Eventos

15 fev
Atenção!
O evento anunciado abaixo é fornecido pela empresa: RH Cursos e Treinamento Empresarial, e de inteira responsabilidade desta.

Gfip/sefip 8.4 Para Orgãos Publicos E A Certificação Digital 20

OBJETIVO
Apresentar aos participantes o correto preenchimento da GFIP, através de demonstrações com o uso das telas dos sistemas e situações práticas aplicadas; Demonstrar, aos setores financeiros e contábeis, as normas e procedimentos estabelecidos pela legislação previdenciária referente ao desconto e recolhimento para o INSS que são possíveis (Ex.: Retenção de 11%, SEST/SENAT, Aquisição de Produção Rural, Contratação de Motoristas com veículo próprio, etc…);

PÚBLICO ALVO
Contadores, técnicos contábeis, diretores e chefes de recursos humanos e departamento de pessoal, pessoal do setor financeiro e contábil, controladores, programadores de folha e demais profissionais interessados na matéria.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1) que deve ser informado numa GFIP:
2) Tipos de GFIP:
2.1 Inclusão
2.2 Retificação
2.3 Exclusão
2.4 Ausência de Fato Gerador
3) Conceitos criados a partir da Versão 8.0 do SEFIP:
3.1 GFIP Única
3.2 Chave de uma GFIP – Certificação Digital ICP – Brasil
3.3 Modalidade para o FGTS
4) Fim da GFIP por departamentos ou secretarias
5) Pedido de Exclusão
5.1 Casos em que se aplica o Pedido de Exclusão
5.2 Relatórios gerados no pedido de Exclusão
6) Retificação Eletrônica da GFIP
6.1 Como retificar uma GFIP gerada até a Versão 7.0
6.2 Como retificar uma GFIP gerada a partir da Versão 8.0
6.3 Como definir a modalidade de FGTS utilizada na Retificação
7) GFIP da competência 13
7.1 Obrigatoriedade de Elaboração
7.2 O que deve ser informado
7.3 O que não deve ser informado
7.4 Modalidade de FGTS utilizada
8) Dos trabalhadores da Administração Pública considerados segurados contribuintes obrigatórios da Previdência Social
9) Da Classificação das Categorias de Trabalhadores que envolvem a Administração Pública a serem informadas na GFIP
10) Da Responsabilidade pessoal do gestor pelos erros ou omissões na GFIP
11) Preenchimento do campo Ocorrência:
11.1 Informações prestadas no campo Ocorrência
11.2 Códigos de Ocorrência e seu significado
12) Da Dedução do Salário Família, Salário Maternidade e do 13ª do Salário Maternidade
12.1 Categorias de trabalhadores que possuem direito ao Salário Família e Salário Maternidade
13) Remuneração sem 13º Salário
13.1 O que deve ser informado
13.2 Valores lançados nos casos de afastamento por motivo de acidente de trabalho e salário maternidade.
13.3 Valores lançados nos casos de afastamento por motivo de auxílio doença.
13.4 Valores lançados nos casos de Férias Fracionadas
14) Remuneração 13º Salário
14.1 Informações sobre seu preenchimento
15) Valor Descontado do Segurado
15.1 Casos em que este campo deve ser preenchido
16) Cálculo do valor descontado do segurado quando possui mais de um vínculo
a) Servidor que recebe dois contra cheques no mesmo Órgão
b) Servidor que possui vínculos com outros Órgãos ou Empresas
c) Contratação de Autônomos que exercem atividade em outras empresas ou que contribuem por conta própria
17) Base de Cálculo da Previdência Social
17.1 Situações em que o campo Base de Cálculo da Previdência Social difere do campo Remuneração sem 13º Salário
18) Base de Cálculo 13º Salário Previdência Social
18.1 Referente á competência do movimento
18.2 Referente á GPS da competência 13
19) Dos documentos contábeis que auxiliam a correta elaboração da GFIP
20) Da contratação de contribuintes individuais
20.1) Da obrigatoriedade da Retenção
20.2) Da cota patronal
20.3) Da base de cálculo referente à contratação de motoristas autônomos com próprio carro
20.4) Do FPAS Virtual gerado no SEFIP
20.5) Da obrigatoriedade do desconto e recolhimento do SEST/SENAT
21) Da Aquisição de produto rural comercializado por pessoa física à Administração Pública
21.1) Da consignação
21.2) Dos procedimentos referentes á nota fiscal de aquisição do produto rural
21.3) Da responsabilidade pelo recolhimento
21.4) Do FPAS Virtual gerado no SEFIP
22) A contribuição previdenciária dos Conselhos Tutelares quando remunerados
23) Compensação de valores previdenciários recolhidos indevidamente á Previdência Social ou Retidos Indevidamente do FPM
24) Pagamentos das Contribuições Previdenciárias
24.1) Códigos de GPS existentes na Administração Pública
24.2)Preenchimento da GPS referente à contratação de motoristas autônomos com próprio carro
24.3) Preenchimento da GPS referente á aquisição de produto rural comercializado por pessoa física
25) Da contratação de Cooperativas de Trabalho
25.1) Da Base de Cálculo para a Previdência Social
25.2) Da não incidência e da incidência de adicional RAT que enseje aposentadoria de 15, 20 ou 25 anos
26) Alteração no cálculo da Alíquota RAT. Fator Acidentário de Prevenção.
27) Da Contratação de Empresas Prestadoras de Serviço
27.1) Dos serviços que incidem a Retenção de 11%
27.2) Dos dados que devem conter na Nota Fiscal de Prestação de Serviços
27.3) Da apuração da Base de Cálculo da Retenção
27.4) Como deve ser preenchida a GPS de Retenção
27.5) Prazo para recolhimento da Retenção
27.6 ) Base de Cálculo da Retenção
27.7) Responsabilidade Solidária
28) Da Contratação de Empresas Construtoras
28.1) Dos Serviços que estão dispensados da matrícula CEI
28.2) Dos casos em que a Prefeitura é a responsável pela matrícula CEI
28.3) Do Recolhimento da Retenção de 11%
28.3.1) Do preenchimento da GPS de Retenção quando for contrato de empreitada total
28.3.2) Do preenchimento da GPS de Retenção quando for contrato de empreitada parcial
28.4) Dos procedimentos a serem tomados para elidir a Prefeitura da responsabilidade Solidária
29) Simulações de Casos no SEFIP envolvendo tópicos constantes na programação.

INSTRUTORA
Zenaide Carvalho – Consultora e Escritora, Palestrante convidada do Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC-SC), Sescons, Sindiconts e FESAG/SC (Fundação Escola Superior de Administração e Gerência) e diversas outras entidades em todo o país, tem quase 30 anos de experiência profissional. Administradora, Contadora, Pós-graduada em Auditoria e Controladoria (RJ), em Psicologia do Marketing e Pós-graduanda em Pedagogia Empresarial, obteve 1o. Lugar no VI Exame de Suficiência (CRC-RJ).. Diretora Executiva da Nith Treinamentos e Assessoria Empresarial. É colunista de diversos jornais e sites, entre eles o Jornal Biguaçu em Foco (SC), Portal Contadores, Portal Classe Contábil e o Portal Administradores, tendo artigos publicados em diversas revistas especializadas. Autora de livros, entre eles “Como Abrir Uma Empresa, da Idéia aos Lucros” (Ed. Minelli, SP).

METODOLOGIA

As aulas são expositivas, com uso de datashow, dinâmicas e interatividade com os participantes e exercícios práticos no decorrer de todo o treinamento. As dúvidas são tiradas na hora que o problema surge, durante o treinamento, além de estudos de casos.
E-mail tira-dúvidas: Os participantes poderão tirar suas dúvidas através de e-mail da palestrante após o treinamento

Adicionar ao Calendário do Google

Local

Brasília / DF

Desejo contactar a empresa responsável sobre este evento



Outros eventos