logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Carreira e Negócios > Satisfação profissional no mercado de trabalho

Sumário

Satisfação profissional no mercado de trabalho

Satisfação profissional é o sentimento de realização e contentamento que um colaborador sente ao desempenhar suas tarefas, percebendo que suas habilidades são valorizadas, que o trabalho tem um propósito significativo e que há alinhamento entre suas expectativas e os objetivos da organização.

A repetição das tarefas, a falta de propósito e a desmotivação podem transformar o ambiente profissional em um verdadeiro pesadelo. Mas a boa notícia é que você não precisa se contentar com essa realidade! Buscar a satisfação profissional é fundamental para o seu bem-estar, sua carreira e, consequentemente, para o sucesso da empresa como um todo.

Neste post, vamos explorar como a satisfação no trabalho impacta positivamente o clima organizacional, a saúde do colaborador e a produtividade. Prepare-se para descobrir como encontrar a felicidade profissional e construir uma carreira gratificante!

O que é satisfação profissional?

A satisfação profissional tem íntima relação sobre como o colaborador enxerga o ambiente de trabalho e suas tarefas cotidianas. Um profissional satisfeito não é aquele que necessariamente parece feliz todos os dias.

A satisfação é demonstrada através da capacidade de cumprir suas funções, do fato de enxergar um propósito no trabalho, ter perspectivas na empresa e entender a sua importância para a equipe como um todo.

Portanto, não há uma só via de atuação para que seja possível alcançar a satisfação profissional.

É preciso que colaboradores e liderança entendam a importância da realização de cada membro da equipe como parte do conjunto de resultados do negócio. Para que a partir disso, todos possam desenvolver um ambiente propício para o cotidiano de trabalho, viabilizando a satisfação da equipe.

Quando todos estão engajados em oferecer um ambiente saudável para o trabalho, é natural que a equipe esteja mais satisfeita, diminuindo os pedidos de demissão e gerando ótimos resultados como time.

curso de plano de carreira na Escola de Pessoas

Quais são os fatores de satisfação no trabalho?

Existem inúmeros fatores que podem contribuir para que o profissional se sinta muito mais satisfeito. Em geral, o colaborador feliz é aquele que usufrui dos seguintes aspectos:

  • Clima organizacional saudável;
  • Bons líderes;
  • Plano de carreira;
  • Possibilidade real de crescimento na organização;
  • Equilíbrio entre a vida pessoal e profissional;
  • Salário e benefícios justos;
  • Boa infraestrutura na empresa, que possibilita a execução das demandas;
  • Atua em projetos desafiadores.

Perceba que existe um conjunto de elementos que são responsáveis como fatores de satisfação no trabalho.

Todavia, é útil perceber que para cada colaborador e fase de vida é natural que um fator pese mais que o outro. Um profissional que acabou de casar, por exemplo, tende a preferir um ambiente que prioriza o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional à atuação em projetos desafiadores.

Portanto, é necessário entender que não há uma fórmula exata que possa ser repetida em todas as empresas. No entanto, é saudável desenvolver estratégias com o intuito de propiciar todos os fatores de satisfação no trabalho para sua equipe.

Justamente com o intuito de que os profissionais estejam satisfeitos e possam ser produtivos no cotidiano de trabalho.

  • Crie um plano de ação estratégico para alcançar seus objetivos profissionais de curto, médio e longo prazo. Inscreva-se no curso de plano de carreira.

Qual a importância da satisfação profissional?

Equipe discutindo satisfação profissional na empresa.

Você sabe o que é satisfação profissional no mercado de trabalho? Aliás, já se perguntou o quão importante é esse conceito para o seu negócio crescer?

Pois bem! Locke (1969) define satisfação no trabalho como o resultado da avaliação que o trabalhador tem sobre o seu trabalho ou a realização de seus valores por meio dessa atividade, sendo uma emoção positiva de bem-estar.

“A satisfação no trabalho é uma emoção positiva que gera sentimentos de bem-estar e prazer.” (Locke, 1969)

Nesse sentido, a satisfação profissional pode ser considerada como a experiência de colaborar em uma determinada atividade. Ou seja, é quando o funcionário tem autonomia para realizar o trabalho de forma que fique satisfeito. 

É importante destacar que, para garantir a contenção dos colaboradores, o papel do RH é determinante. Diante disso, é ideal realizar a medição do clima organizacional e as observações sobre as novas culturas do ambiente de trabalho com o uso da tecnologia. 

Portanto, o trabalho de medição deve ser feito continuamente, com o intuito de garantir que a equipe esteja em evolução constante a respeito do ambiente laboral no qual está inserida.

Tenha em mente que uma equipe satisfeita, motivada e engajada, operam com maior produtividade e contribuem com excelência em suas atividades. Consequentemente, o investimento na satisfação da equipe impacta na redução de custos e, dessa forma, traz muitos benefícios para a companhia. 

Diminuir a rotatividade, garantir profissionais engajados e viabilizar um ambiente onde todos podem se desenvolver, crescendo junto com a própria empresa é o cenário ideal de gestão de pessoas.

O que é ter satisfação profissional?

Ter uma equipe satisfeita não é uma fórmula mágica. Cada empresa deve analisar o perfil comportamental de seus colaboradores, com o intuito de perceber o que irá atender a demanda da equipe.

Escolha um trabalho que você ame e você não terá que trabalhar um dia sequer na sua vida.” – Steve Jobs, cofundador da Apple.

Todavia, existem dicas práticas que podem auxiliar, confira quais são:

1.     Defina expectativas claras

Uma pesquisa revelou que apenas 26% dos funcionários sentem que poderiam manter um equilíbrio saudável entre vida profissional e pessoal. 

Ou seja, certifique-se de que seus funcionários não estejam sobrecarregados ou estressados, pois isso é importante em todos os negócios. Esteja atento às tarefas que você atribui, mesmo que lidere uma equipe ambiciosa.

Quando há a realização regular de pesquisas de engajamento dos funcionários, é possível ter dados para analisar a situação e tomar decisões mais estratégicas a partir dos dados levantados.

Várias organizações permitem que equipes de RH configurem pesquisas para o ciclo de vida do funcionário, incluindo integração, bem-estar, aprendizado e saída do colaborador.

Com o intuito de que os dados contribuam para decisões que sejam mais assertivas, visando prolongar o ciclo de vida do colaborador na organização.

2. Reconheça o bom trabalho

Os gerentes devem dedicar tempo para que os colaboradores da equipe se sintam vistos e apreciados. Lembre-se de celebrar pequenas vitórias e grandes realizações e oferecer feedback positivo.

De nada adianta se a equipe tiver sucesso nas decisões que adota, se seus chefes aparecem apenas para criticar, quando algo dá errado e nunca estão ali para celebrar as conquistas.

Mesmo durante o trabalho remoto, você deve pensar em maneiras de reconhecer os pontos positivos de forma autêntica. 

A razão é que, a maioria dos funcionários, não sente que recebe elogios suficientes. E os líderes têm um enorme escopo para deixá-los orgulhosos de seu trabalho.

3.     Concentre-se em metas de longo prazo

Quando as equipes têm visibilidade das metas, visão e estratégia de longo prazo, os funcionários podem se conectar com elas. Além disso, entendem como podem contribuir para alcançar o ponto máximo, levando satisfação e sentido a tudo aquilo.

Por isso, é importante fazer com que se sintam que fazem parte de um cenário maior. Sempre mostre a eles que valoriza suas contribuições e os convide para fazer comentários. 

4.     Tenha um canal de comunicação aberto

A comunicação constante é fundamental para a construção de relacionamentos, seja no trabalho ou no dia a dia. Uma vez que, a comunicação eficaz garante que informações importantes não sejam perdidas. Lidere pelo exemplo, ao criar uma cultura de comunicação aberta e honesta.

Faça reuniões com sua equipe para ter conexão com todos os passos e etapas que estão sendo desenvolvidos em cada projeto.

Uma vez que, a comunicação sem ruídos proporciona um clima organizacional muito melhor, em que todos podem confiar uns nos outros e sabem que estão dando o melhor para que possam ter bons resultados como equipe.

A comunicação eficiente é a melhor forma de evitar que a empresa tenha problemas com fofocas, por exemplo.

5.     Preocupe-se com o bem-estar do seu funcionário

Como gestor, aumente a motivação de sua equipe mostrando que você realmente se preocupa com o bem-estar de cada um deles.

Isso inclui oferecer algum bônus quando atingir suas metas e até mesmo outros tipos de benefícios que houver possibilidade para tal na empresa. Seja happy hour com todos os membros ou cupom para compra de livros e cursos.

Oferecer benefícios que podem melhorar o acesso ao autocuidado, cultura, benefícios que tragam bons momentos entre o colaborador e sua família, contribui para o aumento do bem-estar.

Como a satisfação profissional influencia no dia a dia da organização?

Executivo usando tablet com ícones de avaliação de satisfação, destacando a análise da experiência do colaborador em uma empresa.

A satisfação profissional não é apenas um desejo individual, mas sim um pilar fundamental para o sucesso de empresas e colaboradores. Diversas pesquisas comprovam o impacto positivo da felicidade no trabalho na produtividade, engajamento, retenção de talentos e bem-estar dos indivíduos.

A promoção da satisfação profissional traz inúmeros benefícios para a empresa:

  • Redução do turnover: trabalhadores satisfeitos não sentem a necessidade de mudar de ambiente de trabalho.
  • Aumento da produtividade: quem trabalha com satisfação produz mais, independentemente da carga horária.
  • Mais lucro: maior produtividade no trabalho resulta em melhores resultados. Consequentemente, os funcionários ficam mais satisfeitos, criando um ciclo positivo de satisfação.
  • Promoção da empresa: colaboradores satisfeitos promovem a empresa tanto internamente quanto externamente. Eles atraem novos funcionários e clientes.
  • Melhoria da saúde: doenças psicológicas causam muitos afastamentos. Funcionários satisfeitos convivem em um ambiente que promove a saúde mental.

Leia também:

Como medir a satisfação profissional?

As pesquisas conduzidas em sua empresa são a melhor ferramenta de medição da satisfação profissional da equipe.

O colaborador feliz tende a ser muito mais eficaz, por estar satisfeito com o cotidiano de trabalho que está vivenciando.

Portanto, parte da estratégia de gestão de pessoas deve perpassar justamente a estratégia de manter a equipe satisfeita. O ideal é que as pesquisas sejam anônimas, para que os profissionais se sintam seguros de expressar suas opiniões.

De modo que, os responsáveis possam ter um diagnóstico e a partir de então, possam conduzir as melhorias necessárias para que se tenha resultados positivos a partir da pesquisa de satisfação profissional.

Aproveite as dicas para melhorar significativamente a satisfação profissional de sua equipe e turbinar os resultados a partir da gestão estratégica.

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Gerente de RH da Sólides Tecnologia, com mais de 15 anos de experiência em segmentos de varejo e tecnologia. Atuação em diversas áreas da gestão de pessoas, como Treinamento, Desenvolvimento, Recrutamento, Seleção, Departamento Pessoal, Remuneração e Performance. MBA em Gestão Estratégica de Negócios Especialista em Psicologia Organizacional Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching Psicóloga
Assine a nossa Newsletter