Artigos

Rh O Que Fazer Para Minimizar Impacto Da Crise?

Diante de um cenário econômico de incertezas, as empresas passam a reduzir, cortar orçamentos, fazer mais com menos.
Mas, é preciso atentar para um stakeholder muito importante, e que terá forte atuação neste momento – os colaboradores (público interno).
Neste momento entra em ação a área de RH, que tem a missão de direcionar o público interno aos objetivos da organização, orientando também a alta direção para as ações de menor risco e impacto, no que diz respeito as pessoas.
Pois, quando por vezes, a demissão é a solução imediata que dará a organização o fôlego que necessita, é preciso pensar em quem sai e em quem fica!
Quem sai deve sair de forma respeitosa e menos traumática, podendo encontrar na organização, da qual fez parte, um apoio a sua recolocação no mercado, bem como ser um porta-voz positivo no mercado.
A ação responsável com o demitido, ajuda no clima interno e na percepção de quem fica e que terá muitas vezes que acumular funções.
Para o público que ficou é importante manter ações de treinamento, principalmente porque nas reduções de quadro há uma redistribuição de tarefas, unificação de áreas e é preciso estar treinado para executar de forma eficiente.
Outra ação não menos importante, direcionada ao público interno, é a comunicação efetiva.
Pois, se nada se diz, se nenhum caminho for apontado pela organização, o clima de incerteza, de boatos, a cada demissão e a cada corte no orçamento será instalado. E por consequência, a baixa produtividade e qualidade de produtos ou serviços. Portanto, neste momento, o RH precisa atuar junto a alta direção, aos lideres para que a comunicação seja clara, objetiva e engaje cada colaborador em direção ao objetivo da organização.
É certo que até mesmo uma noticia de corte de beneficio ou de adiar um projeto importante poderá ter entre os colaboradores, uma receptividade melhor, se todos entenderem os porquês.
Assim sendo, o papel do RH é estratégico também em momentos de crise!
Há uma grande responsabilidade em cada ação, diria que o RH é responsável por traduzir e propor ações de menor impacto a alta direção.
Se o RH é estratégico e sentou a mesa para discutir o planejamento da sua organização, não terá dificuldades em engajar o público interno e tão pouco de orientar a alta direção para as decisões mais assertivas em relação ao capital humano de sua organização.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of