Artigos

Voluntariado Empresarial Minimiza Efeitos Do Stress Ocupacional


Muitas empresas estão dedicando uma atenção especial à questão da Qualidade de Vida de seus colaboradores, este é um segmento bastante importante e que vem se fortalecendo cada vez mais.

Dentro deste contexto, encontramos a questão do stress ocupacional: amplamente divulgado, têm mobilizado muitos esforços no sentido de minimizar seus efeitos.

São muitas as estratégias que vêm sendo aplicadas neste sentido e, dentre elas, destacamos o uso dos programas de voluntariado empresarial que têm contribuído favoravelmente também neste sentido, fortalecendo-se como um novo conceito de ocupação anti-stress.

Muitas pessoas estão condicionadas a trabalhar em um ritmo alucinante e já não conseguem relaxar longe de alguma atividade profissional. 

O ritmo de vida nos empurra a estar constantemente em atividade. Para algumas pessoas, até mesmo o fato de tirar férias torna-se um pesadelo. São tantas atividades, num ritmo tão acelerado, durante tanto tempo, que parar por alguns dias (30 dias nem pensar!), pode causar mais stress do que qualquer outra situação de tensão.

Em situações com esta, é importante aliar o voluntariado a atividades que não gerem tensão adicional aos funcionários.

Pessoas que não conseguem sentir-se felizes se não estiverem desempenhando uma atividade intelectual, encontram, na ação voluntária, uma oportunidade de trabalhar sem remuneração, por uma causa nobre, colaborando com outras pessoas ou entidades.

Existem também casos em que as pessoas estão trabalhando em atividades que não lhes gratificam totalmente: ou porque aceitaram uma proposta de trabalho por questão de oportunidade ou por uma remuneração mais atraente. O trabalho, nem sempre traz realização pessoal.

É muito importante que o indivíduo tenha oportunidades de desempenhar atividades que o gratifiquem, que o façam sentir-se útil e realizado, sem tanta pressão, sem prazos tão apertados, metas inatingíveis, rivalidade, competição e etc.

O Programa de Voluntariado Empresarial pode contemplar as mais diversas situações e, por isso, tem bom potencial para possibilitar gratificação pessoal a muitas pessoas.

Possibilita que os funcionários estejam em movimento, numa atividade mais gratificante, sem tanta pressão como no trabalho convencional é uma verdadeira oportunidade de trabalhar com flexibilidade, criatividade e enfrentando novos desafios.

A realidade é que cada vez mais pessoas estão buscando a competência e a prosperidade, aliando o sentimento de realização profissional a solidariedade: é uma necessidade de sentir-se parte de algo maior, de envolver-se em uma atividade onde exista a possibilidade de troca e doação, de participar efetivamente da solução de problemas e de, realmente, fazer a diferença. 

Uma oportunidade de trabalhar e doar parte do seu tempo além das fronteiras da empresa, sem precisar esperar nada em troca e, apesar disso, receber muito mais do que a remuneração convencional poderia proporcionar.

As alternativas são inúmeras no trabalho voluntário e sendo assim, poderão atender a um grande número de indivíduos.

O importante, no momento de planejamento do Programa de Voluntariado Empresarial, é levar em consideração as mais diversas variáveis e procurar contemplar todos os públicos envolvidos: a empresa, os colaboradores e os assistidos. Assim, a possibilidade de êxito fica assegurada.

Fátima Mondejar de Almeida
fatima@apoenasocial.com.br 
Trabalha como consultora na APOENA Empreendimentos Sociais, assessorando empresas na implantação e gestão de programas de Voluntariado Empresarial.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of