Eventos

19 maio
Atenção!
O evento anunciado abaixo é fornecido pela empresa: Fabrica de Planilhas, e de inteira responsabilidade desta.

Relatórios Gerenciais Em Excel

Apresentação

Atualmente são raros os profissionais que não criam relatórios/dashboards.

Desde coisas bastante simples até relatórios sofisticados.

Também é comum profissionais extraírem dados de sistemas, colarem no Excel e a partir daí, construírem relatórios e mais relatórios.

Mas afinal, o que é um Relatório? Para que ele serve?

Quantas vezes não me deparei com profissionais que não sabiam a resposta à simples pergunta “Qual o objetivo do teu relatório?”

Você sabe para que ele serve?

E como apresentar a informação, você sabe a melhor forma?

Porque temos diversas formas de apresentar a informação. Muitas chegam a nos induzir ao erro.

Você já teve que “explicar” um relatório? Um gráfico?

Fica em dúvida a respeito de qual gráfico utilizar? Sabe se deveria utilizar mesmo um gráfico?

Ou seu relatório é “padronizado”? Cheio de cores, velocímetros?

Há algumas décadas começaram a aparecer os HD´s. No começo eram caros, pesados. Atualmente compramos cartões de memória de diversos gb por alguns reais.

Depois apareceram os bancos de dados, estruturas onde toda sorte de dado era armazenada.

Depois vieram os ERP, BI, com o discurso de que facilitariam a extração dos dados.

Até mesmo o Excel hoje é capaz de ser um BI, com recursos tais como PowerPivot, Tabelas Dinâmicas, etc.

Só que está faltando uma coisa: COMO APRESENTAR ESTAS INFORMAÇÕES.

Na verdade, a grande dificuldade hoje não é extrair os dados, não é armazená-los. Estas tornaram-se questões eminentemente técnicas.

O grande desafio é COMO MOSTRAR A INFORMAÇÃO DE FORMA QUE TODOS ENTENDAM.

É o que este treinamento abordará em sua maior parte.

Infelizmente como o Excel é um PRODUTO, a Microsoft vai incluir tudo o que puder: degradês, bordas coloridas, sombras, uma infinidade de coisas para poder “valorizá-lo”.

Mas na vida real, isto é lixo, não deveria ser usado em um relatório que presume-se seja profissional.

Sei que temos diversos relatórios “o chefe mandou”; até aí, faz como mandaram, mas você, como profissional, não pode deixar de conhecer o conceito correto só porque o chefe mandou fazer um relatório colorido.

Afinal, um dia, você pode ser o chefe, pode ter outro chefe…

Então, em nosso treinamento, claro que falaremos dos recursos do Excel. Mas nosso foco será o de como apresentar a informação de forma profissional (tanto no conteúdo quanto na forma de apresentação).

Discutiremos diversos exemplos (você poderá levar o seu) e de que formas você poderá maximizar a leitura das informações.

Vamos apresentar os conceitos mais atuais a respeito de visualização de informação (infovis) e como este tema irá revolucionar sua forma de criar relatórios no Excel.

Dashboard, a palavra mágica

Outro sério problema é a mágica da palavra DASHBOARD.

Quando criei estes treinamentos em 2008 preocupei-me em entender antes o que isto realmente significava.

Mas hoje os cursos que usam esta palavra no nome na verdade são simples cursos de Excel onde se cria uma planilha de saída com este nome. Como se uma planilha colorida e cheia de gráficos pudesse ser chamada de Dashboard.

Infelizmente se você espera pagar 200, 250 reais por um curso e aprender a fazer Dashboard, isto não será possível. Somente se for um curso de Excel ‘mascarado’. Se tem dúvida sobre isto, pergunte ao instrutor do curso o nome de 5 referências mundiais em visualização de informação e 2 que integrem Infovis e Excel. Você, que vai aprender, não precisa saber disto e nem o que infovis significa. O instrutor tem obrigação de saber isto.

Quem deve fazer este treinamento

Qualquer profissional que tenho conhecimento intermediário do Excel (use a função SE, PROCV, saiba navegar pelos menus…) e que faça algum tipo de relatório usando esta ferramenta.

Por que você deve fazer este treinamento de relatórios/dashboards em excel

Você será um dos primeiros profissionais do Brasil a utilizar, de forma consistente e correta, os conceitos de visualização de informação em relatórios no Excel;
Você conseguirá apresentar com muito mais facilidade e rapidez informações relevantes para tomada de decisão;
Terá a consciência do tempo que se perde com atividades inúteis e geradoras de ruídos na hora de apresentar informações;
Aumentará sua produtividade quando do uso do Excel;
Poderá trocar experiências com profissionais com as mesmas demandas que você e
(NOVIDADE 2015) Fará parte de um grupo secreto no Facebook onde poderá trocar ideias e experiências com outros profissionais que fizeram este treinamento
Pré-Requisito

Este não é um curso de Excel apenas, mas é importante que o Excel faça parte de sua atividade diária. Como o usaremos de forma contínua, é necessário que você tenha habilidade em manipulá-lo.

Se você usa versões de Excel 2003 e anteriores, talvez tenha dificuldade em acompanhar o treinamento, pois usaremos a versão 2010 ou 2013 do aplicativo.

Objetivos

O principal objetivo é demonstrar como atualmente o foco tem sido – infelizmente – no entretenimento, ao invés do compromisso em informar corretamente.

Neste treinamento, você será apresentado aos conceitos mais modernos utilizados em visualização de informação, sempre aplicados ao Excel, de forma que você possa aplicar imediatamente em seu dia-a-dia.

Você aprenderá como melhorar sua produtividade no Excel através da utilização dos recursos mais sofisticados oferecidos pelas tabelas dinâmicas e importação de dados.

Saberá fazer escolhas técnicas acerca do melhor gráfico a se utilizar em cada situação, e a como utilizar somente as funcionalidades dos gráficos que permitam agregar valor à informação.

Você será capaz de escolher a melhor forma de visualizar determinada informação no Excel, dentre todas os tipos de visualização disponíveis na ferramenta.

Saberá o que é realmente um dashboard, já que 99% dos dashboard que aparecem feitos em Excel são feitos da forma errada, esquecendo-se de conceitos importantes.

Temário

Parte 1 – O que é visualização de informação (infovis)

Origens
A relação entre cognição e o que você faz no Excel
As formas de visualização disponíveis no Excel
Por que isto é importante
Quem criou estes conceitos?
Os principais conceitos que você deve conhecer antes de pensar em relatórios
Desafio: como visualizar alguns tipos de informação
Parte 2 – O que é um relatório/dashboard?

Dashboard e relatório são as mesmas coisas?
Por que um dashboard?
Razões cognitivas para se fazer um dashboard
Exemplos de coisas que NÃO são dashboard (cuidadosamente pinçadas de “cursos” de dashboards (sic) e sites)
“Menos é mais”
Se você não sabe o objetivo do relatório, então você NÃO TEM relatório
Conheça um processo mais produtivo para se decidir o layout de um relatório
Os 5W2H dos relatórios
Quem o fará?
Quando será feito?
O que será o relatório?
Onde será feito?
Por que será feito?
Como será feito?
Quanto custa?
Passos a serem seguidos até se chegar ao relatório
A função se sobrepõe à forma
Parte 3 – A importância de se possuir um banco de dados

Eu não tenho, e agora?
Como acessar os mais diferentes bancos de dados pelo Excel
Posso usar o Excel como banco de dados?
O que é necessário fazer para se ter um banco de dados no Excel
Como transformar dados não tabulares em um banco de dados
Por que não é necessário se “colar” arquivos de bases de dados no Excel
Parte 4 – Agora tenho um banco de dados, o que faço?

Por que a tabela dinâmica é o melhor recurso para se manipular bancos de dados?
O que é uma tabela dinâmica?
Como construo uma tabela dinâmica?
A partir de tabelas no Excel
A partir de dados externos
Como manipulo uma tabela dinâmica (TD)?
O que são campos, itens e filtros
Como montar uma TD?
Como agrupar e filtrar dados?
Usando a TD para mostrar rankings automáticos
Criando filtros de valor, percentual e de itens
Usando o slicer
Como melhorar o desempenho de um arquivo cheio de tabelas dinâmicas
Você conhecerá o que chamamos de “mantra”
Como relacionar tabelas diferentes sem encher as planilhas com PROCV/PROCH/ETC
Entenda como e quando usar a função nativa INFODADOSTABELADINAMICA
Diversos exercícios usando tabelas dinâmicas
Parte 5 – Gráficos

O que é um gráfico
O que não é um gráfico (exemplos pinçados de sites e planilhas de “cursos”)
Por que o gráfico é a melhor forma de se visualizar informação?
Cuidados a serem tomados para não transmitir a informação errada
Faremos um exercício onde mais de 75% dos alunos erram na hora de dizer o que estão vendo no gráfico
Etapas a serem seguidas para a construção de um gráfico
O que é mensagem em um gráfico e por que isto é tão importante
Os tipos de gráfico mais comuns e em que situação usar cada um deles
Barras
Colunas
Pizza
Linhas
Dispersão
Frequência
Como criar estes gráficos no Excel
Exercícios: escolha e construa o melhor gráfico
Gráficos especiais no Excel
Formato Condicional
Máximo e Mínimo
Auto Expansível
Bullet
Sparklines
Design aplicado a gráficos
Defina uma paleta de cores consistente
Cor É informação
As armadilhas que têm no Excel
Você até pode colocar imagens nos gráficos, mas….
Quem vai ler o gráfico? Uma criança?
Como combinar cores sem fazer o leitor ter náuseas
A função se sobrepõe à forma (sim, você já leu isto antes)
Parte 6 – Semáforos

O nome já está errado
Se pensou no semáforo/sinaleira/sinal de rua, errou…
Quando usar? Como usar?
O Excel tem esta opção nativa (mas não vamos usá-la)
Por que não usar?
Alternativa à formatação condicional
Parte 7 – Tabelas

O que são?
Quando usar?
Como usar?
Parte 8 – Heat maps

O que são?
Quando usar?
Como usar?
Parte 9 – Juntando tudo

Como combinar as diversas formas de visualização para a criação do relatório
Recursos do Excel para deixar o layout impecável
Manutenção do relatório: como acrescentar/retirar/mover itens do relatório
Carga Horária

32 horas

Próxima Turma

26 a 29-jan-2015, das 8:30 às 17:30

Local

São Paulo, Av Paulista (o endereço será confirmado junto aos inscritos).

Investimento

R$3.490 até o dia 12-jan, R$3.900 após esta data.

Parcelamento em 12x via PayPal ou bCash.

Informações e Inscrições

(11) 2626 – 9219
contato@planilhas.com.br

Apresentador

Fábio Vianna

Cria relatórios e Dashboards há mais de 8 anos, sempre usando o Excel.

Único consultor a apresentar os conceitos estabelacidos por Edward Tufte e Stephen Few para a criação de Dashboards e Relatórios Gerenciais.

Criador no Brasil dos treinamentos Dashboards no Excel, Gráficos no Excel, Tabelas Dinâmicas, Relatórios Gerenciais no Excel, dentre vários outros.

Mais de 7 mil profissionais já treinados em mais de 700 cursos.

Possui mais de 17 amos de experiência em treinamentos e mais de 20 anos em modelagem de planilhas.

Fundador e CEO da Viewsion, empresa dedicada à visualização de informações e sua utilização correta em relatórios, apresentações e infográficos.

Fundador da Fábrica de Planilhas, empresa com mais de 11 anos de mercado, tendo sido a primeira empresa brasileira dedicada exclusivamente à modelagem de planilhas.

Adicionar ao Calendário do Google

Local

São Paulo / SP

Desejo contactar a empresa responsável sobre este evento



Outros eventos