Artigos

Stress Ou Estresse

Segundo William James “A maior arma contra o estresse é nossa habilidade de escolher um pensamento ao invés de outro”

O stress ao contrário do que se pensa, não é sempre negativo, existe o stress positivo aquele que te impulsiona para a realização de algo e o que já conhecemos que chamamos de negativo.

Para a Psicologa Sandra Rosenfeld, o stress deve ser dividido em duas partes ou tipos, são eles:
eustress : o positivo, é aquele que nos impulsiona, nos dá ânimo e pique. É desencadeado por situações e desafios que podem nos trazer benefícios, como a apresentação de um projeto que pode resultar numa promoção.

distress : o estresse negativo, é aquele que mina nossas energias. Este estresse é desencadeado quando fatores externos se tornam pesados demais, quando não conseguimos nos adaptar a novas situações e também a demandas excessivas, prazos curtos para entrega de trabalhos, ambiente competitivo, entre outras situações.

Precisamos criar boas práticas para controlar ou aprender a viver com o stress.
Mude o foco do stress
Existem situações que trazem um nível de estresse tão grande que muitas vezes não há como amortizar o impacto, mas sempre haverá como mudar o foco, a visão e a forma.
O estresse pode ser causado por motivos pessoais, profissionais, financeiros, familiares e sociais, está diretamente associado à forma da pessoa conseguir lidar com as situações. Os motivos de estresse para uns, podem não causar nenhum impacto negativo em outros.
O que acontece é que nem todos conseguem fazer boas escolhas.
Mudar o foco, respirar, administrar o que se sente e reverter a situação.
“nós não podemos controlar eventos externos que independem de nossa vontade, mas podemos escolher como lidar com eles”,
Elimine os fatores stressantes
É impossível se livrar de todos os fatores estressantes na sua vida, mas uma boa parte deles pode ser eliminada após uma análise realista. Identifique pessoas, situações e objetos que causam estresse em sua vida. Verifique o que pode ser eliminado completamente, o que é possível minimizar e o que você pode evitar. Na medida do possível, afaste-se de tudo que causa estresse.

Mude a perspectiva dos problemas
Se existe algum fator estressante que não possa ser eliminado, mude a maneira como você olha pra ele. Procure mudar a perspectiva do problema, assuma o controle da situação. O que realmente causa o estresse é ser controlado por uma situação negativa. Se você olha para ela como uma oportunidade de aprender e reage de maneira positiva, as situações se tornam menos apavorantes.
Tome uma atitude
Ficar parado olhando um problema crescer cada vez mais não vai diminuir o seu estresse. Portanto, se você não quer ser afetado, comece a fazer algo. Não importa se a sua atitude poderá ou não eliminar aquele problema. O fato de estar decidido, por si só, já ajuda a acabar com o estresse. Não espere que o problema se resolva sozinho, busque soluções.
Mantenha-se saudável
Ter uma boa condição de saúde é fundamental se você quer manter os níveis de estresse controlados. Além disso, esse é o aspecto mais fácil de ser controlado por você. Uma boa forma física aumenta sua energia e permite que você lide com o estresse de maneira efetiva. Uma boa saúde mental impede que o estresse afete os seus comportamentos.
Recarregue as energias
Tire um tempo para si mesmo. Não tenha medo de parecer egoísta, em certas ocasiões você deve colocar seus interesses em primeiro lugar. Cuidar de si mesmo aumenta a energia e faz com que você se conheça melhor.

Pratique..
Abraços,
Sandra Milate
Revisão de texto: Volframio Almeida

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of