logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Saúde e Segurança > Como reduzir custos e qual a frequência ideal para que os colaboradores mantenham saúde preventiva?

Sumário

Como reduzir custos e qual a frequência ideal para que os colaboradores mantenham saúde preventiva?

saúde preventiva

Os problemas de saúde estão entre os principais motivos de afastamento do trabalho. Mas você sabia que existe uma forma simples para reduzir custos com afastamentos e garantir mais qualidade de vida aos colaboradores? Estamos falando da saúde preventiva, uma abordagem que busca incentivar uma vida equilibrada e evitar o surgimento de doenças. 

Neste post, explicaremos o que é o conceito, como ele pode ser aplicado dentro das organizações e quais os principais benefícios de investir na saúde preventiva. Tem interesse no assunto? Então, leia até o final. 

O que é saúde preventiva?

Trata-se de uma prática que visa cultivar cuidados antecipados para prevenir o surgimento de doenças. Nesse sentido, o foco é monitorar a saúde dos indivíduos, garantindo mais qualidade de vida e bem-estar. 

Ainda, enquanto a medicina tradicional foca em tratar sintomas e minimizar o desconforto de doenças, a medicina preventiva age na raiz do problema, buscando entender suas origens e propondo mudanças de hábitos que possam prevenir o surgimento de enfermidades.

Portanto, o conceito é promover mais saúde física e mental, e não necessariamente curar doenças específicas. Alguns exemplos de medicina preventiva são campanhas de vacinação e de estímulo à prática de atividades físicas.  

Qual é a sua importância para os colaboradores?

A medicina preventiva pode gerar diversos benefícios para a saúde dos profissionais. Confira os principais a seguir.

Previne doenças

Muitos problemas de saúde podem ser facilmente evitados com ações simples, como uma dieta equilibrada, prática de exercícios físicos, acompanhamento de histórico de saúde e monitoramento contínuo. Por isso, esse tipo de abordagem pode ajudar colaboradores a ter uma vida mais saudável, prevenindo o aparecimento de doenças. 

Possibilita diagnósticos precoces

Mesmo com bons hábitos, os problemas de saúde podem ser inevitáveis, como nos casos de doenças genéticas. No entanto, muitas vezes, o que faz total diferença no tratamento é o momento em que o diagnóstico acontece

Com um foco na saúde preventiva, os colaboradores estarão sempre cuidando da saúde, assim, será mais fácil identificar distúrbios logo que eles se manifestam, garantindo mais chances de sucesso nos tratamentos.

Garante mais qualidade de vida

O grande benefício da saúde preventiva para os colaboradores é que eles terão mais qualidade de vida e bem-estar. As práticas voltadas para prevenção estimulam uma vida mais saudável, o que reduz estresse, ansiedade e outros fatores que poderiam gerar problemas no futuro. 

Como a saúde preventiva se encaixa no dia a dia das empresas?

Colaboradores doentes ou com problemas de saúde afetam diretamente a empresa e a performance dos times. Isso porque, eles tendem a faltar mais, produzir menos, ter menos disposição e apresentar alterações de humor. Tudo isso é justificável, já que estamos falando sobre doenças, no entanto, é inegável que a empresa perde eficiência sempre que seus colaboradores não estão bem. 

Logo, investir em saúde preventiva é uma forma de preservar a saúde do time e garantir que os resultados do negócio não sejam impactados negativamente. Mas como isso pode ser feito no dia a dia da empresa? A seguir, listamos algumas boas práticas que podem contribuir para a saúde preventiva da equipe. 

Campanhas de incentivo

As campanhas de incentivo podem ser feitas ao longo do ano, focando em diversos pontos, como:

  • Alimentação saudável;
  • Atividade física;
  • Vacinação;
  • Realização de check-ups;
  • Saúde mental;
  • Combate ao tabagismo. 

A dica é realizar pesquisas sobre hábitos e estilos de vida dos colaboradores para entender as diferentes realidades e pensar em campanhas eficientes. Atividades como palestras, mutirões de exames e vacinação, ginástica laboral e prática de relaxamento podem ser incorporadas no dia a dia da empresa para garantir uma maior adesão.

Infraestrutura adequada

É importante lembrar que um ambiente de trabalho inadequado também pode trazer problemas de saúde, como lesões por esforço repetitivo, dores de cabeça, problemas de visão e doenças psicológicas. Por isso, cabe à organização refletir sobre como ela pode contribuir para prevenir essas patologias. 

Para entender a gravidade do problema, de acordo com dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em 2020, 459,5 mil beneficiários foram afastados do trabalho por problemas de saúde. 72% desses profissionais tiveram suas atividades interrompidas por distúrbios osteomusculares, como dores nas costas, articulações, tendões e músculos.

Para prevenir esse tipo de situação, a empresa deve respeitar as normas de ergonomia, incentivar o uso correto de EPIs e realizar treinamentos focados em saúde laboral regularmente. 

Benefícios voltados para a saúde

Por fim, a última dica é investir em benefícios corporativos que estimulem uma vida mais saudável, como parcerias com academias, aulas de dança, entre outros. 

O plano de saúde também é um benefício importante para que os profissionais possam realizar consultas de rotina e check-ups regularmente, garantindo um monitoramento da saúde e um diagnóstico precoce de enfermidades. 

Vale lembrar que a saúde mental também precisa de atenção, afinal, doenças como depressão e ansiedade impactam diretamente na qualidade de vida dos colaboradores e em seu desempenho profissional. Assim, além do plano de saúde, outro benefício interessante são as plataformas de auxílio psicológico. 

bem-estar

Quais as vantagens de investir em cuidados de saúde na sua empresa?

Investir na prevenção de doenças é uma estratégia importante para as organizações. Isso porque, uma empresa é feita de pessoas e é fundamental que elas estejam saudáveis e felizes para que os resultados apareçam. 

Assim, com um bom trabalho de saúde preventiva, é possível obter benefícios como:

  • Times mais enérgicos e engajados;
  • Redução do absenteísmo e presenteísmo;
  • Diminuição de acidentes de trabalho e processos trabalhistas;
  • Retenção de talentos;
  • Aumento de produtividade;
  • Redução de custos com plano de saúde;
  • Maior previsibilidade de custos nos reajustes do plano. 

Concluindo, investir em saúde preventiva é uma forma de reduzir custos com produtividade, absenteísmo, podendo chegar até no valor dos planos de saúde. Com estratégias bem direcionadas, é possível garantir mais qualidade de vida aos colaboradores e evitar o surgimento de doenças e problemas de saúde. 

Agora que você já sabe o que é a saúde preventiva e como estimulá-la, confira também 5 modelos de carta de demissão para baixar e usar em diversas situações.

banner modelos de carta de demissão

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Camila Rocha, é uma profissional experiente em publicidade. Com formação pela Fumec, ela coordena atualmente a BU de Educação na Sólides Tecnologia, onde trabalha há 6 anos. Sua expertise em liderança e estratégias de educação corporativa tem sido fundamental para impulsionar o crescimento e o desenvolvimento dos colaboradores.
Assine a nossa Newsletter