Artigos

Como usar scorecard para recrutar desenvolvedores com mais eficiência

scorecard

Como tech recruiter, certamente você tem suas ferramentas preferidas na hora de recrutar desenvolvedores. Mas uma das soluções que apresentam alto grau de eficiência é o scorecard. Por isso, vamos falar sobre ele neste artigo. 

O recrutamento e contratação de programadores, desenvolvedores e outros profissionais de tecnologia tem se tornado um desafio nos RHs. Por conta da crescente demanda, a formação de profissionais não vem seguindo o mesmo ritmo. 

Nova call to action

Apesar do volumoso interesse por pessoas de outras áreas que estão migrando para a tecnologia, o cenário ainda é preocupante. 

Para se ter uma ideia, o estudo “Demanda de Talentos em TIC e Estratégias ΣTCEM”, divulgado em 1.º de dezembro, apontou que o desafio é equilibrar a demanda anual de 159 mil profissionais de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) e apenas 53 mil novas pessoas formadas no mesmo período. 

Entre 2021 e 2025, o setor projeta a necessidade de 797 mil talentos tech, refletindo o crescimento acelerado de empresas e startups ligadas ao desenvolvimento de websites, aplicativos e softwares. 

E como os tech recruiters ficam nesse cenário? É preciso contar com as ferramentas certas para atrair e selecionar as pessoas desenvolvedoras ideais para a vaga em aberto. E uma delas é o scorecard. 

Ferramenta é mais conhecida na administração 

O termo Balanced Scorecard surgiu na área da administração. O conceito foi desenvolvido na década de 90 pelos professores Robert Kaplan e David Norton quando eles lecionaram em Harvard. 

Basicamente, o Balanced Scorecard era um modelo de gestão estratégica que avaliava não apenas a parte financeira e contábil de um negócio, mas um conjunto mais amplo de elementos. 

Assim, para ter sucesso, uma empresa deveria saber dosar quatro componentes: perspectiva financeira; perspectiva dos clientes; perspectiva dos processos internos e, por último, perspectiva do aprendizado e crescimento

Na área administrativa, o BSC serve para definir estratégias e construir planejamentos de maneira abrangente. Nesse ponto, o scorecard usado no recrutamento e seleção também apresenta uma função estratégica.

O que é scorecard no recrutamento de desenvolvedores 

O scorecard é uma autoavaliação realizada pelo candidato ao emprego. A pontuação ajuda o tech recruiter a identificar as pessoas que estão mais alinhadas às expectativas da vaga. 

Só para lembrar, score é pontuação, em inglês, e card é cartão. Em síntese, scorecard é um cartão de pontuação do candidato em relação às habilidades técnicas exigidas na vaga

Supondo que você deve fazer a triagem de candidatos para preencher uma vaga de desenvolvedor Front-end para a sua equipe de TIC, você selecionará uma série de tecnologias e metodologias exigidas pelo gestor de desenvolvimento, como: 

  • JavaScript;
  • HTML 5;
  • CSS3;
  • SSR: 
  • Git;
  • Less;
  • Sass. 

Com o Scorecard, o candidato poderá preencher um formulário de autoavaliação, informando o nível de conhecimento em cada uma das stacks acima, como: 

  • Básico (quando se considera um iniciante ou entusiasta);
  • Praticante (se considera com contato e experiência);
  • Avançado (está disposto a aceitar desafios complexos sobre a área). 

Agora, se o candidato não tiver nenhum conhecimento sobre a tecnologia, pode deixar a resposta em branco, considerando-se uma pontuação “nula”. 

Portanto, do lado do candidato, ele deve ser orientado a preencher o scorecard com sinceridade, afinal, a etapa é importante para a seleção das pessoas interessadas.  

Pontuação pode guiar a entrevista técnica com o developer 

Se a sua empresa realiza uma entrevista técnica com os desenvolvedores que passaram pela triagem inicial, o scorecard vai contribuir, e muito, com o desenrolar da entrevista técnica. 

Isso porque se o candidato informou que tem conhecimento avançado em JavaScript, por exemplo, o teste pode ser mais complexo, semelhante a desafios reais que ele irá enfrentar no dia a dia da sua empresa. 

É justamente por isso que é importante a franqueza do candidato, já que uma mentirinha no scorecard pode cair muito mal na entrevista técnica ou no challenge. 

Mas o scorecard também é eficiente para recrutar desenvolvedores quando a pessoa candidata informa que tem conhecimento básico em determinada tecnologia. No momento de ser avaliada no desafio tech, ela pode apresentar um desempenho superior ao informado e, assim, surpreender positivamente o tech recruiter. 

De todo modo, o scorecard é uma ferramenta eficaz para conduzir o recrutamento tech, ajudar você a encontrar os profissionais ideais para a vaga e, enfim, concluir a seleção de modo assertivo. 

Scorecard ajuda a direcionar o processo de recrutamento 

Segundo a Head de Recrutamento da Coodesh, Franciele Ghizzoni, “a autoavaliação das competências técnicas do candidato auxilia o tech recruiter a ter maior agilidade na hora de realizar a triagem dos candidatos que atendem à stack da vaga, além de ajudar na validação das competências elencadas no currículo do mesmo”. 

Quando a pessoa desenvolvedora candidata-se à vaga anunciada na plataforma Coodesh ou ainda quando se cadastra para a validação gratuita da plataforma, ela responde ao scorecard. As informações ficam disponíveis na plataforma e podem ser consultadas pelo tech recruiter em qualquer etapa do processo de recrutamento. 

Conclusão 

Recrutar desenvolvedores para as empresas e startups em expansão é um desafio que pode ser vencido com as ferramentas e plataformas certas para lhe ajudar. 

Apesar da pressão pelo preenchimento de vagas, muitas vezes em curto intervalo de tempo, é possível finalizar o processo e entregar bons candidatos com todos os detalhes observados durante o recrutamento. 

Assim, na outra ponta, os indicadores do RH terão mais sucesso e o trabalho irá fluir da melhor forma possível. 

Para saber mais sobre o scorecard, cadastre-se como recrutador na plataforma da Coodesh.

modelos de gestão

 

5 1 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments