Eventos

26 jan
Atenção!
O evento anunciado abaixo é fornecido pela empresa: InterNews CEE, e de inteira responsabilidade desta.

Basileia III: Como Adequar-se às Normas do BC

, horário:

O Banco Central do Brasil mantém, conforme declarações recentes, o compromisso de adotar as recomendações do Acordo de Basileia III da forma e nos prazos preestabelecidos. Diante deste posicionamento, apesar da aguda crise econômica e do consequente aumento da inadimplência bancária, o Brasil permanece no seleto grupo de países em que as autoridades monetárias não abrem mão do cumprimento das normas estabelecidas pelo Comitê de Supervisão Bancária de Basileia, órgão vinculado ao Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês).

As instituições financeiras brasileiras, desta forma, precisarão redobrar os seus esforços para atender os normativos editados nos últimos anos em relação à nova definição de capital, aos buffers (colchões de liquidez) contracíclicos e, para as instituições sistemicamente importantes, à razão de alavancagem, além do requerimento mínimo de liquidez no curto prazo (LCR).

Será necessário ainda estar preparado para recomendações de Basileia III sobre risco de crédito que deverão ser publicadas pelo Comitê de Supervisão Bancária de Basileia até o final de 2016 e editadas pelo BCB em normativos. Serão adotadas novas metodologias e abordagens para o cálculo dos ativos ponderados pelo risco, para serem implementadas, de acordo com o Fator de Ponderação de Risco, até o primeiro trimestre de 2019.

Também estão em debate novas recomendações no âmbito de Basileia III e seus respectivos normativos para revisão de carteiras de risco soberano, avaliação diferenciada dos riscos de carteira imobiliária comercial e residencial, grau de dependência de avaliação da qualidade do crédito pelas agências de rating e a utilização de depósitos compulsórios para a composição do colchão de liquidez.

O processo de implementação de Basileia III no Brasil demanda das instituições financeiras a elevação gradual da base de capital, ano a ano, até 2019. As resoluções e circulares do Conselho Monetário Nacional e do Banco Central trazem determinações sobre procedimentos e critérios relacionados ao Patrimônio de Referência (PR), ao apreçoamento de instrumentos financeiros e à divulgação de informações sobre riscos, composição de capital e cumprimento de regras.

Participe deste Seminário InterNews que terá a participação de representante do Banco Central e de outros renomados especialistas para melhor adequar a sua instituição financeira às exigências de Basileia III. Venha discutir os desafios e as perspectivas para esse novo ambiente regulatório. Saiba as medidas de ajuste e prazos que a sua instituição precisa adotar. Veja como melhor gerir, diante das atuais adversidades, mudanças na estrutura e no processo de gestão de capital e de liquidez. Saiba como se capitalizar e sobreviver em um ambiente cada vez mais regulado.

PROGRAMA

8h30 – Credenciamento

9h00 – Desafios na Implementação da Basileia III

Nelio Rodrigues Magina Junior
Chefe de Risco de Liquidez, Avaliação Quantitativa e Capital Regulamentar do Departamento de Supervisão Bancária (DESUP)
Banco Central do Brasil

10h30 – Coffee break

10h40 – Impactos decorrentes da conjuntura adversa para o cumprimento de Basileia III

Carlos Fagundes
Sócio Fundador
Integral Trust Serviços Financeiros

12h10 – Almoço

13h30 – Fatores Mitigadores de Risco de Crédito em Carteira de Derivativos

Alexandre Mello
Superintendente Executivo de Riscos
Banco Pine

14h50 – Os Aprimoramentos de Basileia III através de Basileia IV e seus desafios futuros

Julio Ferigo
Diretor de Risk Consulting da área de Financial Risk Management
KPMG

16h20 – Coffee Break

16h40 – Sinergias entre as iniciativas sobre Basileia III e IFRS 9

Marcelo Baldin
Diretor
PricewaterhouseCoopers (PwC)

18h00 – Encerramento

Local

Mercure São Paulo Jardins Hotel

Alameda Itú, 1.151 – Jardins São Paulo – SP

São Paulo / SP

Desejo contactar a empresa responsável sobre este evento



Outros eventos