Canal RH

Conheça o nível de pressão no trabalho ideal!

A pressão no trabalho nem sempre se trata de algo negativo. Descubra qual é o nível ideal para cada perfil comportamental! ► Acesse: bit.ly/pres-sao ______________________________________________________ Olá, meu nome é Amanda Oliveira, eu falo aqui do Sucesso do Cliente da Solides. Hoje a gente vai falar um pouquinho sobre pressão no trabalho! Bom, quando a gente pensa em pressão, a gente não necessariamente tem que pensar em algo ruim. E quando a gente fala em pressão, o lado negativo já vem logo na nossa cabeça! Existe um nível de pressão que é considerado uma pressão funcional, saudável, e um nível de pressão que é considerado disfuncional, podendo causar até alguns transtornos para o colaborador. A pressão funcional é aquela que vai fazer com o que o colaborador faça as suas entregas. É aquela expectativa, aquela garra pelo resultado, que vai fazer com que ele realmente entregue o que ele precisa entregar. Então, essa pressão é muito necessária para que a produtividade continue alta, e ela tem que existir sim no ambiente de trabalho. Então, é muito importante a gente pensar em maneiras de gerenciar essa pressão para que ela continue existindo e para que ela não passe a ser disfuncional. A pressão disfuncional é aquela que vai causar um desgaste, uma perda de energia do colaborador e, consequentemente, uma perda de produtividade. Então ele vai parar de produzir aquilo que ele precisa produzir, a entrega que ele precisa fornecer para a empresa. Uma pressão disfuncional é quando você cobra de um colaborador muito mais do que ele consegue entregar. Então você acaba criando um ambiente estressor, acaba criando estímulos que vão além da habilidade dele de entrega. A gente tem que saber muito bem como criar esse nível de pressão adequado para que a pressão que era antes funcional não se torne agora disfuncional, impedindo o nosso colaborador de produzir e podendo levá-lo até o adoecimento. Aí ele começa a faltar no trabalho, ficar realmente doente e não consegue mais produzir minimamente. Então, mais uma vez para a gente entender, a pressão não está diretamente ligada ao stress, que é aquele aspecto mais negativo que a gente pensa quando falamos de pressão. Para você ter algumas dicas de quando é que se torna estressor, a gente pensou em algumas situações que possam ultrapassar esse limite considerado saudável para o colaborador! ______________________________________________________ ► Acesse conteúdos sobre gestão de pessoas, liderança, produtividade e muito mais em nosso blog: blog.solides.com.br ______________________________________________________ ► Inscreva-se no canal da Solides no Youtube: youtube.com/solidestecnologia ______________________________________________________ ► Acompanhe a Solides nas redes sociais: Facebook: facebook.com/solidestecnologia Instagram: instagram.com/solidestecnologia Linkedin: linkedin.com/company/solides-tecnologia%C2%AE/