Artigos

Sucesso? Avalie O Que Te Motiva

Geralmente, tenho passado algumas dicas de como atender melhor ao cliente, como se relacionar melhor com a equipe de atendimento, porem, também tenho pensado e muito em como obter sucesso com o cliente e nas coisas que faço e acho que é uma boa hora para compartilhar com vocês, algumas impressões pessoais sobre este tema – que é de bem querer de todo mundo.

Olha, quem pensou em varinha mágica, algum tipo de gênio da lâmpada de Aladim, ou mesmo alguma solução mirabolante, já vou logo avisando que não é bem assim. Pelo contrário, da ultima vez que conversei com amigos, consultei livros e abri uma pesquisa no Google, com palavras chaves – atendimento, cliente, profissional e sucesso – encontrei inúmeras ideias, receitas, caminhos das pedras e estratégias infalíveis, mas nenhuma delas ensinava como ter sucesso de modo – instantâneo.

Ouvi conceitos seriíssimos, bem elaborados, li publicações fantásticas de inúmeros pensadores e fiz algumas relações com segmentos diferentes. Um deles, por exemplo, o guru de marketing Kotler (2006), garante que a chave do sucesso para quem trabalha com o SAC – Serviço de Atendimento ao Cliente de uma empresa – está na qualidade do relacionamento. Afirma: “Maximizar o valor do cliente, significa cultivar um relacionamento de longo prazo com ele.” Essa é uma fórmula para ter sucesso com os clientes.

Pela mesma razão, o pensador Robert Wong, considerado um dos maiores e melhores palestrantes do Brasil e autor do livro “O Sucesso está no equilíbrio”, que já está em sua 16ª Edição acredita que o sucesso de uma empresa está nas pessoas e afirma que é preciso investir nos colaboradores. Essa é uma fórmula de sucesso organizacional centrada na valorização das pessoas.

Já para Chris Wolstenholme, baixista da banda britânica “Muse” – que não fala propriamente de uma receita de sucesso – porem, o grupo teve uma ascensão estrondosa pela participação na trilha sonora do filme “Crepúsculo” com a música do álbum Black Holes & Revelations. O filme de romance sobre vampiros modernos da autora Stephenie Meyer se tornou um fenômeno de bilheteria nos cinemas e muitas vendagens de livros. Para o grupo, foi uma grande oportunidade. Diria que esta fórmula se chama “Quando as oportunidades estão abertas, abrace-as”.

O que isso pode nos dizer? Pode nos dizer que o “Sucesso” também acontece quando nos oportunizamos a conhecer as pessoas certas e nos relacionamos verdadeiramente com elas e claro – quando agarramos as oportunidades, quando elas aparecem!

Outros pesquisadores acreditam e atestam que para ter sucesso é preciso começar simplesmente querendo ter sucesso! Como é o caso do Dr. Lair Ribeiro, renomado conferencista e escritor que já publicou inúmeros artigos científicos e vários livros best-sellers de autoajuda. O Dr. Lair Ribeiro ensina vários métodos em suas palestras e desenvolvimento pessoal e profissional balizados na neurociência, contribuindo para se alcançar o tão sonhado sucesso. Em um deles afirma: “O sucesso não ocorre por acaso”.

Como já deu para perceber, poderíamos escrever inúmeros post trazendo ideias para uma receita de sucesso, seja na vida pessoal ou para o campo profissional e não chegaríamos a uma conclusão exata, até porque não é este o nosso objetivo.

No meu ponto de vista, o mais interessante quando analiso estas e outras ideias a respeito do sucesso, é a de que elas me afirmam de que não existe a mágica do pirlim. pim.. pim… Muito pelo contrário! Esses grandes autores e cases nos mostram que existem algumas premissas antes de alcançar o sucesso. Isso serve para qualquer área. É preciso colocar o talento a prova, cultivar bons contatos, acreditar em si mesmo, ter força de vontade e empreender o conhecimento e ter muita… Muita determinação para se alcançar o sucesso.

Bom, também penso que ter sucesso acaba sendo relativo – Albert Einstein já explicou isso na “Teoria da Relatividade” em que nada é absoluto. Vamos ilustrar essa ideia no nosso contexto: Se colocarmos 500 pessoas numa sala e perguntarmos para cada uma “O que é o sucesso?”, vamos receber 500 repostas diferentes, com grande probabilidade de uma ou outra darem respostas parecidas. Tipo: comprar uma casa, ou comprar um apartamento, ou mesmo comprar o carro do ano, só para citar alguns exemplos. Ainda assim, receberemos respostas diferentes, porque os motivos são diferentes! Alguns querem comprar uma casa para sair da casa da sogra. Simples assim.

Acredito também que, se buscarmos lá atrás nossos motivos, quando começamos um novo negócio, ou optamos em fazer um curso ou abraçar um novo projeto, pode ser que nem sempre pensamos exatamente no sucesso. Talvez tenhamos colocado antes de tudo a necessidade de fazer.

Porem, quando o sucesso bate à nossa, pode ter certeza, fizemos algo de modo diferente! E muito possivelmente, se vasculharmos àquela gavetinha cheia de papel – toda casa tem uma – (lá em casa chamamos de “gaveta-treco”), vamos encontrar uma velha receita amassada (quem quiser dar um título, pode chamar de “metas e objetivos”). Quando começamos a ler, acabamos descobrindo as causas que nos levaram a ter sucesso! Descobrimos que colocamos uma pitada de alegria, uma xícara de “aprender a servir”, uma colherada de expectativa e, melhor de tudo, baseamos nossas ações numa receita maior – Nosso sonho.

O que na verdade te motiva? Para alguns, a paixão em fazer algo que traga satisfação é o que movimenta e te coloca para agir. Para outros, a família vem em primeiro lugar e é por causa da esposa e dos filhos que te leva a buscar o sucesso.

Concluo desta reflexão, que independente qual seja a ambição de sucesso cada um – pessoal ou profissional ou para quem quer ter sucesso com o cliente – o melhor a fazer, não querendo ser redundante e já sendo, é fazermos sempre tudo de modo correto e tudo que precisa ser feito, só que, atentos aos próprios motivos. Descubra qual o seu e aja.
Um forte abraço.

Bibliografias relacionadas:
KOTLER, P. Administração de marketing. 12. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.
Livro: O sucesso está no equilíbrio. Robert Wong. 16 ed. Pela editora Campus, 2006.
Livro: O sucesso não ocorre por acaso. Dr. Lair Ribeiro. Editora Leitura, 2002

Autor: Vera Lucia Silva
Formação – Comunicação Social em Publicidade e Propaganda, Practitioner em Programação Neurolinguística (PNL) e Facilitador Coach com Visão Sistêmica.

Experiência- Mentora da empresa Modusvls – Treinamento e Desenvolvimento Humano, onde atua como diretora executiva e facilitadora de treinamento comportamental. Possui experiência de mais de vinte anos compartilhados na área técnica e gestão de atendimento ao cliente. Também é pesquisadora do mercado consumidor e desenvolvedora de técnicas e novas abordagens para treinamento na área de desenvolvimento pessoal, liderança, marketing, vendas e motivação.
E-mail: contatos@modusvls.com

Por: Vera Lucia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of