Artigos

Saiba como identificar um perfil de liderança

Toda empresa precisa de profissionais para tomar a frente dos projetos, e, o responsável pelas contratações precisa saber como encontrar o perfil de liderança certo para cada área.

Não importa se você é empreendedor de um pequeno, médio ou grande negócio, é indispensável ter a confiança nas pessoas certas para ajudar a comandar e controlar as ações de seu negócio.

Leia mais: Home office requer mudanças na cultura organizacional e gestão de pessoas

Nova call to action

Sendo assim, o profissional de recursos humanos é a pessoa certa para identificar os potenciais líderes, aqueles que carregam em seus perfis comportamentais a condução das atividades como uma de suas características.

Tendo isso como foco, hoje vamos apresentar os principais perfis de liderança e como é possível identificá-los.

Sente-se bem na cadeira e acompanhe, afinal, é um dos pontos mais importantes na hora de organizar o crescimento de uma empresa.

O que são perfis comportamentais?

Antes de mais nada, precisamos entender o que é um perfil comportamental, afinal, para entender e encontrar um líder, precisamos saber como as pessoas se comportam.

São diversos os perfis comportamentais, no entanto, alguns se destacam mais do que outros. E, aqui, vamos apresentar alguns dos principais, para lá na frente entendermos algumas das características dos líderes.

Perfil comunicador

As pessoas inseridas no perfil comunicador são aquelas que têm facilidade na conversa com qualquer pessoa. São mais extrovertidos e ativos.

Ainda assim, são pessoas que não gostam de uma rotina monótona, ou seja, preferem o agito, e já se encaixam muito bem em um perfil de liderança. Além do mais, possuem uma boa capacidade de adaptação a novas funções e atuações.

Também gostam muito de ambientes harmoniosos. No entanto, são pessoas que gostam de serem destacadas, não ficam muito satisfeitas se o trabalho não é lembrado pelos outros.

Perfil Executor

O executor tem a liderança quase que atrelada ao seu DNA. São pessoas que não tem medo das responsabilidades e tampouco dos riscos de suas funções.

Todavia, as principais qualidades de um executor estão relacionadas ao dinamismo e também por serem otimistas. Dificilmente você verá uma pessoa com esse perfil comportamental desanimada ou receosa com algum trabalho.

Além do mais, são trabalhadoras, e possuem uma grande disposição física. Sendo assim, são pessoas que trabalham direto e gostam de apresentar resultados.

Perfil Planejador

Se, quando destacamos o perfil comunicador falamos que eles não gostam de rotinas, os planejadores são o contrário, eles gostam de seguir regras e normas predispostas.

No entanto, gostam de trabalhar diretamente com pessoas mais ativas e dinâmicas. Esse gosto por ter pessoas com perfis diferentes do seu lhe torna mais flexível na tomada de decisões.

Em tempo, são pessoas muito observadoras, até por isso, gostam de planejar todas as suas ações antes da tomada de decisão. É um bom perfil de liderança por saberem lidar com os imprevistos de uma forma tranquila, mesmo que não tenha uma resposta na hora.

Leia mais: Diversidade e inclusão: o futuro exigirá um olhar mais amplo para as pessoas

Habilidades de um perfil de liderança

Anteriormente, citamos três perfis comportamentais que podem se encaixar com cargos de lideranças. Cada um deles possui suas particularidades, mesmo assim, dependendo do ramo de atuação da empresa, podem se qualificar como grandes coordenadores.

Cada função, ou setor, dentro de uma empresa requer um perfil diferente de liderança. No entanto, eles precisam ter algumas características semelhantes entre eles.

A comunicação é uma das qualidades essenciais para um líder. Afinal, ele precisará – e muito – conversar e saber como passar as ordens para seus liderados. 

A delegação de tarefas também é um ponto muito importante e que se assemelha com o diálogo. Saber passar as funções adiante e confiar em que a executa é essencial.

Todavia, saber motivar nas horas certas, ouvir quando uma pessoa está com algum problema – tanto profissional como pessoal – é um sinal de empatia, uma das habilidades que mais serão cobradas em um futuro próximo.

Ainda assim, saber passar feedbacks, tanto positivos como negativos; ser criativo e resolutivo na hora de lidar com os problemas; ter responsabilidade com os prazos e atividades; e ainda ser flexível ao lidar com diferentes pessoas e mesmo assim motivar sua equipe são aptidões que fazem um bom líder.

Como identificar um líder?

Quando uma empresa contrata um profissional para liderar um projeto ou setor, ela precisa ter em mente que essa pessoa colocará a sua cara nos liderados e também nas atividades.

Em outras palavras, suas aptidões e seu perfil mostrarão como será o andamento do trabalho.

A motivação, como já dito anteriormente, é um dos pontos mais importantes e destacáveis em um coordenador. Saber como deixar sua equipe entrosada e feliz para continuar atuando com qualidade é de suma importância para um bom andamento da empresa.

Com isso em vista, vamos para as principais formas de identificar um perfil de liderança.

Primeiro: Avalie a Inteligência Emocional

A Inteligência Emocional é um termo muito utilizado na Psicologia, ele é capaz de identificar os sentimentos de uma pessoa de uma forma mais clara e concisa.

Sendo assim, é algo completamente dos testes de Quociente de Inteligência (QI), afinal, ele busca avaliar os sentimentos e não os conhecimentos de uma pessoa.

Com ele, é possível saber como o candidato a um perfil de liderança lida com diversas situações. Como ele reconhece seus sentimentos e emoções. É uma habilidade essencial para o convívio com outras pessoas, é muito importante para um coordenador de setor ou projetos.

Os profissionais que conseguem lidar bem com seus sentimentos e emoções, muito provavelmente saberão contornar problemas quando estiverem gerindo outros trabalhadores.

Segundo: Busque saber como ela repassa informações

A comunicação interpessoal é muito importante dentro de uma empresa. Isso porque, quando se tem mais do que um funcionário, saber repassar as atividades e demandas é o que faz o dia a dia.

E esse “tipo” de comunicação não se reflete somente ao dito verbal, mas, também, aos gestos, fisionomias e trejeitos.

Um bom líder é aquele que, mesmo sem trocar uma palavra com o funcionário, sabe identificar se ele está insatisfeito ou com algum problema particular e profissional.

Na hora de contratar o gestor, é essencial que o profissional de recursos humanos busque saber se o candidato tenha essas aptidões, pois elas serão muito cobradas durante a execução de qualquer atividade dentro de empresa.

Leia mais: Como minha empresa pode ser uma das maiores referências em RH do país?

Terceiro: Reação a problemas e mudanças

Saber receber um feedback negativo de um cliente, analisar números ruins e contornar problemas, mesmo que a solução seja mudar algo que já é padrão, é muito importante em um cargo de liderança.

O gerenciamento de crises é algo muito debatido nos últimos anos. O profissional que melhor souber lidar com esses imprevistos, certamente estará apto a ser um coordenador.

Já no quesito das mudanças, não ter medo de inovar é muito importante. Afinal, quando se está em uma empresa, as transformações são inevitáveis, sejam de setores, funcionário, ou até mesmo de rumos.

Conclusão

Acima de tudo, não podemos achar que existe somente um perfil de liderança certo, afinal, cada empresa, trabalho ou projeto necessita de um coordenador específico para ele.

Todavia, algumas aptidões devem ser comuns para os candidatos a uma vaga de líder. Saber se comunicar e resolver problemas, bem como lidar com os sentimentos dos outros serão exigências em uma entrevista de emprego, principalmente quando falamos cada vez mais em empatia e menos em pensamentos individuais.

5 1 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments