Artigos

Terceira idade no mercado de trabalho: Entenda as vantagens da inclusão

terceira idade

A terceira idade representa uma parcela da população que está crescendo exponencialmente. Segundo o IBGE, a estimativa é que os idosos devem atingir 32,2% dos brasileiros em 2060, cerca de um terço dos cidadãos.

Diante desse cenário, configura-se a necessidade de atender esses indivíduos. No âmbito governamental, temos a Política Nacional do Idoso (1994) e o Estatuto do Idoso (2003). Ambos em vigor no Brasil e voltados à cidadania, integração social, defesa da dignidade e do bem-estar dessa população. 

Nova call to action

Além disso, existem diversas ações setoriais desenvolvidas por estados e municípios para garantir políticas de saúde e de assistência social. Ainda, voltadas ao trabalho, previdência e seguridade, políticas de esporte, turismo, lazer e educação para os idosos. 

Apesar de não serem totalmente eficazes na proteção dos indivíduos com mais de 60 anos, as iniciativas governamentais existem. Resta saber o que a iniciativa privada tem feito para incluir e beneficiar idosos no mercado de trabalho e quais os benefícios de contratá-los. É o que vamos ver neste artigo, acompanhe! 

Quais as vantagens de contratar profissionais na terceira idade?

Conforme a série Fatos e Números, produzida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, 14,26% dos brasileiros são homens e mulheres com mais de 60 anos

Esse percentual mostra a existência de pessoas ainda em condições de contribuir com as empresas, além de indicar a necessidade de reinserção desse público no mercado. A seguir, conheça os benefícios de contratar profissionais da terceira idade.

Soma de experiências

Muitas vezes, pessoas nessa faixa etária têm uma carreira concretizada em alguma área do conhecimento. Sendo assim, trazem consigo uma bagagem muito rica e interessante para compartilhar. 

A experiência profissional aliada à experiência de vida representa um perfil comportamental maduro e habilitado para exercer diferentes atividades.  

Compromisso e disponibilidade

Pessoas maduras, em geral, já cumpriram suas obrigações com família e filhos. Sendo assim, muitas têm disponibilidade de horário para trabalhar. Ademais, são colaboradores que não devem necessitar de licença-maternidade e licença-gala, por exemplo. 

Outros pontos positivos na contratação de idosos são a dedicação e o comprometimento. Nessa faixa etária, como pessoas da geração Baby Boomer, elas valorizam a oportunidade de contribuir, ter um emprego e uma ocupação. 

Fortalece o employer branding

A contratação de funcionários da terceira idade representa uma aposta no ambiente sadio e mais diversificado, tão necessário nas empresas. Ainda, denota compromisso da organização com a responsabilidade social de integrar pessoas mais velhas. 

Quando as organizações investem nesse público, elas despertam a simpatia da sociedade. Nesse sentido, implementar um programa de inclusão da terceira idade fortalece a marca empregadora para além do mero cumprimento de cotas. 

idosos no mercado de trabalho

Quais são os direitos dos idosos?

Apesar de nem sempre cumpridos, os direitos dos idosos estão assegurados pela legislação brasileira. O Estatuto do Idoso (Lei 10.741), sancionado em 2003, protege constitucionalmente indivíduos da terceira idade. Entre os principais direitos estão:

  • pessoas com mais de 60 anos têm direito a desempenhar atividades profissionais, desde que respeitadas as condições físicas, intelectuais e psíquicas;
  • não é permitido fixar limite de idade como requisito para contratar (com exceção de exigência do cargo);
  • idosos que sofrerem discriminação no ambiente de trabalho têm direito a mover, na Justiça, ação por danos morais;
  • segundo o estatuto, o poder público deve estimular programas de inclusão do idoso nas empresas;
  • da mesma forma, os governos devem criar ações profissionalizantes para a reinserção dos idosos.

O Estatuto do Idoso ainda prevê regras práticas para situações de trabalho na intenção de garantir direitos a uma vida digna:

  • desconto de 50% em atividades culturais, esportivas e de lazer; 
  • programas educativos sobre envelhecimento nos meios de comunicação; 
  • penalidades para quem mostrar imagens que desrespeitem as pessoas mais velhas;
  • sanções a quem abandona idosos sem assistência, entre outros. 

Já existem programas de incentivo à terceira idade no mercado de trabalho?

Segundo um estudo publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), os jovens e os idosos são os públicos mais afetados pelo desemprego. No primeiro trimestre de 2021, os níveis de desocupação atingiram 31% e 5,7%, respectivamente. 

No entanto, o cenário pode melhorar, graças à iniciativa de empresas que apostam nas gerações mais maduras. Hoje, organizações como Gol Linhas Aéreas, Unilever, Grupo Votorantim e Vivo desenvolvem programas específicos para inclusão da terceira idade. 

Essas empresas abriram suas portas para colaboradores com mais de 50 anos, permitindo que eles atuem em diversas áreas. Do atendimento a clientes até o financeiro, passando pelos setores administrativos. 

Nesse sentido, comprometida com a diversidade etária e com a inclusão geracional, a Sólides Tecnologia implementou um programa específico para a contratação de profissionais com mais de 50 anos. 

O projeto, chamado Profissionais 50+, é uma iniciativa que aposta na experiência e na qualidade laboral de pessoas dessa faixa etária. A ideia partiu de Mônica Hauck, CEO da Sólides, para agregar valor à empresa e recolocar no mercado pessoas “com muita lenha para queimar”. 

Etapas do projeto-piloto Profissionais 50+

Antes da implantação definitiva, o projeto passou por um teste para alinhar procedimentos e avaliar a viabilidade. 

O primeiro passo foi disponibilizar uma vaga no atendimento ao cliente. A Sólides divulgou a oportunidade em redes sociais, como o LinkedIn. O setor de RH não exigiu experiência e buscou perfis humanizados e acolhedores, características encontradas em pessoas maduras. 

Depois, a empresa aplicou ações de praxe: triagem de currículos, dinâmica de grupo, role play, entrevista individual e fit cultural. Então, o processo seletivo cumpriu um cronograma:

    • Primeiros 20 dias: processo de onboarding com tempo ampliado para facilitar a compreensão das atividades;
    • Primeira semana: definição de “padrinhos” na empresa para acompanhar o aprendizado diário dos candidatos;
    • Segunda semana: conversas semanais com a área de Gente e Gestão para obter apoio durante a adaptação;
    • Durante 90 dias: a área de Gente e Gestão permaneceu durante todo o período de experiência pelo Business Partner. 

Feedbacks e repercussões

Ao final, a experiência comprovou que apostar em talentos da “maior idade” é benéfico para as empresas. O ganho no clima organizacional e na troca de experiências foi percebido pelo sentimento de gratidão dos participantes. 

Muitos relataram dificuldades de aceitação enfrentadas em outros processos seletivos devido à condição de profissional sênior. E a contratação, inicialmente prevista para uma vaga, resultou na efetivação de três novos colaboradores 50+ na Sólides. 

Para a empresa, a oportunidade de reinserir pessoas da terceira idade no mercado de trabalho representa a responsabilidade social que a Sólides conserva em seu DNA. 

modelos de feedback

Mitos que ainda norteiam a contratação de pessoas na terceira idade

Apesar dos benefícios da terceira idade no trabalho, de avanços nas políticas públicas de proteção e do crescimento populacional dos idosos, ainda há preconceito na contratação dessas pessoas. 

Um exemplo de intolerância é o ageísmo. O termo, cunhado da palavra age, em inglês, representa aversão a pessoas mais velhas, especificamente em relação aos idosos. Essa visão negativa, também chamada etarismo, é muito frequente no ambiente de trabalho. 

Ainda, atinge pessoas de todas as idades, sendo que as mulheres sentem os efeitos do preconceito etário antes dos homens: a partir dos 37 anos. Enquanto homens começam a perceber a discriminação logo após os 40. O que esperar, então, para pessoas com mais de 50 anos? A situação é ainda mais complexa. 

O etarismo, portanto, é resultado da desinformação e do desconhecimento que permeiam a relação entre gestores e idosos. Trata-se de opiniões equivocadas que dificultam a admissão e estigmatizam a figura do profissional com mais idade. A resistência das lideranças é comum devido a mitos como: 

  • idosos não são criativos;
  • idosos têm dificuldade para realizar trabalhos pesados;
  • idosos não conseguem se adaptar às novas tecnologias.

Essas generalizações não contribuem para mudar o cenário de rejeição aos indivíduos da terceira idade e afastam do mercado os perfis potencialmente ativos. Cabe ao setor de RH identificar atitudes discriminatórias e incluir políticas inclusivas na cultura organizacional. 

Como reintegrar a terceira idade no ambiente de trabalho?

Empresas que decidem reintegrar profissionais com mais de 50 anos devem começar criando um programa específico para contratação dessas pessoas. 

O projeto deve desenvolver estratégias que contemplem todas as etapas, da atração às admissões, passando por treinamento e capacitação. Confira ações que não podem faltar em um programa para inclusão da terceira idade.

Triagem

Comece pela triagem atenta e cuidadosa, selecionando currículos com perfis que tenham afinidade com a vaga. Experiência nem sempre é uma prioridade, pois os idosos conseguem aprender novas atividades e desempenhá-las com excelência. Por serem dedicadas, pessoas da geração Baby Boomer podem surpreender. 

Recepção 

Ter uma cultura organizacional inclusiva e diversa é o primeiro passo para evitar qualquer desconforto entre as equipes. 

Muitas vezes, pessoas mais jovens apresentam resistência no convívio com idosos. Por isso, a gestão de pessoas deve trabalhar a mentalidade dos colaboradores, gradualmente, para promover o bom relacionamento. 

Adaptação

Outro ponto importante é a adaptação dos profissionais seniores. Muitos estão há bastante tempo fora do mercado de trabalho. Sendo assim, eles precisam de acompanhamento constante. 

Logo, é necessário definir um processo de onboarding para os novos colaboradores, transmitindo-lhes a cultura, a rotina e as dinâmicas da empresa, proporcionando o acolhimento que eles precisam. 

Nesse quesito, designar “padrinhos” ou tutores para acompanhar o recém-contratado pode ajudar.

Treinamento

As mudanças nos processos e a presença cada vez mais forte de novas tecnologias exigem atualização dos conhecimentos. Mais ainda para quem retorna ao trabalho após um período afastado. 

Portanto, a demanda de atualização e treinamento existe e deve ser disponibilizada para toda a equipe, independente da faixa etária. 

Trabalho educativo

O preconceito e o estigma quanto à produtividade dos idosos existe e deve ser combatido nas empresas. A gestão de pessoas pode reduzir esses sentimentos com campanhas educativas sobre etarismo. 

Promover um ambiente sadio e respeitoso, onde impere a diversidade, faz bem para todos e reflete na produtividade. 

Próximo passo na integração de idosos

Após implementar ações que reintegrem a terceira idade nas atividades laborais, qual deve ser o próximo passo para alcançar os melhores resultados? Tudo começa pelo setor de Recursos Humanos e vamos explicar as razões.

O RH é protagonista nas empresas e, muitas vezes, representa o pilar que sustenta as decisões das lideranças. Isso porque, é uma área estratégica que organiza processos, administra pessoas e conduz as empresas aos resultados esperados.

A Sólides, HR Tech líder no Brasil, voltada a pequenas e médias empresas, defende o protagonismo do RH na gestão de pessoas. Para isso, a companhia oferece uma plataforma completa com soluções para todas as etapas que integram a jornada do candidato.

Utilizando inteligência de dados, People Analytics e análise de perfil comportamental, o software desenvolvido pela Sólides consegue revolucionar o recrutamento e seleção de candidatos. Além de promover o desenvolvimento das potencialidades individuais e contribuir para a retenção de talentos na empresa. 

Para traçar o perfil comportamental dos candidatos e colaboradores, a Sólides criou o Profiler. Trata-se de uma tecnologia exclusiva para mapear habilidades técnicas e comportamentais baseado em 7 metodologias, entre elas, a DISC.

O Profiler consegue fornecer mais de 50 informações relevantes sobre o profissional em apenas 5 minutos. Tudo com alto índice de precisão e método validado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Universidade de São Paulo (USP). 

solides-profiler

Vantagens de utilizar um software de RH

O Profiler Sólides é uma ferramenta que ajudará o seu RH a ter uma melhor gestão de pessoas. Além disso, ele auxiliará na construção de uma base sólida das informações mais relevantes que você precisa sobre a sua equipe.

Usar a tecnologia a seu favor é dar um passo adiante, rumo a mudanças favoráveis dentro da sua empresa. As principais vantagens de usar um software Profiler são:

  • contar com informações confiáveis gerando relatórios e apresentações com indicadores reais, diminuindo erros e retrabalhos;
  • conseguir mensurar dados, com o acompanhamento real dos processos e criando estratégias para desenvolver novos métodos;
  • ter todas as informações centralizadas em um único local, facilitando o encontro de dados, com agilidade e segurança.

Ainda, o Profiler ajuda a otimizar processos, atraindo novos talentos e mapeando o perfil comportamental para colocar o profissional certo na vaga certa. O software mostra as competências do candidato, tornando a seleção mais eficaz. 

Ademais, a tecnologia da plataforma ajuda a descobrir quais competências cada colaborador precisa aprimorar para atingir metas. Com as informações fornecidas pelo software, a gestão de pessoas auxilia na tomada de decisão até no momento de desligar um colaborador. 

Afinal, os relatórios gerados mostram quem alcançou resultados e quais não se encaixam no perfil. Assim, a demissão acontece com base em fatos concretos, fazendo o RH agir com a razão e não pela emoção.

Com a ajuda da tecnologia, recrutar, selecionar e contratar profissionais da terceira idade fica muito mais fácil. Agende uma demonstração gratuita e revolucione o seu RH com a Sólides, tudo que o RH da PME precisa em um só lugar. 

sólides

 

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

News do RH Portal

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as Novidades e Tendências do Universo do RH