logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Treinamento e Desenvolvimento de Pessoas: como aplicar

Sumário

Home > Artigos > Treinamento e Desenvolvimento > Treinamento e desenvolvimento de pessoas – O que é, seus tipos e como aplicar

Treinamento e desenvolvimento de pessoas – O que é, seus tipos e como aplicar

Saiba o que significa treinamento e desenvolvimento de pessoas e como ele é importante para manter o seu time de colaboradores em constante evolução e buscar entender o que os mantém engajados. Boa leitura!

O treinamento e desenvolvimento de pessoas é uma estratégia que podem oferecer ao empreendedor oportunidades de sucesso no negócio. Diante das diversas mudanças que o mundo corporativo vem vivendo, traçar objetivos e estratégias que se adaptam ao novo mundo é essencial.

Porém, para aplicar o conceito é preciso, antes de mais nada, entender do que se trata, seus principais objetivos e claro, como aplicá-lo dentro da sua organização.

Portanto, leia esse conteúdo até o final para que saiba tudo o que precisa sobre o tema. Boa leitura!

Conceito de treinamento e desenvolvimento de pessoas

YouTube video

Treinamento é qualquer procedimento que vise promover e aumentar o aprendizado entre os funcionários de uma empresa, visando – particularmente – à aquisição de habilidades para um determinado cargo.

Qual a importância de desenvolver e treinar pessoas?

Os processos de treinamento e desenvolvimento de pessoas apresentam particularidades que visam auxiliar o profissional a atingir a eficiência exigida no seu trabalho (presente e futuro) mediante o desenvolvimento de hábitos apropriados de pensamentos, ações, atitudes, comportamentos, conhecimentos e técnicas.

Portanto, a importância do treinamento e desenvolvimento de pessoas vai muito além do simples ato de aprender, mas sim se desenvolver, para além das habilidades, elevando a qualidade do serviço e a minimizar erros.

Assim, o objetivo do treinamento e desenvolvimento de pessoas é:

Banner artigo_Curso-Human Skills
  • Impulsionar a eficiência;
  • Incrementar e aumentar a produtividade;
  • Elevar os níveis de qualidade;
  • Promover a segurança no trabalho;
  • Diminuir refugos e re-trabalhos.

Quais são as 4 etapas do treinamento e desenvolvimento de pessoas?

  • As 4 etapas do treinamento e desenvolvimento de pessoas são estas, nesta ordem:
  • Definição das necessidades de treinamento;
  • Projeto e planejamento de treinamento;
  • Execução do treinamento

Quais são os tipos de treinamento e desenvolvimento de pessoas?

1 – Treinamento Presencial:

Trata-se do treinamento realizado com a presença física do instrutor e do treinando, cujo objetivo é qualificar, reciclar, atualizar e/ou aperfeiçoar o desempenho dos treinandos.

Além disso, por ser presencial, esse tipo de treinamento pode ser realizado em salas de aula de centros de treinamento, escolas de formação profissional ou mesmo em locais adaptatos na própria empresa.

Assim, as vantagens do Treinamento Presencial são:

  • Proximidade do instrutor e do treinando, favorecendo troca permanente de informações e “feedback”;
  • Possibilidade de aprofundamento do assunto pela prática da discussão, “ao vivo e a cores”;
  • Maior interação, decorrente das trocas sociais entre “instrutor / treinando” e “treinando / treinando”, proporcionadas pela proximidade física;
  • Possibilidade de criação de redes de relacionamento decorrentes da interação, as quais poderão posteriormente dar sustentação ao treinamento.

2 – Treinamento à Distância:

2 - Treinamento à Distância: é um modelo de aprendizado que se caracteriza pela separação física entre o instrutor e o treinando

O treinamento à distância ou treinamento online, é um modelo de aprendizado que se caracteriza pela separação física entre o instrutor e o treinando, utilizando, assim, meios de comunicação para promover a interação entre ambos e transmitir os conteúdos educativos.

Assim, vantagens que esse tipo de treinamento pode oferecer é:

  • Democratização do ensino, por facilitar o acesso de pessoas impossibilitadas de frequentar aulas presenciais;
  • Possibilidade de que o próprio treinando controle o início, a manutenção e o ritmo da sua aprendizagem;
  • Menores custos de treinamento, nos casos em que a quantidade de treinandos for grande.

OBSERVAÇÃO: Com o desenvolvimento da Internet, as fronteiras para o treinamento à distância se expandiram, reduzindo-se os custos e ampliando-se as possibilidades de busca às informações.

3 – Treinamento em Serviço (TES):

É o treinamento realizado no próprio ambiente de trabalho do funcionário – atual ou futuro – destinado à aquisição de conhecimentos práticos e/ou desenvolvimento de habilidades específicas.

Normalmente, esse tipo de treinamento é indicado para aproximar ao máximo o ambiente de trabalho ao ambiente do treinando.

As principais vantagens do Treinamento em Serviço (TES) são:

  • Constitui modalidade de treinamento comum para a capacidade dos funcionários de qualquer instituição;
  • O treinamento não se desenvolve numa situação artificial;
  • A motivação é maior, pela aproximação das condições reais de trabalho;
  • Acompanha as mudanças ocorridas nas tecnologias e nos procedimentos do trabalho.

4 – Rodízio:

É o remanejamento do posto de trabalho do funcionário, visando prepará-lo para uma nova função e obter uma visão global do trabalho a ser realizado num determinado setor. Trata-se de uma das formas mais eficazes de formação profissional. Entre as principais vantagens temos:

  • Viabilidade econômica, por se tratar de um tipo de treinamento de baixo custo;
  • Aquisição de uma visão mais global da empresa;
  • Possibilidade de ser utilizado para o aprendizado de todos os tipos de tarefas, desde as mais simples até às mais complexas.

5 – Estágio:

5 - Estágio Treinamento e desenvolvimento de pessoas

É a execução de atividades pertinentes à ocupação profissional, mediante a experiência direta e realizada no ambiente de trabalho – onde são desenvolvidas as atividades que o estagiário necessita adquirir.

O estágio pode ocorrer dentro da própria instituição ou em outras, através de convênios entre essas instituições. Suas principais vantagens são:

  • Viabilidade econômica, por se tratar de um tipo de treinamento de baixo custo, quando realizada no mesmo local de moradia do funcionário;
  • Possibilidade de ser utilizado para o aprendizado de todos os tipos de tarefas – simples ou complexas;

6 – Visita Técnica:

São visitas realizadas a outros setores – dentro da própria empresa ou em outra – com o objetivo principal de observar diretamente o funcionamento de um determinado trabalho (ou uma nova tecnologia).

Suas principais vantagens são o baixo custo, quando realizado na mesma cidade e a criação de parceriais e possibilidade de trocas futuras.

7 – Reuniões Informativas:

São realizadas periódica – ou esporadicamente – conforme a necessidade, a fim de atualizar os funcionários (e as chefias) sobre os assuntos pertinentes às suas áreas.

Desta forma, as principais vantagens das reuniões informativas são:

  • Baixo custo;
  • Contato direto entre informante e informado, evitando-se ruídos na comunicação;
  • Favorecimento da interação entre funcionários e chefias.

8 – Encontros de Disseminação de Treinamento:

Têm como objetivo divulgar o conhecimento adquirido por funcionários que participaram de treinamento, suplementados por materiais impressos (manuais, apostilas, prospectos, etc), colocados à disposição dos interessados no setor de Recursos Humanos.

Entre as principais vantagens podemos citar:

  • Redução do custo do treinamento através do efeito multiplicador do conhecimento adquirido;
  • Criação de compromissos do treinando com a capacitação dos parceiros de trabalho.

9 – Palestras:

É a apresentação de um assunto específico, seguido de questionamentos e comentários por parte do público. Pode ser apresentada por funcionário da mesma empresa, de outra empresa ou de alguma instituição contratada externamente. Principais vantagens:

  • Introdução de assunto novo dos funcionários e da instituição;
  • Baixo custo, se o palestrante for de outro departamento;
  • Valorização do funcionário palestrante.

10 – Assinatura de Jornais e Revistas:

Que sejam do interesse do trabalho presente e futuro. Assim, é possível atualizar os funcionário quanto à temas ligados à sua área, função ou setor.

11 – Workshop:

11 - Workshop: Apresentação resumida de um determinado assunto, utilizando técnicas expositivas e/ou vivenciais com o objetivo de divulgar uma proposta de trabalho

Apresentação resumida de um determinado assunto, utilizando técnicas expositivas e/ou vivenciais com o objetivo de divulgar uma proposta de trabalho. Normalmente um workshop é mais “visual” do que “auditivo”

Saiba mais:

12 – Seminário:

Evento que reúne especialistas – de uma ou mais áreas de conhecimento – com o objetivo de promover (ou ampliar) o debate sobre um tema específico, a partir de enfoques diferentes.

Os atores de um seminário são os palestrantes, os debatedores, os coordenadores, o secretário e o público em geral.

13 – Congresso / Conferência:

Conferência é uma reunião promovida por entidades associativas, visando debater assuntos que interessam a um determinado ramo profissional. Congregam profissionais de renome, objetivando atualizar a categoria e/ou divulgar descobertas científicas.

Como aplicar treinamento e desenvolvimento de pessoas na sua empresa?

Para que consiga aplicar treinamento e desenvolvimento de pessoas na sua empresa é preciso seguir os seguintes passos:

Analisar a empresa: é preciso entender quais são as necessidades do negócios. Neste caso, é preciso separar o que é de curto prazo e o que é de longo prazo. Todos os itens de curto prazo, visam treinamento, enquanto que os planejamentos de longo prazo, desenvolvimento.

Quais são as competências necessárias: entendendo o que a sua empresa precisa, chegou o momento de analisar quais são as competências que são necessárias para executar essas atividades de curto e longo prazo.

Fale com seus colaboradores: entender o que os colaboradores pensam da empresa, também contribui para ser mais assertivo na escolha dos treinamentos e desenvolvimento de pessoal, por isso, fale com o seu time a respeito.

Planeje os treinamentos e desenvolvimento: depois de passar por todas as etapas anteriores de análise da empresa, você deve realizar um planejamento. Portanto, ele deve conter o que precisa ser feito para colocar em prática o treinamento ou o desenvolvimento. Para ajudar, faça uma listinha de checklist.

Execute: não adianta nada planejar e não executar, não é mesmo? Afinal de contas, isso pode até pegar mal na organização. Defina todos os pontos de execução e coloque em pratica.

Veja quais foram os resultados: Por fim, depois de aplicar o treinamento, você precisa entender quais foram os impactos causados nos colaboradores, assim como a qualidade do treinamento como um todo. Assim, você vai entender se o tempo e o custo valeu a pena.

Saiba mais: Explore as melhores técnicas de aplicação e métodos de análise de dados, para que consiga extrair informações valiosas para fortalecer o clima organizacional.
Clique aqui e faça nosso curso gratuito.

Conclusão

Portanto, o treinamento e desenvolvimento comportamental desempenham um papel crucial na capacitação e aprimoramento dos colaboradores em uma organização.

Além disso, entender os diferentes tipos de treinamento, desde o presencial até o à distância e diversos outros métodos, oferece uma gama abrangente de opções para atender às necessidades específicas das equipes.

Aplicar efetivamente o treinamento e desenvolvimento de pessoas na empresa requer uma abordagem estratégica e personalizada. Identificar as necessidades específicas de treinamento, selecionar métodos apropriados e envolver os colaboradores de maneira participativa são passos cruciais.

Por fim, ao criar uma cultura organizacional que valoriza a aprendizagem contínua, as empresas não apenas fortalecem o desempenho de seus colaboradores, mas também se posicionam para enfrentar desafios futuros com uma equipe qualificada e inovadora.

Assine a nossa Newsletter