logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Carreira e Negócios > 5 dicas para combater a solidão no ambiente corporativo

Sumário

5 dicas para combater a solidão no ambiente corporativo

solidão

*Mara Leme Martins

A sensação de solidão no trabalho é mais comum do que se imagina. Para se ter uma ideia, durante a pandemia metade dos brasileiros entrevistados declararam ser frequentemente acometidos por esse sentimento — seguido de Turquia (46%) e Índia (43%), segundo uma pesquisa internacional do Instituto Ipsos.

De acordo com pesquisas, o sentimento de solidão pode levar a desenvolver transtornos como tristeza profunda, ansiedade, depressão, distúrbios do sono e dor crônica. Os riscos também podem se tornar físicos.

Um estudo da Universidade de Newcastle, no Reino Unido, relacionou a solidão a um aumento de 30% no risco de ter doenças do coração ou um acidente vascular cerebral.

No ambiente corporativo isso não é diferente. Esse sentimento pode aparecer por diversos motivos, entre eles falta de autoconhecimento, não se identificar com o escritório ou com os colegas, complexo de inferioridade, sentimento de exclusão, julgamento, receio de mostrar ajuda ou se sentir inferior, entre outros pontos individuais. Essa é uma sensação subjetiva, mas que pode ser contornada.

Abaixo, listo 5 dicas para combater a solidão no ambiente corporativo. Confira!

1. Busque autoconhecimento

Quando se adquire autoconsciência e o desenvolvimento da autoimagem é possível identificar padrões de pensamento e de comportamento que envolvem a capacidade de se posicionar diante de questões do dia a dia e também que reduzem a sensação de isolamento, combatendo a solidão tanto no ambiente corporativo como em outras situação.

curso de plano de carreira na Escola de Pessoas

É importante saber que a vida pessoal e profissional estão cada vez mais integradas, por isso é preciso fazer uma análise de todos os âmbitos da vida.

Estima-se que temos de 50.000 a 70.000 pensamentos por dia. É preciso ter autoconhecimento para saber como lidar com a negatividade que pode estar presente neles. É preciso ter consciência dos seus objetivos e da realidade. Também é fundamental procurar ajuda para falar sobre esses sentimentos, tanto com os gestores como profissionais da área de saúde.

2. Invista no Networking

Para quem deseja conhecer novas pessoas, inspirações ou até ver a possibilidade de outras áreas ou tem o sonho de empreender, uma boa solução é buscar eventos e aceitar convites para reuniões de empresários e palestras. É possível fazer parte de grupos online ou presenciais em uma região.

Além de possibilitar conhecer novas pessoas, todos estão abertos para conversar e melhorar suas habilidades. Nessas reuniões, também é possível treinar a desenvoltura, comportamento e abordagens.

Também procure conversar com algum colega da sua área ou mesmo do próprio ambiente de trabalho. Segundo uma pesquisa do Instituto Gallup, ter uma amizade no trabalho torna os colaboradores mais felizes e engajados. Além disso, deixa o ambiente mais leve e tranquilo para o dia de ofício.

Tudo isso melhora o rendimento e também torna a rotina menos cansativa para os colaboradores que demonstram ter preferência por escritórios onde se sentem seguros e entre amigos. Quando se está convivendo em um ambiente com amigos, os negócios fluem com muita mais facilidade, seja essa amizade seu sócio, chefe, funcionário, ou companheiro, tudo ocorre com mais leveza.

3. Conheça outros tipos de negócios

Muitas vezes o sentimento de solidão pode vir por não se identificar com área que está trabalhando ou mesmo quando empreendemos, em que muitas vezes ficamos tão imersos em nosso próprio negócio que esquecemos de verificar inovações no mercado, outros nichos de cliente, tendências mundiais e novas oportunidades.

Por isso, ver gente pode ser inspirador. Visitar coworkings, ir para espaços abertos ou até mesmo trabalhar do escritório de um amigo ou cliente pode te tirar da rotina e ajudar na produtividade e diminuir o sentimento de solidão.

4. Saiba que não está sozinho

Por mais que o sentimento de solidão tome conta das relações tanto pessoais como profissionais é necessário saber que pode pedir ajuda. Converse sobre o tema com alguma pessoa da sua confiança, pode ser alguém da família ou do trabalho.

Também é interessante contar com a ajuda de um psicólogo que vai ajudar a ver onde está enraizado esse sentimento e juntos descobrir a melhor forma de combater a solidão.

5. Reconheça suas habilidades e assuma que está sentindo solidão

Saber seus pontos positivos pode ajudar a criar conexões mais profundas. Dessa forma também é possível falar das suas angústias e buscar meios saudáveis de combatê-las.

Segundo a pesquisa Projeto Solidão, feita pelo consultor e escritor Celso Grecco com 2.010 pessoas no Brasil, é possível mapear 7 aspectos da solidão, entre eles: inadequação, sensação de abandono, os sentimentos de inferioridade e inadequação que as redes sociais podem gerar, sensação de nunca dar conta, insegurança e relacionamentos superficiais e utilitários.

O primeiro passo é olhar para esse sentimento e depois buscar ajuda. Sentimentos de solidão, estresse, depressão, ansiedade, burnout, são cada vez mais frequentes no ambiente corporativo, mas com ajuda profissional e de gestores podem ser contornados.

Gostou do conteúdo? Conhece alguém de RH que precisa trabalhar e está em busca de recolocação?

Com o Indica RH, programa do RH Portal em parceria com a Sólides, você amplia o alcance do currículo do seu amigo RH, promove a qualificação dele – gratuitamente – e ainda o conecta com as melhores empresas do mercado.  Acesse o programa e confira!

indica rh

 

*Mara Leme Martins, PhD. Psicóloga e VP BNI Brasil – Business Network International, a maior e mais bem-sucedida organização de networking de negócios do mundo

 

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Camila Rocha, é uma profissional experiente em publicidade. Com formação pela Fumec, ela coordena atualmente a BU de Educação na Sólides Tecnologia, onde trabalha há 6 anos. Sua expertise em liderança e estratégias de educação corporativa tem sido fundamental para impulsionar o crescimento e o desenvolvimento dos colaboradores.
Assine a nossa Newsletter