Dinâmicas

Dificuldade

-Participantes: 30 pessoas
-Objetivos: a) esclarecer valores e conceitos morais.
b) provocar um exercício de consenso, a fim de demonstrar sua dificuldade, principalmente quando os valores e conceitos morais estão em jogo.
-Tempo: 1 hora
-Descrição: o coordenador explica os objetivos do exercício. A seguir distribuirá uma cópia do “abrigo subterrâneo” a todos os participantes, para que façam uma decisão individual, escolhendo as seis pessoas de sua preferência. Organizar, a seguir, subgrupos de 5 pessoas. Para realizar a decisão grupal, procurando-se alcançar um consenso. Forma-se novamente o grupo maior, para que cada subgrupo possa relatar o resultado da decisão grupal. Segue-se um debate sobre a experiência vivida.
Abrigo subterrâneo
Imaginem que nossa cidade está sob ameaça de um bombardeio. Aproxima-se um homem e lhes solicita uma decisão imediata. Existe um abrigo subterrâneo que só pode acomodar seis pessoas. Há doze pessoas interessadas a entrar no abrigo. Faça sua escolha, destacando seis somente.
– Um violinista, com 40 anos de idade, narcótico viciado:
– Um advogado, com 25 anos de idade;
– A mulher do advogado, com 24 anos de idade, que acaba de sair do manicômio. Ambos preferem ou ficar juntos no abrigo, ou fora dele;
– Um sacerdote, com a idade de setenta e cinco anos;
– Uma prostituta, com 34 anos de idade;
– Um ateu, com 20 anos de idade, autor de vários assassinatos;
– Uma universitária que fez voto de castidade;
– Um físico, com 28 anos de idade, que só aceita entrar no abrigo se puder levar consigo sua arma;
– Um declamador fanático, com 21 anos de idade;
– Uma menina com 12 anos e baixo QI;
– Um homossexual, com 47 anos de idade;
– Um débil mental, com 32 anos de idade, que sofre de ataques epilépticos.