Artigos

Um mercado onde a marca é você

UM MERCADO ONDE A MARCA É VOCÊ

O emprego vitalício acabou! A estabilidade das grandes empresas e seus enormes pacotes de benefícios se foram. A maioria de nós passará longos períodos em alguma forma de auto emprego. Não importa para quem você trabalha, você trabalha para você. É você quem conta a história da sua própria vida. Suas escolhas, suas habilidades, sua marca.
A essência do Personal Brand não é muito diferente do branding para empresas. A pergunta ainda é a mesma: Como ser lembrado? Em um mercado cada vez mais competitivo é preciso se distinguir, ganhar exclusividade.
Joyce M. Müller, da The Joy Branding, destaca que muitas pessoas ainda não se deram conta que o mercado de trabalho mudou: “Controlar a sua própria imagem é poder. É o ponto da sua carreira onde você deixa de ser definido pelos outros e passa a se auto definir. Você não é o seu cargo, você é você. Não há mais ninguém responsável por isso, além de você mesmo”, ressalta Joyce.
A consultora também chama a atenção para algumas dicas de branding pessoal: “Comece pensando em você como uma marca. O que você deseja que as pessoas sintam quando ouvirem o seu nome? Assim que você entender como quer que a sua marca seja vista, você conseguirá ser muito mais estratégico a respeito da sua marca pessoal. Nunca é tarde para começar. Além disso, é preciso definir seus objetivos e criar um caminho para alcançá-los. Por exemplo, se você quer ser visto como um especialista em determinado assunto é preciso pesquisar, escrever bons artigos e publicá-los. É necessário ser visto e a mídia online é essencial neste processo”.
“Ao mesmo tempo em que este cenário é assustador do ponto de vista da segurança financeira, ele é libertador. Podemos viver em uma sociedade, verdadeiramente criativa, onde as pessoas se movem de projeto em projeto, fazendo o que realmente sabem e gostam de fazer”, diz Joyce.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of