Artigos

Redação Empresarial: Fico no Aguardo?

Na agilidade tecnológica em que vivemos, sempre tentamos diminuir frases e textos para dinamizar facilitar a leitura de e-mails. Mas ao eliminarmos palavras, além de deixar o texto confuso, utilizamos modismos que são impróprios.

A expressão “fico no aguardo” é um regionalismo brasileiro e seu uso não é incorreto, mas inadequado.

Aguardar é um verbo transitivo, ou seja, precisa ser acompanhado de um complemento. Logo, mesmo sendo um substantivo nesse caso, quem aguarda, aguarda alguma coisa. Precisamos especificar o que estamos aguardando.

Nova call to action

Portanto, em uma situação formal, principalmente em suas redações empresariais evite esse tipo de expressão.

Aqui vão algumas sugestões para substituir “fico no aguardo”:

Aguardo sua resposta para enviar as amostras.

Aguardo seu retorno para negociarmos o preço.

Espero seu e-mail para prosseguirmos com o projeto.

 


Disponível em: http://www.scrittaonline.com.br/habilidades/fico-no-aguardo

Autor: Giulia Gambassi para Scritta

5 1 vote
Article Rating

Por: Clark Kent

Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur.

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael J. Cunha
Rafael J. Cunha
4 anos atrás

legal, bom saber!

Fermando
Fermando
10 meses atrás

Ótimo!
Não sabia, vou aplicar daqui pra frente.