Artigos

Vamos falar sobre home office?

Vamos falar sobre home office?

Com o passar dos anos tem aumentado o número de pessoas que trabalha de casa, o chamado home office. Nesta modalidade, o colaborador pode desenvolver suas atividades direto de sua casa, sem ter a necessidade de se deslocar até a sua empresa. Esta forma de trabalho tornou-se mais popular no Brasil com o ingresso das empresas multinacionais.

O crescimento do home office no Brasil ainda é lento, mas as perspectivas quanto a sua adesão pelas empresas brasileiras são muito positivas. O home office pode ser praticado por organizações de diversos segmentos e tamanhos, ou seja, o regime pode ser adotado tanto em uma microempresa como em um estabelecimento de grande porte. No entanto esta modalidade de escritório em casa não pode ser aplicada para todas as funções de uma organização. Em um hospital, por exemplo, médicos e enfermeiros não tem como exercer suas atividades assistenciais por acesso remoto, mas em contrapartida, a equipe administrativa não possui nenhum impeditivo. Há ainda empresas que adotam o regime parcial de home office, onde o colaborador trabalha meio turno direto de sua casa.

As vantagens em adotar o regime de home office são inúmeras. De antemão, é importante destacar alguns estudos que apontam o significativo aumento da produtividade entre os seus colaboradores. O simples fato de poder trabalhar direto de sua casa, é visto como uma forma de recompensa pelos funcionários. A confiança em poder desenvolver suas atividades direto de sua casa servem como estímulo para produzir mais, pois o funcionário passa a seu auto gerenciar. Os colaboradores beneficiados também ganham em qualidade de vida, pois apresentam redução dos níveis de estresse causado pelo tempo de deslocamento até o trabalho e tem a possibilidade de passar mais horas com a sua família e acompanhar o crescimento de seus filhos. Diversas organizações estão investindo em tecnologias que facilitem o acesso remoto para que seus colaboradores possam atuar de maneira igual a se estivessem se deslocando até o ambiente de trabalho. Sob a óptica das organizações, elas também ganham, pois há uma significativa redução de custos com transporte, refeição e infraestrutura.

Assim como o home office apresenta inúmeras vantagens, também possui algumas desvantagens. O aumento da produtividade em muitas situações está atrelada ao excesso da carga de trabalho. Muitos colaboradores revelam trabalhar mais horas do que se estivessem atuando em suas empresas. O ambiente confortável favorece o desenvolvimento de mais atividades por mais tempo. Mas por outro lado, podemos nos deparar com aqueles funcionários que por estarem em casa perdem o foco com muita facilidade, causando a perda de qualidade na entrega, bem como erros no desenvolvimento de uma atividade. Outro fator não tão favorável é a falta de interação diária com os colegas de trabalho, o contato diário permite a troca de ideias e aprendizado, sem falar da interação social, uma vez que o trabalho em casa estimula a exclusão social, principalmente para aqueles colaboradores que são sozinhos.

Muitas empresas mantém uma sistemática de reuniões presenciais quinzenais ou mensais para manter o acompanhamento das atividades desenvolvidas e alinhar novas demandas com as equipes. Há também organizações que reembolsam parte das despesas com energia elétrica, internet e telefone aos seus colaboradores. Se colocarmos em uma balança, a modalidade de home office certamente apresentará mais vantagens do que desvantagens, mas antes de adotá-lo é preciso ter ciência de ambas as situações para coloca-lo em vigência.

calculadora-produtividade

Por: Thais Fátima L. Oliveira

Administradora de Empresas, Especialista em Liderança Estratégica de Negócios e Pessoas. Experiência generalista na área de recursos humanos, em consultoria e coordenação de equipe, recrutamento e seleção, cargos e salários, gestão de carreiras, desenvolvimento, mapeamento de competências e gestão do clima organizacional. Experiência na área de processos organizacionais, em consultoria e coordenação de projetos, diagnóstico organizacional, mapeamento e redesenho de processos, definição de indicadores, estrutura organizacional, definição e implementação de políticas. Forte atuação com estratégia de recursos humanos e reestruturação organizacional e de processos. Elaboração e gestão de projetos, palestras e treinamentos na área de Gestão e RH. Publicação de conteúdos sobre Gestão Organizacional |RH | Gestão de Pessoas | Motivação | Qualidade de Vida| Mentoring para @aespecialistagrh, Administradores.com.br e RH Portal.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of