Artigos

Recrutamento E Seleção De Pessoas Portadoras De Necessidades Especiais (pne)

Uma das tarefas mais importantes do profissional de Recursos Humanos são o Recrutamento e Seleção, pois se trata de um processo delicado e que exige destreza, principalmente se o mesmo envolver pessoas com deficiência. Aliás, a Lei de nº 8.213/1991 determina que empresas com mais de 100 funcionários, devem destinar 2% de suas vagas aos portadores de necessidades especiais.

Embora não haja, ainda, a inclusão geral dessas pessoas no mundo corporativo, o selecionador deve ter pra si que essas pessoas precisam levar a empresa resultados como as outras que não estão inclusas em cotas, pois terão as mesmas condições de trabalho; fazendo necessária a aptidão do profissional de RH no processo seletivo com pessoas com deficiência, a fim de selecionar o candidato que melhor desenvolva seu trabalho e que acredite na possibilidade de crescer junto a empresa.

Primeiramente é necessária uma descrição do cargo a ser exercido, avaliação das deficiências que se adequam às exigências da vaga e condições estruturais e psicológicas que a empresa oferece, para que seja contratada a pessoa que possa desenvolver as atividades pertinentes a função de forma satisfatória a ambas as partes.

Nova call to action

Na entrevista o selecionador deve agir de forma natural, sem persuadir o candidato por sua deficiência. Perguntas são essenciais, mas questões em demasia sobre um mesmo assunto podem causar desconforto ao entrevistado. Por isso a necessidade da qualificação do profissional, como por exemplo: em uma entrevista realizada com um deficiente auditivo, o entrevistador que possui habilidade com a linguagem libras desenvolverá com mais eficiência, identificando e conhecendo melhor seu interlocutor, fazendo com que sinta-se a vontade para transpor o que poderá levar a empresa a contratá-lo. Mas, claro, há outros métodos para uma entrevista diferenciada, os chamados improvisos, porém não tão eficazes.

Seja conveniente e autêntico no feedback aos candidatos, eles precisam de retorno, já que sendo bom ou ruim podem reavaliar a si mesmos para outras possíveis oportunidades. Se por suas limitações naturais, de forma respeitável explique o porquê, afinal todos nós, seres humanos, somos passíveis de limitações.

As principais dificuldades que os selecionadores podem encontrar são a falta de qualificação e insegurança para realizar esses processos seletivos. No entanto, as organizações devem mais que cumprir cotas, elas precisam incluí-los não somente na empresa, como também na sociedade; assim aquele que tiver a responsabilidade de recrutar e selecionar um portador de necessidades especiais a uma vaga, além de estar preparado, este deverá transmitir o valor da organização em querer agrega-lo.

Autor: Nataly Araujo, Gestão de Recursos Humanos, Universidade de Mogi das Cruzes, email: nty.araujo@gmail.com

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments