Eventos

11 dez
Atenção!
O evento anunciado abaixo é fornecido pela empresa: Labor Juridico, e de inteira responsabilidade desta.

Curso De Planejamento Tributário (federal)

Programação:

1. Comparativo entre lucro real e presumido: saldo significativo de prejuízos fiscais a compensar;

2. Projeção de prejuízo no exercício e impacto na distribuição de lucros isentos aos sócios;

3. Impactos decorrentes da oscilação do câmbio;

4. Dedução de retenções e créditos tributários de difícil compensação ou próximos de prescrição;

5. Impossibilidade da dedutibilidade dos créditos tributários prescritos;

6. Situação de carga tributária semelhante entre os dois regimes;

7. Necessidade de controle permanente dos estoques e contabilidade integrada e coordenada de custos e a importância do inventário físico;

8. Fluxo de recebimentos e opção pelo regime de caixa (lucro presumido);

9. Monitoramento da inadimplência e a adoção das medidas cabíveis para dedução fiscal como perda (lucro real);

10. Segregação da PJ para reduzir ou eliminar a incidência do Adicional do IRPJ;

11. Doações deduzidas do IRPJ devido – somente lucro real – e o máximo aproveitamento desta dedução;

12. Aumento do limite de receita total para fins de obrigatoriedade do lucro real a partir de 2014.

– PIS e COFINS:

1. Exceções previstas no artigo 10 da Lei nº 10.833/2003 que não vinculam o regime da não-cumulatividade ao regime de lucro real para fins de IRPJ/CSLL;

2. A importância destas exceções para fins de planejamento tributário;

3. Crédito decorrente de aluguel contratado de PJ;

4. Máquinas e equipamentos para o ativo imobilizado – possibilidade de dedução no mês – avaliação do melhor critério;

5. Programa de Inclusão Digital – alíquota zero de PIS e COFINS;

6. Crédito de transportador autônomo de cargas tomado de PJ ou PF;

7. Revenda de produtos importados sujeitos ao PIS e COFINS Importação;

8. Regime “misto” – cumulativo e não cumulativo – segregação da PJ.

– CPRB – Contribuição Previdenciária sobre a Receita Bruta:

1. Análise da redução ou do incremento da carga tributária da empresa;

2. Impacto adicional no regime de lucro real – reversão do encargo patronal sobre a provisão de férias;

3. Regime “misto” – encargo patronal sobre a receita e sobre a folha de pagamento – situações de evidente acréscimo da carga tributária;

4. Comparativo PJ sujeita à CPRB nos regimes de lucro presumido e Simples Nacional – Anexo III;

Montagem de cenários no regime de lucro real envolvendo os seguintes assuntos:

1. Juros sobre Capital Próprio;

2. Depreciação (fiscal) acelerada (definitiva) e incentivada (temporária);

3. Trânsito das perdas com créditos de clientes – de indedutível para dedutível;

3. Benefícios fiscais concedidos nas esferas estadual e municipal e consequentes reflexos na apuração dos tributos federais; despesas pré-operacionais ou de reorganização – manutenção da amortização para fins fiscais;

4. Bens do Ativo Não Circulante com valorização excessiva – opção de devolução ao sócio para tributação na PF.

– Simples Nacional – Anexo V versus Lucro Presumido:
1. Ponto de equilíbrio – conforme faixa de alíquota do ISS;
2. Serviços passíveis de enquadramento neste Anexo.

Adicionar ao Calendário do Google

Local

Rio De Janeiro / RJ

Desejo contactar a empresa responsável sobre este evento



Outros eventos