetivamente para o resultado do negócio.
Percebemos que a valorização do capital humano é fundamental para o desenvolvimento das organizações e dos funcionários, trazendo maior benefício às pessoas envolvidas no processo de gestão de uma instituição. Oferecer suporte necessário para que essas pessoas desenvolvam novas aptidões e aperfeiçoem habilidades que já possuem. Se os funcionários dentro das organizações forem incentivados a novos desafios e tiverem oportunidade de desenvolvimento profissional, irão contribuir significativamente para alcançar resultados cada vez melhor dentro de sua empresa, deixando de serem agentes passivos ou vítimas dos acontecimentos, e tornando-se agentes ativos, protagonistas e transformadores da realidade em que se encontram.
Ainda segundo Muchinsky (2004), através do treinamento de funcionários, pode-se alcançar com mais facilidade uma série de aspectos que beneficiam diretamente a organização, como por exemplo, a qualidade dos serviços prestados e do produto oferecido, a redução de custos devido ao aumento da qualificação dos trabalhadores e a rapidez ao alcance dos objetivos. Segundo Chiavenato (2004), o treinamento é uma forma de agregar valor às pessoas, à organização e aos clientes, enriquecendo o patrimônio humano das organizações. Através dele, podem-se desenvolver competências nas pessoas para que se tornem mais produtivas, criativas, inovadoras e perspicazes no desempenho de suas atividades. Capacitar e motivar por meio de treinamentos faz com as pessoas além de realizarem seu trabalho, também melhorem seus comportamentos e relacionamentos. Nesse sentido, treinamento desenvolve as pessoas, mas não somente para atingir economicamente os objetivos, também para o crescimento pessoal e profissional.
Motivar é diferenciar o potencial e o desempenho dos empreendedores e colaboradores no seu ambiente de trabalho. É o processo responsável pela intensidade, direção e persistência das forças de uma pessoa para o alcance de uma determinada meta, juntando aos fatores psicológicos que impulsionam os seres humanos a agirem de determinada maneira na conquista de objetivos e realização de novas idéias. A motivação é o que causa, canaliza e sustenta o comportamento das pessoas estando diretamente relacionada com a satisfação no trabalho.
O indivíduo quando convidado para um treinamento sente-se acolhido e respeitado pela organização, tornando-se capacitado para aprender e estar apto para a sua função, possuindo certas aptidões para assuntos mais complexos. A aprendizagem requer retroação e reforço. Sendo assim o treinamento, através do seu desenvolvimento, nos faz sentir que sabemos fazer e desta forma melhorar a auto-estima, a qualidade de vida e o bem-estar do indivíduo e da organização, favorecendo uma maior satisfação e produtividade.

REFERÊNCIAS

Almeida, E. L. S., Oliveira, I. . O., Santos, M. A. (2011). Desenvolvimento e Capacitação de pessoas. Revista Visão Acadêmica; Revista Eletrônica Via Littera e Desenvolvimento e Capacitação de Pessoas. Universidade Estadual de Goiás, www.coracoralina.ueg.br.

Camilatto, A. J. Chieppe, D., Ricco, A. S. (2012). A Qualificação professional na hotelaria e a qualidade de serviços: um estudo de caso na percepção do hóspede. DESTARTE v.2, n.1.

Coelho, S.R.R et Al. (2013). A aplicabilidade do ensino a distancia na capacitação e treinamento dentro de empresas privadas, pelos futuros profissionais de recursos humanos. X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância. Belém/PA, UNIREDE.

Chiavenato, I. (2004). Gestão de Pessoas: o novo papel dos recursos humanos na organização. São Paulo: Ed. Campus.

Maslow, A. (1962). Introdução à psicologia do ser. Rio de Janeiro: Eldorado, 1962.

Muchinsky, P. Psicologia Organizacional. São Paulo: ed. Pioneira, 2004.
Senge, Peter. et al. A Dança das Mudanças. Rio de Janeiro: Campus, 1997
Zanelli, 2004.

0 0 votes
Article Rating

Por: Tatiana Da

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments