Artigos

Trabalho na melhor idade: o futuro do Brasil

Trabalho na melhor idade: o futuro do Brasil

Sempre ouvimos que o Brasil é o país do futuro, e que as crianças e os jovens deveriam ser bem cuidados porque eles seriam a esperança da nação. Mas e os idosos, onde eles ficaram nessa visão de futuro? A resposta todos nós já sabemos. Infelizmente o idoso tem sido deixado de lado há muito tempo.
Muitos investimentos em educação, laser, cultura e saúde contemplaram milhares de jovem no Brasil, melhorando as condições de vida. Com isso, o acesso ao ensino superior e como conseqüência a melhores cargos no mercado de trabalho deu um salto significativo.
Estamos na era da velocidade, agilidade, modernidade, conectividade, flexibilidade e da alta produtividade. E parece que essas palavras não combinam muito com pessoas acima de 40 anos. Pelo menos é o que pensam algumas empresas que discriminam esses candidatos na hora da contratação por acharem que são inadequados. E não fica só nesse pré-conceito, vejam algumas crenças comuns sobre os idosos:

  • São lentos porque não têm a energia de um jovem;
  • São muito tradicionalistas e inflexíveis;
  • Não estão abertos a novas tecnologias;
  • Podem não aceitar ser liderados por uma pessoa mais nova;
  • A saúde pode ser frágil, por isso podem faltar muito ao trabalho.

Na verdade, essas crenças são infundadas quando constatamos que na prática a idade não define a capacidade que uma pessoa tem para desenvolver um bom trabalho. O conhecimento técnico, a experiência, e a motivação são os pilares do bom profissional. E todas as pessoas podem ter acesso a essas características, inclusive os idosos. Inclusive eles saem na frente no que diz respeito á experiência.

Nova call to action

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments