Artigos

7 Armadilhas Práticas para Evitar ao Recrutar Candidatos Millennials

A maioria dos empregadores sempre procura candidatos millennials ao contratar, há muitas razões para isso. Além de os candidatos millennials serem jovens e ágeis, eles geralmente são mais produtivos do que as gerações mais velhas.

A Geração milenar também é conhecida como Geração Y, essa é uma geração de pessoas nascidas entre os anos 80 e início dos anos 2000. Os candidatos da geração do milênio constituem a maior parte da força de trabalho da maioria das empresas.

As empresas estão começando a perceber que precisam prestar mais atenção à geração do milênio se quiserem subir em seu nicho ou campo de operação. Recrutar candidatos millennials ajuda você a construir sua empresa ou firma no nível desejado. No entanto, apesar de muitas empresas ou empregadores se esforçarem para recrutar candidatos millennials, é importante recrutar o conjunto certo de candidatos.

Nova call to action

Recrutar os candidatos certos é essencial, pois ajuda a uma gestão eficaz da sua força de trabalho e isso contribui imensamente para a produtividade da empresa. Recrutar candidatos millennials errado é o que toda organização deve evitar a qualquer custo, porque, uma vez que você cometa um erro ao recrutar um candidato milenar, a correção desse erro pode ser difícil.

Nenhuma empresa quer contratar um passivo. Como empregador, você sempre procura os melhores candidatos para seus trabalhos. É por isso que é necessário que você preste atenção a coisas cruciais ao recrutar um candidato milenar.

Armadilhas práticas que você deve evitar

Um grande número de empregadores recruta candidatos da nova geração e comete erros caros no processo. Esses erros não afetam apenas a empresa, eles também custam aos candidatos em suas expectativas de carreira ou metas de trabalho.

Como empregador, há certas armadilhas que você precisa evitar ao recrutar candidatos millennials. Evitar essas armadilhas não apenas salvará sua empresa, mas também evitará as conseqüências impeditivas que acompanham tais erros.

Portanto, é essencial que você esteja ciente dos erros comuns que muitas empresas cometem quando se trata de contratar candidatos da nova geração e por que você deve evitar esses erros. Abaixo estão 7 erros que você precisa evitar ao recrutar candidatos millennials.

Não contrate sem conhecer as metas do candidato

Um dos erros que muitos empregadores cometem ao contratar candidatos milenaristas é não saber quais são os objetivos dos candidatos e o que os leva a escolher essa carreira específica. Como um empregador que é apaixonado por ver sua empresa crescer, você precisa evitar esse erro.

É muito importante que você saiba o que impulsiona um funcionário antes de recrutá-lo. Muitos empregadores estão apenas preocupados em incluir os millennials sem se importar em saber quais são os objetivos dessas pessoas antes de contratá-los.

Como gerente ou pessoal de recursos humanos que é apaixonado por obter os melhores funcionários para uma empresa, você precisa prestar atenção para quais são os objetivos dos candidatos. Faça perguntas como; o que os tira da cama de manhã cedo, o que eles podem fazer com paixão mesmo quando o dinheiro não está envolvido e outras questões intrigantes.

Não negligencie o desenvolvimento pessoal ao recrutar candidatos millennials. Desenterre o que o candidato fez em termos de crescimento pessoal e desenvolvimento de carreira. Isso não só ajuda a empresa a crescer, também é útil para os próprios candidatos.

Evite a má preparação

Recrutamento é um processo que todos devem levar a sério. Você não pode se dar ao luxo de contratar pessoas ruins, não qualificadas ou incompetentes para sua empresa como resultado de uma má preparação. Portanto, antes mesmo de colocar uma vaga ou aviso de recrutamento, você precisa ter um plano concreto que lhe permitirá contratar o conjunto certo de pessoas.

Até mesmo os funcionários experientes cometem erros, não para falar de funcionários inexperientes. Certifique-se de preparar bem antes do recrutamento, boa preparação, mesmo retrata você e a empresa séria.

Não conduza um processo de recrutamento inadequado, distribua papéis de acordo com cada entrevistador e deixe que todos estejam prontos para seus papéis. Reers Booster criou um guia sobre a melhor maneira de as empresas se prepararem para o recrutamento.

Evite todas as formas de preconceito e preconceito

Outro erro caro que os empregadores cometem quando recrutam candidatos milenaristas é recrutar com base no interesse pessoal, preferência e preconceito. Ter um motivo ulterior para contratar um candidato pode sair pela culatra e impedir o crescimento da empresa. Não contrate com base na primeira impressão que você tem em um indivíduo ou por causa do preconceito. Em vez disso, recrute candidatos com base nas qualificações, habilidades, competência e experiência.     

Não permita que a impressão que você tem sobre um candidato afete ou controle a entrevista e as perguntas que você faz ao candidato. Não altere seu padrão apenas por causa de preferência ou preconceito. Mantenha o mesmo padrão para todos os candidatos, faça as perguntas preparadas e selecione com base no desempenho individual.

Evite dar uma descrição vaga ou vaga do trabalho

Um erro notável que os empregadores cometem quando recrutam candidatos milenaristas está dando uma descrição vaga do trabalho. Muitas pessoas criam a ilusão de que os candidatos da nova geração são brilhantes e imaginam as coisas por conta própria. Eles então vão em frente para dar um resumo do trabalho, deixando o candidato para pesquisar mais sobre os detalhes. Isto está errado!

Uma descrição chata do cargo mata o moral de um candidato e muitas empresas são vítimas dessa armadilha. A falta de uma descrição precisa do cargo não é saudável nem para a empresa nem para os candidatos contratados. Portanto, para você contratar os candidatos certos para um trabalho, é importante que você forneça uma descrição do trabalho detalhada e realista antes de contratar.

Não destaque apenas a compensação

De acordo com uma pesquisa recente, apenas um quarto da geração do milênio considera que os benefícios são muito importantes na hora de escolher um emprego. Portanto, destacando apenas o valor monetário ou compensação não é suficiente para obter um candidato para trabalhar para uma empresa.

Dinheiro e benefícios não são os fatores mais importantes que os candidatos consideram. Portanto, os empregadores devem evitar apenas destacar a compensação. Conte-lhes sobre o futuro da empresa e como ela aumentará o crescimento de sua carreira.

Evite fazer toda a conversa

Não fale muito ao entrevistar um candidato. Muitos entrevistadores cometem o erro de fazer toda a conversa, isso não é bom o suficiente. ResumePlanet aconselha que o entrevistador fale menos para permitir que os candidatos falem sobre si mesmos e sobre seus objetivos profissionais.

Não negligencie a marca da empresa

É importante que sua empresa tenha uma boa imagem, isso atrai você para os candidatos certos. Participe de avaliações negativas sobre sua empresa, não as deixe penduradas. Certifique-se de marcar sua empresa e retratar uma boa imagem da sua empresa.

A incapacidade de construir ou promover uma empresa afetará o recrutamento de candidatos da geração do milênio. Uma empresa de marcas famosas dá aos candidatos milenaristas um propósito e um sentimento de pertencer.

Toda empresa quer contratar o conjunto certo de candidatos, discutidos acima, são as armadilhas que você deve evitar a todo custo ao contratar um candidato milenar.

Essas sete dicas para recrutar novamente candidatos millennials são:

  • Não contrate sem conhecer as metas do candidato
  • Evite a má preparação
  • Evite todas as formas de preconceito e preconceito
  • Evite dar uma descrição vaga ou vaga do trabalho
  • Não destaque apenas a compensação
  • Evite fazer toda a conversa
  • Não negligencie a marca da empresa

Fonte: Blog 6Q

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of