Artigos

Seis dicas para criar uma política de Recursos Humanos

Uma das providências que micro e pequenos empreendedores têm que tomar quando sua empresa começa a crescer é ampliar o número de funcionários. Isso exige, porém, estruturação de uma política de recursos humanos, ou seja, a criação de um departamento de RH. Por causa da comum falta de experiência de micro e pequenas empresas na administração de pessoal, a pesquisadora Fabiani Seibel Stock, selecionou algumas dicas para os empreendedores que precisam começar a lidar com a gestão de pessoas de uma maneira mais formal. O artigo Implantando o RH em Pequenas Empresas está disponível no portal Artigonal, um arquivo eletrônico de artigos gratuitos.

A gestão de pessoas em uma micro ou pequenas empresas também é de extrema importância. Afinal, são as pessoas que nela atuam que também fazem o sucesso ou fracasso do negócio. Suas necessidades e seu desenvolvimento devem ser uma preocupação constante para qualquer empresário, por isso é importante desenvolver o que Fabiani chama de subsistemas de RH, ou seja, é preciso ir além do processo contratação – admissão/demissão –, controle de benefícios e folha de pagamento. Para isso, a pesquisadora preparou um roteiro básico de ações para estruturar um departamento de recursos humanos.

Roteiro básico para gestão de RH
Essas ações, que devem ser planejadas e estruturadas aos poucos, e estão divididas em 6 processos distintos:

Nova call to action

1- Elaborar um plano estratégico de RH (analisando a situação atual do ambiente de trabalho, pontos que podem ser melhorados, estabelecer políticas e condutas, traçar objetivos, metas e estratégias para o departamento).

2- Estruturar e criar padrões para os processos e rotinas (organizar os processos, criar formulários, check lists, padrões para recrutamento e seleção, controle de benefícios, etc).

3– Clima Organizacional (a partir de 10 funcionários, é possível aplicar um questionário e fazer um pequeno levantamento entre os colaboradores para identificar como está a motivação, relacionamento, perspectivas, etc. Através dos resultados, é possível obter ideias sobre quais projetos podem ser desenvolvidos futuramente na organização).

4- Comunicação Interna (pequenas ações, como um mural, e-mails ou jornais informativos podem melhorar bastante a troca de informações entre as pessoas. Encontros para comemorar aniversários também são um ótimo momento para desenvolver boas relações).

5- Treinamento e Desenvolvimento (cursos e treinamentos podem e devem ser oferecidos aos colaboradores: sejam de informática, idiomas, atendimento ao cliente ou comportamentais).

6- Avaliação de Desempenho (As pessoas sentem necessidades de serem avaliadas, de receber feedback e de saber em que podem melhorar. Essa ferramenta é útil para estimular a reflexão do colaborador sobre o seu desempenho, criando uma visão de futuro dentro da empresa e motivá-lo a planejar a sua carreira).

Fonte: http://blogdosempreendedores.com.br/

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments