Artigos

Como e onde anunciar vagas para desenvolvedores?

vagas para desenvolvedores

Quando o assunto é vagas para desenvolvedores, muita gente torce o nariz porque já prevê dificuldades na hora do recrutamento e seleção. Afinal de contas, a demanda das empresas é maior que a oferta de DEVs. Além disso, os erros de contratação podem sair caros para a empresa. Então, como contratar de maneira mais assertiva? 

É preciso levar em consideração uma série de fatores que interferem na contratação da pessoa desenvolvedora certa. Há pouca mão de obra qualificada. Além disso, é difícil recrutar profissionais de tecnologia devido ao recrutador, na maioria das vezes, não dominar as linguagens e frameworks exigidos na vaga. 

Nova call to action

Então, você sabe por que é tão importante caprichar no anúncio da vaga e no canal de distribuição? Porque quanto mais direcionado for o anúncio, mais candidatos(as) qualificados(as) aparecerão. Como resultado, o RH economiza tempo e dinheiro no processo

Mas, afinal, como entender o cenário atual do mercado de TI (Tecnologia da Informação) para, finalmente, encontrar os melhores talentos? 

Quanto custa um processo de recrutamento para a empresa?

Assim como em outros processos da empresa, o recrutamento de novos(as) funcionários(as) gera despesas. Por mais que o RH escolha conduzir o processo sem a ajuda de plataformas especializadas, deve-se considerar o tempo usado nas etapas do recrutamento. E, como sabemos, tempo é dinheiro. 

Um levantamento do Huffington Post aponta que as pessoas do time do RH levam, em média, uma hora e meia para divulgar vagas para desenvolvedores nas plataformas digitais. 

Embora haja recursos gratuitos na maioria das plataformas, como o ATS grátis da Coodesh, há serviços pagos nestas próprias HR Techs que ajudam a acelerar a contratação e a receber pessoas desenvolvedoras pré-validadas para a vaga aberta. 

Portanto, a cada vaga tech aberta, é preciso ressaltar que o(a) profissional de RH investirá seu tempo na seleção de currículos, no agendamento de entrevistas, nas entrevistas em si, no feedback às pessoas candidatas, entre outros afazeres do setor. 

Assim, é importante que esse fluxo ocorra sem maiores percalços para que se atinja o objetivo de contratação. E, principalmente, que se retenha o talento para evitar novos gastos. 

Isso porque as contratações malsucedidas geram frutos amargos para as organizações. Um levantamento feito pelo LinkedIn, em conjunto com a Price Waterhouse Coopers Auditores, estima que US$ 19,8 bilhões são desperdiçados por ano em todo o mundo com contratações fracassadas. 

Portanto, é imprescindível usar o tempo disponível no RH para direcionar o anúncio das vagas para desenvolvedores de modo que se consiga atrair os principais talentos e se possa mantê-los no time. 

Por que é um desafio contratar pessoas desenvolvedoras? 

Reportagem publicada no Jornal Nacional da TV Globo mostrou que foram abertas 50 mil vagas tech em 2021, sendo a maioria para pessoas programadoras e desenvolvedoras. E a estimativa para os próximos dois anos é a de que o país precise de aproximadamente 500 mil profissionais de tecnologia.  

Entretanto, essa tendência não deve parar tão cedo. Afinal de contas, a transformação digital trouxe novas demandas em tecnologia, especialmente no mundo pós-pandemia. 

Home office, home schooling, e-commerce e e-government causaram a corrida na busca por profissionais de tecnologia. Para se ter uma ideia, a procura continuará. 

A pesquisa BRAngels/HSM-LearningVillage/FirstCom “Cenário Econômico Pós-Vacina: o que podemos esperar dos negócios?” demonstrou que 56% das empresas desejam investir em TI e 25% delas em inovação nos próximos anos. Isso quer dizer que mais profissionais da área tech serão contratados(as). 

Diante desse quadro, é possível entender melhor que a divulgação de vagas para desenvolvedores precisa ser bem direcionada para que a sua empresa não leve muito tempo esperando reunir as pessoas candidatas ideais e, ainda, tenha sucesso na contratação. 

Como criar vagas para desenvolvedores? 

Ao receber a missão de criar vagas para desenvolvedores, é fundamental que o RH tenha em mãos informações primordiais, como: 

  • Nome da área, como Front-end, Back-end, Full-stack, Mobile, entre outros; 
  • Formato da vaga, se é remoto, presencial ou híbrido; 
  • Se for híbrido ou presencial, colocar a cidade de origem da vaga; 
  • Tipo de contratação, se por freelancer, regime CLT ou contrato PJ; 
  • Jornada, se part-time (meio período) ou full-time (período integral); 
  • Nível de experiência, ou seja, se a empresa deseja contratar uma pessoa estagiária, Júnior, Pleno ou Sênior; 
  • Hard skills e soft skills, demonstrando claramente o que se espera da nova pessoa contratada; 
  • Atrativos da vaga, afinal de contas, nem sempre o salário em si é o que mais atrai os developers, mas sim os atrativos, como cartões de benefícios, auxílio-home office, entre outros;
  • Faixa salarial, dependendo da área e da concorrência por DEVs, é interessante anunciar o valor estimado para a remuneração. 

Onde anunciar vagas para desenvolvedores? 

A primeira coisa que vem à cabeça ao falarmos em vagas para desenvolvedores é o LinkedIn, que é a rede social mais voltada ao mundo corporativo. 

Entretanto, além dele, há canais mais aderentes, como as plataformas de recrutamento tech. Nesse sentido, a Coodesh é uma startup especializada em anunciar vagas e recrutar pessoas para as áreas de tecnologia, especialmente programadores(as) e desenvolvedores(as). 

Mas o tech recruiter também pode se valer de comunidades de DEVs nas redes sociais, que são bastante sólidas nas principais regiões do país e podem ajudar a divulgar a vaga de forma mais abrangente. 

Lembrando que quanto mais nichado for o canal, melhor. Isso porque muitas startups em estágio inicial acabam anunciando as vagas de maneira muito genérica no Facebook, por exemplo, o que certamente irá aumentar o trabalho do RH na hora da seleção dos currículos. 

Em suma, a regra de ouro é: quanto mais direcionado, melhor. Portanto, se você está contratando C# developer, por exemplo, procure comunidades em grupos do WhatsApp e, principalmente, plataformas de HR Tech para atrair pessoas mais qualificadas para a sua empresa. 

Acima de tudo, trabalhe o employer branding da sua empresa a fim de atrair organicamente mais pessoas capacitadas para as oportunidades que estão surgindo. 

Concluindo, anunciar vagas para desenvolvedores é o primeiro passo para realizar contratações que vão direto no alvo. Por conta disso, se o seu RH é tradicional e não conta com especialistas na área de recrutamento tech, conheça as soluções da Coodesh em planos gratuitos e pagos. 

E continue acompanhando as dicas de recrutamento aqui do RH Portal.

4.5 2 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

News do RH Portal

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as Novidades e Tendências do Universo do RH