logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Destaques > Livros de RH: saiba o que ler para aprimorar suas habilidades

Sumário

Livros de RH: saiba o que ler para aprimorar suas habilidades

Confira nossa lista completa e encontre obras que vão ajudar a destacar suas competências na gestão de pessoas!

Você provavelmente já ouviu falar que os profissionais de gestão de pessoas devem se manter atualizados, buscando constantemente por recursos educacionais, como artigos, livros e cursos.

Essa necessidade de aprendizado é ainda mais importante no campo de Recursos Humanos, que está passando por uma transformação significativa, com a introdução de novas tecnologias, processos e estratégias.

Para aqueles que não acompanharem essa evolução, correm o risco de ficar para trás.

Por isso, selecionamos cuidadosamente uma lista com os 25 melhores livros para profissionais de RH que buscam gerar resultados impactantes em seu trabalho.

Nesta lista, você não encontrará os típicos livros de RH, pois é provável que você já tenha lido muitos deles. Optamos por recomendar livros sobre Gestão de Pessoas, Comportamento Humano e Negócios, já que nossa área visa tornar as operações mais eficientes e produtivas.

A importância dos livros de RH

De fato, ler conteúdos sobre o setor pode agregar muito conhecimento. Por isso, é primordial estar sempre atualizado e buscar novas fontes para desenvolver um trabalho cada vez melhor.

Desse modo, neste artigo, compilamos 25 livros de RH para você saber tudo sobre o assunto. Não se esqueça que investir no seu desenvolvimento profissional pode ser determinante para o futuro de sucesso que deseja. Então, confira a seguir os livros que todo gestor deve ler!

1. The Power of People (Jonathan Ferrar, Sheri Feinzig, Nigel Guenole)

Se você está buscando utilizar dados para aprimorar os resultados do setor de recursos humanos da sua empresa, este livro é uma leitura fundamental para você.

Escrito por três grandes especialistas da área, o livro explora a extensa bagagem dos autores, adquirida trabalhando com People Analytics

Aliás, na obra, o leitor aprenderá por onde começar, como gerar resultados rapidamente e quais são as melhores práticas no uso de dados. Então, a proposta do livro é apresentar a mentalidade analítica para o setor de Recursos Humanos. Além de ser considerado um dos melhores livros de RH.  

2. Como dizer? — A arte de dar e receber feedback (Eliana Pitta)

Indicado para profissionais de RH que desejam ter harmonia e produtividade na rotina, o livro trata sobre a importância da retroalimentação como estratégia. Desse modo, a autora dá dicas valiosas sobre a cultura do feedback para gestão de pessoas e de competências.

Desse modo, o leitor vai aprender como dar feedbacks efetivos para corrigir falhas, deficiências e, assim, aprimorar suas equipes. 

3. Bom chefe, mau chefe (Robert Sutton)

De fato, esse é um dos livros de RH de cabeceira

PhD e professor da Stanford Univerity, Sutton explica como ser o melhor chefe possível e mostra o que podemos aprender com os piores. Com linguagem leve, o livro ensina o que fazer e o que não fazer para ser um bom gestor

Baseado em pesquisas, o autor aponta dicas valiosas e práticas para gestores que querem se tornar líderes inspiradores. Assim, o leitor saberá que é possível manter uma postura profissional e simpática, mesmo diante de situações delicadas, como demissões e advertências. Um dos livros de RH de cabeceira dos profissionais.

4. Coaching de carreira: construindo profissionais de sucesso (José Roberto Marques e Edson Carli)

Os autores — membros do Instituto Brasileiro de Coaching — apresentam um guia completo para o desenvolvimento da carreira. Assim, o livro mostra opções de trabalhos rentáveis, dicas de novas possibilidades e soluções para obter reconhecimento no que faz, qualificando sua apresentação pessoal e profissional. 

Nesse sentido, o livro também é recomendado para profissionais que desejam investir no desenvolvimento de pessoas.  

5. Descubra seus pontos fortes (Donald O. Clifton e Marcus Buckingham)

Os autores apontam como grande parte das empresas negligenciam os pontos fortes dos seus colaboradores. Dessa forma, no livro, a relação entre esse descuido e o desperdício de tempo e dinheiro fica bastante clara. 

Clifton e Buckingham explicam que os profissionais mais bem-sucedidos, em diferentes áreas, são os que dedicam tempo e energia aperfeiçoando suas qualidades e competências. 

6. Como fazer amigos e influenciar pessoas (Dale Carnegie)

Nesse livro, Carnegie revela como cultivar bons relacionamentos profissionais é vital para a gestão estratégica de sucesso.

Além disso, o autor mostra que a prosperidade de uma empresa passa por relações pessoais harmoniosas. Aliás, em Como fazer amigos e influenciar pessoas, descobrimos que networking e tato social são fatores imprescindíveis para o sucesso profissional. 

7. Gestão de Pessoas: um novo papel de Recursos Humanos nas Organizações (Idalberto Chiavenato)

Um dos teóricos mais conhecidos no campo da Administração e do RH não poderia faltar entre os livros de RH, não é mesmo? 

Chiavenato aborda os desafios da gestão de pessoas e direciona o leitor para 6 ações, apontadas como pontos importantes para estabelecer relações de interdependência. Para o autor, agregar, recompensar, desenvolver, monitorar, manter e aplicar pessoas são a base para a gestão de uma equipe. 

8. Execução: a disciplina para atingir resultados (Ram Charan e Larry Bossid)

Sem dúvidas, estamos falando de um best seller entre livros de RH. Afinal, a obra tem mais de um milhão de exemplares vendidos no mundo. Os autores mostram como alcançar resultados utilizando processos-chave de qualquer negócio. São eles: unir pessoas, traçar estratégias e viabilizar operações.

Portanto, o livro afirma que o papel da gerência é liderar esses processos e promover o diálogo honesto e realista. 

9. Competência: a chave do desempenho (Cecília Bergamini)

Veja os principais livros da área de RH!

Bergamini defende a tese da competência individual como diferencial competitivo. Desse modo, a autora apresenta uma análise consistente sobre o potencial interior que todo indivíduo tem, apontando a sua relação com o autoconhecimento. As características emocionais também são determinantes para o sucesso no ambiente profissional. 

No livro, Cecília Bergamini destaca que, para sermos bem-sucedidos, é fundamental conhecer e gostar da área de atuação. É uma obra indicada para executivos, profissionais de administração, gestores e pessoas envolvidas com gestão de competências organizacionais. 

10. Conversas Cruciais — Habilidades para Conversas de Altos Interesses (Kerry Patterson, Joseph Grenny, Ron MCMillan e Al Switzler)

No livro, o leitor encontra técnicas sobre como manter diálogos positivos, mesmo cercado por emoções intensas. Para essa publicação, Patterson utiliza conclusões baseadas em 25 anos de pesquisa envolvendo cerca de 20 mil pessoas. 

Assim, em Conversas Cruciais, encontramos insights sobre a psiquê humana envolvendo relacionamentos, comunicações e relações interpessoais. Os autores colocam o dedo na ferida e mostram como tudo pode dar errado, mesmo quando agimos com cautela. 

11. Um Novo Jeito de Trabalhar (Laszlo Bock)

Sua atuação como vice-presidente de Operações e Equipes do Google permite ao autor mostrar o que a empresa fez (e faz) para ser uma das mais criativas e bem-sucedidas do mundo. O grande trunfo é decifrar como uma filosofia de trabalho conseguiu agregar os melhores talentos e garantir que eles se desenvolvessem e se tornassem profissionais de sucesso. 

Para chegar a essas conclusões, Bock observou os processos do Google. No livro, conheça exemplos práticos de ações que melhoraram o desempenho dos colaboradores e aumentaram a satisfação das equipes. 

12. Scrum: A arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo (Jeff Sutherland)

O livro mostra razões para o sentimento de improdutividade, seu ou da sua equipe. Embora criado no ambiente da tecnologia, o método Scrum pode ser útil em qualquer área.

Sutherland ensina como organizar projetos e equipes, além de alcançar mais produtividade na execução dos projetos. Trata-se do livro ideal para levar a metodologia ágil utilizada nas startups para a área de Recursos Humanos. 

13. Equipes 100% Energizadas (Heike Bruch e Bernhard Vogel)

A obra trata sobre a importância de criar e nutrir um ambiente propício ao alto desempenho. Assim, ela ensina como líderes podem impulsionar a energia dos colaboradores para esse fim. Para escrever Equipes 100% Energizadas, os autores realizaram uma pesquisa extensa com a intenção de identificar tipos de energia negativas. 

Outra lição do livro é ensinar como aproveitar todo o nosso potencial para atingir metas aplicando níveis altos de paixão, agilidade mental e esforço. Para Bruch e Vogel, essas são as condições ideais para profissionais mais inovadores e capazes. 

14. Design Thinking (Tim Brown)

Em resumo, o livro propõe “uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias”. Assim, ele sugere a criação de uma abordagem focada no cliente para projetar e comercializar produtos.

Por mérito, a publicação de Tim Brown faz sucesso entre líderes de RH por mostrar como essa metodologia pode criar experiências melhores para a área. 

15. A Marca da Vitória (Phil Knight)

Mostra que muitas das características do cofundador da Nike são condizentes com o perfil de empreendedores bem-sucedidos. Para liderar uma das marcas mais valiosas do mundo, Knight aplicou paixão e persistência. Além de um estilo de gerenciamento livre de amarras. 

A Marca da Vitória apresenta outra grande sacada do autor e gestor: o senso de cultura. Para criar a Nike, Knight investiu na contratação de pessoas que acreditavam e amavam sapatos, ou seja, indivíduos com senso de propósito coletivo, que ajudaram no crescimento da marca. 

16. A Quinta Disciplina (Peter Senge)

Publicação indispensável para transformar corporações em organizações voltadas à aprendizagem. Peter Senge utiliza histórias, experiências pessoais e explica quais são as 5 disciplinas fundamentais para a mudança.

O livro traz ainda 7 dificuldades de aprendizagem que cada indivíduo encontra e como agir para superá-las.

17. Criatividade S/A (Ed Catmull)

A experiência adquirida como presidente da Pixar e da Walt Disney Animation Studios serviu de base para o livro Criatividade S/A. Catmull explica, em detalhes, como construir uma cultura de criatividade no ambiente corporativo, principalmente em empresas sem muita abertura para essa competência.

A obra revela a fórmula de sucesso aplicada nas produtoras de Procurando Nemo e Toy Story. 

18. Inteligência Emocional (Daniel Goleman)

A experiência como psicólogo aliada ao rigor científico foram as armas de Daniel Goleman para examinar questões ditas polêmicas com o objetivo de desvendar o conceito de inteligência emocional. Com exemplos cotidianos, entendemos como o controle das emoções é preponderante para desenvolver a inteligência. 

O livro deixa claro como a falta de domínio pode prejudicar e abalar carreiras que teriam grande potencial.  

19. Empresas Feitas para Vencer (Jim Collins)

Você já pensou quais são os fatores que tornam empresas medíocres ou ruins em organizações com sucesso duradouro?

Para explicar como isso é possível, Jim Collins traz exemplos, baseados em pesquisas, que parecem contra-intuitivos. Mas podem ser aplicados na cultura organizacional para alcançar o sucesso. 

20. Gestão de pessoas em empresas inovadoras (Jean Pierre Marras)

O autor usa análises históricas e pesquisas para mostrar o que causa mudança na gestão de pessoas. O livro aponta impactos dessas transformações no contexto dos novos modelos de corporação. 

Com habilidade, Marras traz possíveis respostas e reflexões para questionamentos atuais. Entre eles, qual a responsabilidade da área de RH nas organizações e quais as razões para a queda de empregos, ao nível global. 

21. Reinvente sua Empresa (David Heinemeier Hansson e Jason Fried)

Outro livro de RH, esse indicado ao prêmio Goodreads Choice Award de Melhor Não Ficção, faz críticas a ideias tradicionais e aos workaholics. Os autores afirmam que é melhor produzir poucas coisas ótimas do que muitas coisas razoáveis.

Por isso, em outras palavras, a publicação mostra que fazer menos atividades pode impulsionar o crescimento das empresas. Hansson e Fried se valem da experiência adquirida em negócios bem-sucedidos. 

22. Garra — O poder da paixão e da perseverança (Angela Duckworth)

A psicóloga Angela Duckworth mostra resultados de uma pesquisa sobre fatores-chave para pessoas com realizações na carreira. Para a autora, agir com perseverança e paixão — sentimentos denominados por ela como “garra” — é muito mais poderoso do que usar apenas o talento. 

Aliás, Duckworth lança exemplos práticos, coletados em suas pesquisas, para narrar histórias inspiradoras sobre situações de derrota e sucesso. 

23. Primeiro, Quebre Todas as Regras (Marcus Buckingham e Curt Coffman) 

Os autores explicam quão difícil é, para as empresas, terem vantagem competitiva em produtos ou serviços. Assim, apontam que o principal recurso para diferenciar um negócio do outro é o capital humano, ou seja, as pessoas. 

Segundo os autores, grande parte das empresas ainda gerencia de forma convencional. A obra questiona como medir a força de um ambiente corporativo considerando produtividade, lucratividade, retenção de talentos e satisfação dos clientes. 

24. A Startup Enxuta (Eric Ries)

Um dos livros de RH mais vendidos

O valor dessa leitura está em mostrar novas formas de abordar projetos e problemas. As soluções do livro podem ser aplicadas tanto em “empresas de garagem” quanto em organizações de grande porte.

Porém, para Eric Ries, os métodos apresentados na publicação trazem muito mais agilidade e menor desperdício de tempo e esforços. Esse é um dos livros de RH mais vendidos.

25. Como o Google Funciona (Eric Schmidt e Jonathan Rosenberg)

Os autores tratam sobre liderança usando o conceito de uma nova era voltada às práticas de gestão e RH. Em Como o Google Funciona, é possível conhecer métodos utilizados por gestores que confiam em pessoas inteligentes e desejam que elas façam parte de um propósito. 

Além disso, para Schmidt e Rosenberg, implementar tais práticas nos desafia a repensar o papel do RH. Nesse sentido, eles utilizam o conceito criado pelo próprio Google para explicar os “criativos inteligentes”. Trata-se de indivíduos com conhecimento técnico, experiência e competências aprimoradas, entre outras características. 

Não pare de aprender. Inscreva-se em nosso curso RH 4.0: ferramentas digitais na gestão de pessoas e aprimore seus conhecimentos no setor!

Livros de RH digitais para especialização de quem trabalha na área

Conheça livros de RH digitais

O Bookplay, streaming de educação, traz lista de livros de RH e aborda tendências do futuro para este departamento nas empresas. A área de Recursos Humanos é uma das que mais precisou acelerar a sua transformação digital nos últimos meses.

Não apenas em razão do advento tecnológico, mas, principalmente, pelo momento vivido durante a pandemia do novo coronavírus.

Os especialistas no setor – que celebram o Dia do Profissional de Recursos Humanos – mostraram, ao se desdobrar diante de algo totalmente novo e desconhecido, ainda mais, a importância da profissão: precisaram repensar rotinas, auxiliar e motivar trabalhadores, buscar meios de comunicação interna efetivos, ajudar colaboradores no fator psicológico e na transição da rotina para o home office, entre muitas outras coisas.

Saiba mais:

Lista especial

Ainda assim, o relatório anual de RH desenvolvido pela empresa Sólides em parceria com o RH Portal, publicado em janeiro deste ano, mostra um dado desanimador: na visão dos profissionais da área, seu segundo maior desafio é fazer os diretores das empresas enxergarem a importância do RH.

Aliás, a pesquisa ainda mostra que 49,4% dos especialistas da área são pós-graduados e que a porcentagem de colaboradores jovens vem crescendo no setor. Em 2017, pessoas de 22 a 30 anos representavam 25% dos profissionais na área. Neste ano esse índice subiu para 29,3%.

Desse modo, por todos estes fatores, os profissionais da área devem sempre buscar novos conhecimentos. Portanto, o Bookplay, primeira plataforma de streaming 100% brasileira de educação, pode ajudar nessa especialização e lista outros livros de RH digitais na plataforma sobre gestão e as competências do futuro para os profissionais de RH.

Veja quais dicas separamos para você:

1. RH de Dentro para Fora: Seis Competências para o Futuro da Área de Recursos Humanos

Primeiramente, repleto de dicas e baseado em pesquisa dos autores, este livro ajuda o leitor a reconhecer as competências essenciais para o futuro da área, em como estruturar um departamento eficiente e como permanecer competitivo e atualizado.

2. Administração de Recursos Humanos – Tradução da 16ª edição norte-americana

Sem dúvidas, ele mostra como as organizações podem obter vantagem competitiva sustentável por meio das pessoas. Atualmente, os gerentes de RH assumem um papel ativo no planejamento estratégico e na tomada de decisões em suas organizações. Dessa forma, nesta edição, há novas tecnologias que se destinam a promover a reflexão acerca da administração de recursos humanos no mundo empresarial contemporâneo e a ajudar o leitor a entender as questões de gestão de recursos humanos de forma mais ampla e eficaz.

3. Administração de Recursos Humanos – Volume 1

Conheça livros indispensáveis para profissionais de RH!

Sem dúvidas, o objetivo da obra é apresentar a gestão participativa de pessoas como a única capaz de promover o ambiente organizacional no qual os recursos humanos da empresa possam produzir, com a necessária eficiência e rapidez, conhecimentos alternativos válidos e atualizados para atuarem em um cenário de mudanças imponderáveis e novos paradigmas.

4. Administração de Recursos Humanos – Volume 2

O Volume 2 complementa e aprofunda a primeira edição do livro, com destaque para sistemas estratégicos de RH, novos enfoques sobre recrutamento, seleção de pessoal, técnicos em treinamento/desenvolvimento de pessoal, analistas de treinamento e instrutores de treinamento que necessitem de atualização profissional na área.

5. Gestão de Recursos Humanos

Este é um curso que responderá perguntas como: quais critérios devem ser utilizados para a seleção de um trabalhador? O que é importante para incentivar o colaborador que faz parte da organização? Quais pontos fortes devem ser fomentados para viabilizar o crescimento profissional do empregado, equilibrar as relações interpessoais, apontar falhas e identificar soluções?

Conclusão

Sem dúvidas, a constante atualização através de livros de RH é essencial para profissionais da área, permitindo que estejam informados sobre as melhores práticas, tendências e estratégias. Isso não só aprimora a eficácia na gestão de recursos humanos, mas também fortalece a capacidade de enfrentar desafios dinâmicos e promover um ambiente de trabalho mais saudável e produtivo.

Gostou da nossa lista? Esperamos que você alcance seus objetivos na carreira e que os livros digitais te ajudem! Então, aproveite para conhecer o pai do RH, Idalberto Chiavenato que traz lições para o setor.

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Gerente de RH da Sólides Tecnologia, com mais de 15 anos de experiência em segmentos de varejo e tecnologia. Atuação em diversas áreas da gestão de pessoas, como Treinamento, Desenvolvimento, Recrutamento, Seleção, Departamento Pessoal, Remuneração e Performance. MBA em Gestão Estratégica de Negócios Especialista em Psicologia Organizacional Coach pela Sociedade Latino Americana de Coaching Psicóloga
Assine a nossa Newsletter